Entrevista com Marina Ávila {Capista}

07 julho 2011
Postado por Livy

A queridissima Marina Ávila ( capista talentosíssima e parceira do blog ) aceitou bater um papinho com o No Mundo dos Livros... Anteriormente eu fiz uma matéria sobre seus trabalhos na seção do blog A Arte Por Trás da Capa. Aliás, você já deve ter visto muitos de seus trabalhos, entre eles  estão algumas capas criadas para a Editora Underworld. Vamos conferir a conversa que tive com ela?

NMDL - Olá Marina! Em primeiro lugar, nos conte como você se tornou capista? Como surgiu esta paixão pelo design?
MA - Oi Livia! Sempre gostei muito de livros, e comecei a escrever um quando tinha 17 anos. No intervalo entre o meio e o fim de uma história, algumas idéias e inspirações se perdem e, para não sair do ritmo, comecei a fazer a capa desse mesmo livro por brincadeira. Busquei tutoriais na internet e vi muitos projetos na livraria. Depois disso, continuei inventando títulos e fazendo as capas deles, até que o mercado começou a se interessar por elas. A paixão pelo design surgiu ainda antes. Sempre adorei desenhar, fazia aulas desde bem pequena. Montava também projetos de livros quando criança, grampeava e desenhava, assim minhas amigas podiam pintar as figuras.

NMDL- Como é a vida de capista?
MA -  A vida de capista é um pouco solitária, assim como qualquer outra profissão tendo o computador como ferramenta de trabalho. Procuro pedir muita informação e ficar em contato com os editores, assim como incentivar opiniões da família. Mas essa não é uma parte ruim, porque costumo ficar em contato comigo, encontrando respostas e inspirações para as capas. No caso do freelancer existem datas para entrega, e às vezes coincide com o envio de projetos de outras editoras. Às vezes preciso correr para entregar tudo a tempo, e outras tenho mais tempo para me dedicar aos estudos e ao lazer. Os dois períodos têm suas partes boas.

NMDL- Qual seria a capa dos seus sonhos? Para qual livro você gostaria de criar uma capa?
MA - É uma pergunta bem difícil, mas considerando que sou apaixonada pela trilogia Fronteiras do Universo (A Bússola de Ouro, A Faca Sutil e A Luneta Âmbar), gostaria muito de ter criado suas capas. São lindas, talvez minhas preferidas.

NMDL- Como é o processo de criação de uma capa? Como você escolhe os elementos que irão compor uma boa capa?
MA - Inicialmente é enviado um resumo do livro e uma sinopse pela editora. Em alguns casos, descrições de personagens e cenários. Com isso, pode-se criar uma base do público-alvo e buscar as histórias/textos que já foram publicados nesse mesmo gênero. É bom também saber o contexto do livro, época, costumes etc. Tendo isso em mãos, é preciso usar elementos que agradem esse público, com fotos ou ilustrações, e uma fonte que combine com o design pretendido. Cada público-alvo tem seu estilo. Quanto mais tempo de pesquisa houver, mais possibilidade existe de atingir as expectativas do leitor. É importante, pois a capa é a primeira coisa que o leitor vê na livraria e, portanto, uma das ferramentas mais fortes de compra. Precisa interpretar de forma visual, e dar a ignição ao texto.

NMDL- Aliás, como você definiria UMA BOA CAPA?
MA - Uma boa capa, para mim, é aquela que agrada o público-alvo. Pessoalmente gosto de elementos de fantasia e fontes diferentes, uma boa combinação de cores (se possível 2 ou 3 contrastantes), detalhes brilhantes etc. Costumo comprar alguns livros só pela capa, como se pudesse colecionar pequenos tesouros de arte na estante.

