Resenha: Abraham Lincoln Caçador de Vampiros, de Seth Grahame-Smith

30 janeiro 2011
Postado por Livy

Abraham Lincoln Caçador de Vampiros
Seth Grahame-Smith

Tradução: Alexandre Barbosa de Souza
ISBN: 978-85-8057-007-6
Lançamento: 2011-01-19
Páginas: 336
Gênero: Ficção
Preço: R$39,90
Editora: Intrinseca
 
Pontuação: ♥ ♥ ♥  
Indiana, 1818. Sob o luar que se insinua pela densa floresta, uma pequena cabana se destaca. Nela, Abraham Lincoln, com apenas 9 anos, está ajoelhado ao lada da cama em que a mãe agoniza, acometida do que os antigos chamavam de "doença do leite"."Meu pequeno bebê...", sussurra ela antes de morrer.Anos mais tarde, o magoado Abe descobriria que sua mãe fora, na verdade, vítima de um vampiro.Então, quando a verdade se revela ao jovem Lincoln, ele registra em seu diário:"(...) minha vida será rigorozamente [sic] estudar e me dedicar. Aprenderei tudo. Tornarei-me [sic] um guerreiro maior que Alexandre. Minha vida terá um único propósito." Dotado de impressionante habilidade com o machado, altura e força, Abe traça um plano de vingança que acabará por levá-lo à Casa Branca.Apesar de o presidente Abraham Lincoln se gloriosamente lembrado pela unificação dos Estado Unidos e pela libertação de milhares de escravos, sua admirável luta contra os mortos-vivos permaneceu esquecida por mais de uma centena de anos. Até Seth Grahame-Smith deparar com seu diário secreto - e se tornar a primeira pessoa em mais de 140 anos a ter acesso a seu conteúdo.Tomando esse diário como guia, e inspirado pelo impressionante estilo de biógrafos como Doris KearnsGoodwin e David McCullough, Seth reconstruiu a história real do maior presidente norte-americano e desvendou todos os segredos da Guerra de Secessão, além de revelar o papel crucial que os vampiros desemprenharam no nascimento, na ascensão e no (quase) declinio dos Estado Unidos. Esta empolgante história estará nas telas dos cinemas, com produção de Tim Burton. [abas do livro]

- Isso aconteceu mesmo? - Livy se pergunta, espantada. - Será que realmente existiu um diário? Será que o presidente mais famoso e amado da maior nação do mundo realmente conheceu vampiros? Será que esta é a verdadeira história americana? - a garota, com um livro nas mãos, pausa sua leitura por um instante e olha para o vazio, pensativa. 

Vendo a capa do livro, cinza e com a foto de um presidente morto, com uma machado nas mãos e sangue a seus pés, talvez você pense: "Eu não vou ler este livro." Com esta resenha, não espero mudar sua opinião  nem convencê-lo a querer ler o livro. Mas retrato minha sincera opinião, e espero, que você decida por si mesmo, não julgando a capa, mas o conteúdo. Pois como disse Seth:

" O que vem a seguir quase arruinou a minha vida.O que vem a seguir, enfim, é a verdade."- Seth Grahame-SmithRhinebeck, New YorkJaneiro de 2010




Desde o inicio até seu fim sensacional, se tem a impressão de estar lendo a verdadeira biografia de Lincoln e estar diante da verdade por trás da construção da América que conhecemos hoje. Seth Grahame-Smith é um mestre em nos envolver com sua narrativa real demais. Surpreendente,  nos faz acreditar de que tudo o que está escrito é a mais pura verdade. Claro, além dos fatos verídicos que são de conhecimento geral.


Uma coisa muito interessante no livro é que a narrativa se Seth é mesclada com passagens do diário de Abe (claro, fictício...ou será que não?). Em meio há fatos e personagens históricos e datas, nos vemos conhecendo um Lincoln que jamais pensaríamos poder existir.


Um personagem que tem papel fundamental na trama também (e também para que Seth descobrisse o diário de Abe), é Henry, um vampiro nada tradicional. Ele é quem amarra as pontas e junta os pedaços do quebra-cabeça, levando Abe a se tornar quem se tornou.


As cenas de ação são fantásticas e abundantes e as descrições dos ataques de Lincoln aos vampiros e vice-versa, são minuciosos e reais demais. As descrições de ambiente, indumentária e personagens, retratam muito bem a época, o que torna o livro ainda mais real e palpável.


