Resenha: A Maldição de Alaizabel Cray, de Chris Wooding

20 novembro 2010
Postado por Livy

A Maldição de Alaizabel Cray
Chris Wooding
Assunto: Literatura Juvenil
Páginas: 312
Editora: Arxjovem
Pontuação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥
Na Londres vitoriana, criaturas sinistras assombram o labirinto de becos e vielas do Distrito Velho, e os que ousam sair à noite tornam-se presas fáceis. Presas para os lobos e assassinos que infestam o lugar, bem como para criaturas ainda mais perigosas: os necromantes, praticantes de magia negra. No entanto, o mal que não se vê é o pior de todos; nas camadas mais altas da sociedade londrina, sob a fachada de riqueza e intenções filantrópicas, vigora um tenebroso pacto com os necromantes, que coloca em risco a existência de toda a humanidade. E, no centro de tudo, a encantadora, vulnerável e enigmática Alaizabel Cray - a chave de todo o mistério.

Este não é um livro muito conhecido. Chris Wooding é um dos meus autores preferidos. Sua narrativa é fluída e envolvente. Eu não consideraria este livro como juvenil, pois a história é um tanto terrível (no bom sentido). Eu o classificaria como terror.

Há cenas realmente fortes e que nos deixam sem fôlego, querendo mais. Não vou falar detalhes da história pois estragaria as surpresas, mas basta saber que o livro é muito bom.

Chris Wooding sabe como aterrorizar e prender o leitor. É um livro que mistura monstros e lendas e até mesmo um serial killer. Cheio de aventura, ação e suspense (e pitadas imensas de terror), o livro é obrigatório para quem é fã do gênero.


Comentários via Facebook

1 Comentários:

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por