NMDL- Quais as capas das quais você mais gostou de fazer? Qual capa foi a mais dificil?
MA -  A que mais gostei de fazer deve ter sido a primeira. Tratado Secreto de Magia (editora Andross). Estava viajando quando o editor entrou em contato, então passei a viagem inteira ansiosa para chegar em casa, pois a ideia já estava pronta. Receber um voto de confiança e poder atuar profissionalmente nessa área pela primeira vez foi muito agradável. 
Tem outra também que gosto muito, A Floresta de Mãos e Dentes, da Carrie Ryan (Ed. Underworld). É um livro sobre zumbis e passei muito tempo buscando imagens para ela. Talvez mais de um mês. Me sentia um pouco pressionada pois a capa alemã é muito bonita, e o pedido foi que “ficasse melhor que aquela”. Foi um projeto que abracei por gostar do tema, e a resposta dos leitores e até da própria autora foi muito positiva. 
A mais difícil foi a Sete Selos – Luiza Salazar. Não me lembro direito agora, mas passaram de 15 modelos diferentes. No final foi ótimo, porque com a ajuda da autora e da editora, conseguimos alguns elogios por ela, e isso traz satisfação e é uma boa chave para saber que estamos no caminho certo.

NMDL- Além de capista, você é projetista gráfica e diagramadora, como é esse trabalho?
MA - O projeto gráfico (design ou arte do interior) é também um trabalho de pesquisa, ainda que menor. Cada público precisa de um tamanho de fonte, um estilo, etc. O editor decide também se prefere que o livro fique de fácil leitura, mesmo que aumente a quantidade de páginas, ou que seja um pouco mais barato. Existe uma busca de imagens e fontes como na capa, apesar de ser mais rápido e normalmente utilizar o mesmo estilo. A diagramação, que pretende deixar o livro de fácil e rápida leitura, é um bom meio de esquecer um pouco das pesquisas apesar de ser mais extenso. Como existem regras de diagramação, o mais importante é segui-las. Se for possível adicionar um pouco de criatividade ajuda bastante. Muitas pessoas adoram virar a página e ser surpreendidas por imagens ou fontes que a tornem mais próximas da história, como por exemplo adicionar um bilhetinho à letra de mão com as palavras do personagem. É legal sempre criar esse vínculo entre o leitor e o livro, por isso o projeto gráfico e a diagramação procuram manter o clima e o tema.

NMDL- Como as editoras ficam sabendo do seu trabalho? Como alguém pode solicitar um orçamento com você?
MA - As editoras pequenas costumam ser bem próximas, então existe muita indicação de outros editores e até mesmo de leitores. De outro modo, criei um site onde podem ser vistas várias capas: http://marina.fantasya.com.br. Quem se interessar pelo trabalho pode enviar um e-mail (marina.editorial@gmail.com) solicitando um orçamento com a descrição do projeto que terei prazer em responder. Com algumas editoras existem reuniões, mas só são necessárias em livros específicos.

NMDL- Você gosta de ler? Que tipo de livros você gosta? Qual foi o último livro que leu?
MA - Gosto muito de ler, principalmente fantasia e young-adults. O último que li foi o Entrevista com o Vampiro, de Anne Rice.

NMDL- Se você pudesse ser outra coisa além de capista, o que seria?
MA - Com certeza seria escritora. É um sonho que ainda busco realizar.

NMDL- Qual é seu maior sonho não realizado?
MA -  O maior sonho não realizado está um pouco longe dos livros. Desde criança quero conhecer a Disney World e tirar fotos com o Pateta. ;) 

NMDL- Que conselhos você daria para quem quer seguir esta carreira de capista ou design?
MA -  Para buscar cursos e faculdades, isso é importante. A faculdade ajuda a criar visões comerciais, que, afinal, é o que gira o mundo dos livros e proporciona novas histórias todos os meses nas estantes. Os cursos de aprimoramento no Photoshop ou outros programas não precisam necessariamente ser presenciais. Costumam ser cursos caros, apesar de ter bastante conteúdo, mas para começar existem tutoriais gratuitos na internet que ajudam demais, e sempre estão disponíveis quando precisamos. Com um portfólio ou bom currículo é possível conseguir estágio numa editora, e a partir daí o aprendizado anda quase por si.