E não pensem que o livro é apenas sangue e morte. Apesar de esses fatores aparecerem em abundância, há mensagens muito importantes no transcorrer da trama. Me emocionei, em diversos momentos do livro, e me vi sentindo um imenso pesar com a morte de Lincoln.


Posso dizer que ao terminar de ler este livro, fiquei tão curiosa, que me peguei pensando, quais fatos eram reais e quais eram ficção (fora os que eu já sabia ser reais). O livro é tão interessante, que dá vontade de pesquisar e se aprofundar no assunto, revirar o passado e descobrir toda a verdade por trás dos ditos fatos


Aliás, aqui está a graça do livro. Seth nos faz acreditar em cada palavra escrita, e nos faz duvidar se o que estamos lendo aconteceu realmente ou não. Sei que o livro é polêmico, e fico pensando: o que os americanos pensaram ao ver este livro sendo publicado? O que sentiram ao ver seu querido presidente sendo personagem principal de um livro, no qual muda todo o contexto da história já conhecida? Por isso digo que o livro é polêmico, e por isso há pessoas que talvez façam cara de "não quero ler este livro", pelo simples fato de ele mexer com algo que muitas pessoas gostam de deixar onde está: o passado.

Aliás pesquisei sobre sua aceitação e vejam o que encontrei: 

O Los Angeles Times deu a Abraham Lincoln, Vampire Hunter uma revisão positiva, assinalando que "um escritor que pode transformar a maior figura da história americana do século 19 em que a estrela de um conto de vampiro original com o coração, humor e mordida é um achado raro, de fato. " A revista Time deu ao romance uma revisão mista, chamando o autor Grahame-Smith, "um escritor fluente, com um sentido agudo de tom e de ritmo", e assinalando que "Uma vez que a conexão é feita, parece óbvio, nem a escravidão nem vampirismo revela nada em especial sobre o outro. Alguém poderia imaginar um tratamento mais rico, mais sutil do assunto, em que os dois horrores se multiplicariam  ao invés de anular-se mutuamente. " Entertainment Weekly deu ao romance uma classificação "C +" e disse "um livro trivial, agarrado a uma moda passageira (...)uma obra que reflete a história da vida de uma das figuras mais importantes, famosas e minuciosamente analisadas em toda a história americana através de uma lente vesga e, finalmente, tola. "

 
Em 16 de março de 2010, o livro estreou em na lista de bestsellers do New York Times, na categoria "Hardcover Fiction" [5], caindo para # 15 em sua sétima semana na lista.


Talvez, para quem não gosta deste estilo de narrativa que mescla acontecimentos e faz menção histórica  algumas pessoas vão achar o livro "diferente", ou podem até mesmo não gostar. Também deixo claro, que o livro tem fortes cenas de confronto. Para quem não gosta de livros com muito sangue, talvez deva passar longe deste.


Mas se você, assim como eu, gosta de uma boa história, que te deixe instigado e intrigado, que te faça até mesmo duvidar do que você achava que sabia; e se você gosta de um boas cenas de ação e terror  então eu recomendo este livro. 


Há quem diga não ter gostado do livro por esses fatores que apontei na resenha, e me fizeram gostar tanto. Eu diria apenas uma coisa para você: " Esqueça qualquer padrão e opinião...Descubra por si mesmo."


Comentários via Facebook

5 Comentários:

  1. Você acaba de aumentar minha curiosidade a respeito deste livro!! Bjinhos...

    Tenho um selinho para vc:
    Pegue o seu selinho

    ResponderExcluir
  2. Livy! Que livro incrivel!
    agora mais do que nunca eu quero ler! Deve ser perfeito!
    Mas acho que o tim burton nao vai mais fazer esse filme...preciso confirmar. Mas se for bem feito tbm vai ser bom.

    Abraço
    Victor Lopes
    yaboys.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. O livro desse ser muito bom mesmo !!!

    E também passei para avisar que no All My Love está com a sua primeira promoção (:
    Entrem lá serão quatro ganhadores e cada um ganhará 2 livros.

    Beijos Amanda
    http://amandatavora.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Fiquei meio assustada com esse outro lado da estória do famoso Presidente Abraham, minha curiosidade por esse livro está acima da média...x
    Abraços =)

    ResponderExcluir
  5. Esse livro soa como alguma coisa original em relação a vampiros - fato que não acontece desde que Bram Stoker publicou seu Drácula.

    Parabéns, Livy.

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por