Entrevista Liana Cupini

15 janeiro 2011
Postado por Livy

Liana Cupini, 26 anos, aquariana, formada em Comunicação Social. Em 2010, abriu uma velha gaveta e resgatou um antigo projeto e nele descobriu um novo universo preso dentro de si, refletido nas páginas deste livro. Liana acredita que sonhos se tornam realidade e essa se transforma em felicidade. Autora sa série Luz e Escuridão, tem seu primeiro livro publicado, Estigmas da Luz, em 2010.
Veja mais sobre seu trabalho no blog: http://livrosluzeescuridao.blogspot.com/

Liana, em entrevista para o No Mundo dos livros, nos conta um pouco mais sobre seu trabalho e sobre sua vida. Confira:

1 - Olá Liana! Nos conte um pouco mais sobre você. O que você gosta de fazer nas horas vagas?
Bom, eu sou uma moleca, então nas horas vagas, além de escrever, ler, ver filmes e séries (sou viciada em House, The Good Wife, Supernatural, Gossip Girl, entre varias outras) eu adoro jogar video game... Gosto de God of War, Devil may Cry, e a lista é grande!!

2 - Para quem não conhece seu trabalho, nos fale um pouco sobre seus livros e futuros projetos.
Eu gosto de ficção, mas também gosto de falar sobre temas que devem ser discutidos, como preconceito, bulling, aceitação, então são temas que sempre serão abordados no meu trabalho. Eu acho que um livro tem que ser leve e gostoso, acho que a leitura tem que fluir, e isso é outra coisa que sempre busco fazer.

3 - Como e por que você decidiu se tornar escritora? O que te influenciou?
Na verdade eu não decidi me tornar uma escritora, aconteceu. Eu passei por uma fase difícil na minha vida (profissionalmente) e escrever foi a minha fuga. Eu diria que cada um de nós já encontrou ou vai encontrar um grupo como os Sentinelas: pessoas ou um grupo fechado, que acreditam que suas crenças são mais fortes que as crenças dos outros, e que não são abertos para pessoas de fora. E foi por ter me deparado com um grupo de Sentinelas que eu resolvi escrever sobre isso, e quando eu vi o livro estava pronto!

4 - O que te inspira na hora de escrever?
É indiscritivel, mas vamos tentar: escrever, para mim é algo muito natural. Como se eu precisasse disso para poder absorver melhor algumas coisas, como se me ajudasse a raciocinar melhor. E acho que quando você mergulha em uma historia, ela se escreve sozinha!

5- Porque você decidiu retomar o projeto de "Estigmas da Luz"?
Eu queria escrever sobre preconceito, mas era um livro infantil. Me faltava um vilão. Sei que é difícil de acreditar (mas juro que é verdade): um dia apareceu um livro em casa, Anjos Caídos, A origem do mal, da Elizabeth Clare Prophet. Como eu sou uma leitora compulsiva, eu comecei a ler e ali encontrei o vilão perfeito!

6 - O que você espera para o futuro? Você tem algum projeto? Podemos espera mais um livro futuramente?
Depois da trilogia da série Luz e Escuridão tenho mais dois projetos: uma comédia romântica e um novo projeto de ficção. Mas primeiro eu quero focar no presente, e principalmente ajudar a mudar nosso mercado literário, ou seja, provar que livros nacionais são tão bons quanto os estrangeiros e chegar aos nossos leitores.

7 - O que você diria para quem tem um sonho e não sabe por onde começar?
Para nunca desistir! Que graça tem acordar de manhã se você não tem sonhos? Uma pessoa que não acredita em si mesma é uma pessoa incompleta. Eu tenho para mim o seguinte ensinamento: eu posso fazer qualquer coisa. Se já foi feito, eu posso fazer, se ainda não foi feito, eu vou tentar até conseguir. Tomas Edson nos ensinou isso, ele sempre disse que não teve tentativas frustradas, mas encontrou 10 mil soluções que não davam certo!! A frase dele que eu mais gosto é "Muitos dos fracassos da vida ocorrem com as pessoas que não reconheceram o quão próximas elas estavam do sucesso quando desistiram."

8 - Como é sua relação com os fãs? O que você acha desse "mundo literário" em que vivemos hoje?
Eu tenho recebido muitas mensagens de carinho e isso me deixa muito feliz. Sei que ainda estou começo, mas não pretendo mudar. Sempre vou responder a eles. Eu tenho uma pessoa que me ajuda, a Ana, minha melhor amiga, mas ela coordena mais os envios e coisas com blogs. As mensagens pessoais que recebo eu procuro responder sempre.

9 - Se você fosse uma personagem de algum livro, qual seria?
Pergunta difícil... acho que o Peter Pan, pois eu adoraria poder voar, viajar, lutar com piratas... rs!

10 - Onde podemos te achar? Quais as redes sociais onde você se encontra?
Eu estou no facebook, orkut, sonico, myspace, e mais uma infinidade. Mas isso para divulgação. O que eu mais acesso é facebook!

11 - Muito obrigada pela entrevista. Para finalizar, deixo esse espaço livre para você deixar uma mensagem para nós!
Eu agradeço a vocês pelo trabalho, as pessoas que estão lendo, de um modo geral, pelas criticas positivas e pelas construtivas... mas principalmente pelo carinho. Sei que as pessoas são apaixonadas pela leitura e transmitem isso para os autores. E me sinto honrada em receber esse carinho. Acho que isso é o mais interessante: as pessoas admiram escritores estrangeiros, mas dificilmente tem contato com eles. Já com escritores brasileiros isso é bem mais fácil! Então, vamos apoiar os escritores nacionais, ler mais livros brasileiros e descobrir que nossos autores são maravilhosos!!

Beijos da Liana!

Liana, obrigada pela conversa maravilhosa! 

Comentários via Facebook

2 Comentários:

  1. Não sei se Liana irá ver essa msg, mas parabéns. Eu ainda não li o seu livro (problemas financeiros XD)

    Um grande abraço e sucesso para você

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por