Caixa de Lembranças #1

13 janeiro 2011
Postado por Livy



 Esta é uma nova seção do blog, onde mostrarei semanalmente alguma coisinha (relacionada a livros) que me marcou. Mas este espaço é aberto para que vocês, através dos comentários, possam dizer o que os marcaram também. Sempre ao final dessa postagem, eu deixo uma perguntinha para vocês. Talvez com o tempo eu faço algum Review em vídeo aqui nesta seção. =)

Bem, nesta primeira Caixa de Lembranças, irei falar de um autor que me incentivou (indiretamente, claro), a ser a leitora que sou hoje: R. L. Stine.
Ok, eu tinha falado que a Meg Cabot me transformou na leitora que sou hoje, mas puxando pela memória, eu lembrei um fato muito importante de minha infância: eu adorava ler os livros de R. L. Stine. Principalmente, comecei a ler de verdade com a série: Goosebumps (clique para acessar a página).
A incrível habilidade de contar uma boa estória de terror (juvenil, claro), com uma pitada de suspense e muitos sustos, me cativou. Tudo bem, eu era criança, iniciando meus hábitos de leitura, e na época esses livros eram um tesouro para mim.

 Eu devorava em poucas horas aqueles livros com títulos que me chamavam a atenção: Sorria e Morra, Acampamento Fantasma, Parque do Terror, entre outros. Entendam uma coisa, desde pequena eu era fascinada por estórias de terror, filmes de terror...Enfim, tudo que tivesse terror no meio. 
Então, eu digo com toda a certeza, R. L. Stine, e seus livros, me incentivaram a ter o gosto pela leitura desde cedo.

R. L. Stine é conhecido pelas histórias juvenis de suspense. Escreveu séries de livros de sucesso como: Rua do Medo, Goosebumps (que virou série de tv, e foi considerado o "Harry Potter" da década de 90) e Hora do Arrepio. Seu primeiro livro infanto-juvenil foi "Como ser engraçado".

Atualmente mora próximo ao Central Park, em Nova York, com sua mulher, Jane, e o filho Matt. R. L.Stine é autor da séries Rua do Medo , Fantasmas da Rua do Medo e de O supersticioso, livro de suspense para adultos, todos publicados pela Rocco. Já escreveu mais de 100 histórias de mistério e policiais para adolescentes, todos best-sellers. Ele diz não saber de onde vêm suas idéias: "Só sei que tenho um monte de histórias na cabeça e que não posso esperar para escrevê-las", declara.

Suas histórias são basicamente de suspense pra crianças e adolescentes, mais nunca é muito assustadora por causa da faixa-etária pra quem escreve. Ele diz: "Várias crianças vem me perguntar: Você viveu as histórias mesmo, daquele livro?! Sinto em dizer: Não…", diverte-se.

Robert Lawrence Stine, passou a escrever aos 9 anos, quando encontrou uma maquina de escrever no sótão de sua casa.O livro Goosebumps que deu origem a série foi Welcome to Dead House, ou Bem-Vindo à Casa dos Mortos, um dos mais vendidas da série, assim como Haunted Mask, ou A Máscara Monstruosa.
Acesse a página oficial do autor: http://rlstine.com/ 

E agora deixo uma pergunta para vocês: 

Que autor ou livro te incentivou a pegar o gosto pela leitura? 






Comentários via Facebook

7 Comentários:

  1. Eu não sei quem era o autor porque eu era muito pequeno, mas lembro muito bem do livro.

    A capa era uma tartaruga(cartoonizada) e era um livro espírita. Aí a tartaruga andava pelos mares conhecendo vários seres marinhos. Eu sei que ela estava em busca de sentido na vida dela (acho que era isso)...

    É o livro mais antigo que me lembro. Adorava ele. Lia e relia várias vezes por dia.

    ResponderExcluir
  2. O livro "Soprinho", de Fernanda Lopes de Almeida. Me lembro que tinha uma biblioteca na sala de aula, e este livro era o maior. A professora não deixava qualquer um levar pra ler. Eu insisti tanto que ela me emprestou, e eu li rapidinho e amei. Isso lá no pré (atual 1º ano).

    Este autor do post. Menina, eu gosto dos livros dele também, mesmo tendo crescido. Meus primos mais novos compram e eu pego emprestado. O "Acampamento Fantasma" acho que me deu mais medo. E o fim dos livros sempre são tão diferentes! *-*

    ResponderExcluir
  3. Goosebumps!
    Gente, esses livros eram realmente maravilhosos. Tão legais e divertidos, haha.
    Poutz, deu até vontade de ler aqui ><
    Eu adorava olhar a capa e ver aquela letra meio gelatinosa, mostrando terror :D
    Na biblioteca da minha escola tem todos esses livros, haha.
    Gente, adorei esta sua postagem, super diferente e legal <3

    ResponderExcluir
  4. Bom... o autor que me incentivou a ler foi a Sthefany Meyer.. e os livros claro a saga Crepúsculo.. nunca fui de ler.. e sinceramente tinha arrepios quando via livros..
    Agora é totalmente diferente... vamos dizer que a saga crepúsculo mudou a minha vida *-*

    ResponderExcluir
  5. Eu acho que a leitura me incentivou. Eu comecei a ler um livro, depois mais dois, e por ai adiante eu fui gostando de ler. E agora to escrevendo um livro.
    :D

    ResponderExcluir
  6. Quem me incentivou a pegar o gosto pela leitura foi a autora Karleen Koen que publicou o livro ANJOS DAS SOMBRAS..Amo tudo isso!!
    missmenezes@hotmail.com

    ResponderExcluir
  7. Sempre fui fã de livros, comecei mesmo a ler após conhecer a Série Vagalume, quem nunca leu pelo ao menos um livro desta né?

    Mas agucei meus sentidos literários lendo e relendo os livro de Paulo Coelho, a maioria com leitura gostosa, de fácil entendimento e que dá uma mistura de sentimentos entre querer saber o final e não querer que o livro acabe.

    É a primeira vez que visito seu blog e não será a última. Parabéns!

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por