[Resenha] A Viajante do Tempo, de Diana gabaldon

Livro cedido pela editora para resenha
ISBN: 9788567296227
Tradução: Geni Hirata
Série: Outlander
Ano: 2014
Páginas: 800
Editora: Saída de Emergência Brasil
Classificação: ♥♥♥
Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros. Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro escocês, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente?

Nem dá para contar nos dedos há quanto tempo estou desejando ler A Viajante do Tempo, que traz diversos elementos que gosto: viagem no tempo, drama e romance, Escócia e highlanders. Há muito tempo entre os meus livros/ séries desejados, eu nunca tinha tido a oportunidade de ler, até que a Saída de Emergência Brasil lançou o primeiro livro com uma nova e belíssima capa, que me fez decidir finalmente lê-lo. E não me arrependo! Pelo contrário, me pergunto como pude demorar tanto tempo para ler este livro fantástico e intenso, que sem dúvida alguma, é um dos melhores romances que já li.

O guardião da pedra, de Kazu Kibuishi

Livro cedido pela editora para resenha

Série: O Amuleto, vol. 1 | ISBN 9788539505012 | Ano 2013 |  192 Páginas | Editora Fundamento Classificação: ♥♥♥ | Onde Comprar
Dois anos depois de uma tragédia na família, Emily, Navin e a mãe deles tentam recomeçar a vida numa casa muito antiga, que pertenceu ao bisavô das crianças. O lugar está abandonado desde o misterioso desaparecimento do proprietário. Durante a mudança, Emily encontra um estranho colar em meio aos pertences do bisavô. Ela nem desconfia, mas se trata de um amuleto que pode decidir o destino de um mundo fantástico. Quando uma assustadora criatura sequestra a mãe das crianças, Emily e Navin não têm outra opção a não ser seguir o monstro e entrar naquele universo desconhecido. Lá, eles vão conhecer seres incríveis e enfrentar perigos inimagináveis. Em pouco tempo, os dois irmãos irão descobrir que não estão naquele lugar por acaso e que libertar a mãe será apenas o primeiro passo rumo à maior de todas as aventuras. 

Sabe, toda vez que eu via os livros da série O Amuleto nas lojas virtuais ou nas livrarias físicas, eu imaginava que se tratava de um livro juvenil comum. Até que, ao receber o livro da Editora Fundamento para resenha, folheei o livro e vi  que se tratava de uma história em quadrinhos. Ai, que coisa mais perfeita! Para quem não sabe - ou ainda não percebeu -, eu sou simplesmente apaixonada por quadrinhos, pelo simples fato de amar a arte contando uma história. Amo desde pequena este universo dos quadrinhos, e então devorei O Guardião da Pedra em alguns minutos, e já estou querendo conferir os outros volumes.

Viciada na série grimm



Adoro quando assisto uma série e fico tão viciada nela que não me canso de assistir. Faz algum tempo que não me empolgava tanto com uma nova série quanto me empolguei com Grimm. Logo na primeira temporada já fiquei apaixonada. Entenda o motivo de tanta amor!

Vídeo de fã homenageia Snape


Um vídeo de quase 15 minutos, feito por um fã, traz a vida do professor Snape com cenas em ordem cronológica, e comemora os 54 anos do personagem. Emocionante! Confira =D

[Resenha] As Presas, de Andrew Fukuda

Livro cedido pela editora para resenha
Série: A Caçada, Vol. 2 
ISBN: 9788580576412
Ano: 2015
Páginas: 320
Editora: Intrínseca
Classificação: ♥♥♥
() Favoritado!
Com a morte pairando sobre suas cabeças, Gene e os outros humanos precisam encontrar uma forma de sobreviver na Vastidão, uma área desértica e isolada, por tempo o bastante para escaparem dos predadores sedentos de sangue que os caçam obstinadamente na noite. Conforme a tênue linha entre inimigos e aliados se torna cada vez mais indistinta, uma coisa fica absolutamente clara: se quiser sobreviver, Gene precisará confiar em alguém além dele mesmo. Andrew Fukuda oferece aos leitores uma sequência de desdobramentos tão tensos e aterrorizantes quanto o primeiro livro da trilogia.

UAU! Posso começar minha resenha dizendo que A Caçada se tornou uma das minhas séries favoritas dos últimos tempos? Posso resumir As Presas em uma palavra? Eletrizante é como eu defino este livro! Desde o fim do primeiro livro, A Caçada, eu estava super ansiosa para conferir a continuação, e minha espera foi recompensada com uma sequencia fantástica de tirar o fôlego.