NMDL- Para finalizar, deixe um recado para os leitores do blog. 
MA - Quero agradecer os leitores pelo interesse em saber um pouquinho mais sobre a profissão, e a oportunidade de explicar como funciona essa área na publicação de um livro. É legal trabalhar com isso porque essas capas vão ficar na memória de (assim espero) muitas pessoas e se tornar a caixinha de suas histórias preferidas. Gostaria de poder produzir a caixinha das próximas histórias preferidas de vocês, e espero que tenham gostado da entrevista. Qualquer dúvida a mais, fiquem à vontade para deixar comentários. ;)

Nós é que agradecemos pelas capas MARAVILHOSAS que você tem proporcionado para que nós, bookaholic's fiquemos ainda mais viciados. =D 

Comentários via Facebook

14 Comentários:

  1. Que entrevista legal!
    A Marina é super fofa, entrei no site dela e que capas lindas!
    A capa pra mim é a primeira coisa a me chamar a atenção no livro, então ver quem está por trás disso é muito interessante!
    Deve ser muito realizador ver suas capas publicadas e aprovadas, ainda mais quando esse trabalho é o que se gosta!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Muito legal, a capa é realmente muito importante, eu as vezes compro um livro apenas por causa da capa!

    @Jennifer13d

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro as capas que ela faz, sem nenhuma exceção. Acho que minha preferida é Sussurros de uma garota apaixonada =D

    Ah, parabéns pelos 1.000 seguidores e (uma coisa idiota, mas vale ressaltar), dá uma olhadinha no texto da primeira imagem rsrs

    ResponderExcluir
  4. Adoramos a entrevista! A Marina é muito talentosa e nós temos muito orgulho e felicidade em saber que foi ela que fez a capa do nosso livro, Sete Vidas! Adoramos saber mais um pouqinho sobre o trabalho dela!
    Seu blog é lindo, parece um conto de fadas *-*
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Puxa, as capas desta garota são lindas! Muito talento e inspiração, sem falar na técnica. Parabéns Marina, você é uma artista.
    Linda entrevista, beijos

    ResponderExcluir
  6. Que legal! Super legal da parte dela dar essa entrevista, ate explicando um pouco da vida de capista pra quem queira seguir a carreira tbm!
    Prabens pra ela! kkk A capa de Sete Selos é muito linda, e muito marcante alem de chamar muito a atençao.
    Tbm tenho essa mania de as vezes comprar o livro sem nem saber do que a historia, comprar msm so pq achei a capa linda, a historia vem depois... kkk
    A floresta de maos e dentes tbm tem uma capa linda, a maioria das capas da Underworld sao lindissimas.
    Muita talentosa.
    Obrigada pela entrevista NMDL! Amei!
    bjim

    ResponderExcluir
  7. Nao sabia que ela tinha feito a capa de Instintos crueis tbm. Entrei no siet e vi tantas capas lindas. Achei linda tambem a capa de Historias Envenenadas. Super Show!
    Espero que essas capas lindas continuem por muito tempo, pq capa feinha e triste ne gente?!
    kkkk
    bjim

    ResponderExcluir
  8. Que legal a intrevista, o fato é que a gente sempre tem vontade de saber mais sobre quem está por trás das capas de nossos livros favoritos

    garotadasletra.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Desde que "descobri" a Marina Avila pelo site da Babi, ela virou meu poço de inspiração. Eu mexo com design desde... sempre, coisas de blogs e coisas assim, e agora eu comecei a ter gosto por fazer capas. Aí conheci o trabalho da Marina e esse meu gosto cresceu! *-*

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Que entrevista INCRÍVEL! Nunca havia "conhecido" uma capista, e achei a vida dela uma maravilha só. Mesmo achando fascinante a profissão, sou péssima com desenhos (embora entenda um pouco de design), meu negócio é outro.

    Abraços! E excelente entrevista!!

    ResponderExcluir
  12. MEu Deus que maximoooo!! Bom a Marina é super talentosa e a capa dela q eu mais amo é susurros de uma garota apaixonada(acho linda d+)..como todas q ela cria.
    A entrevista foi otima, super meiga assim como ela.

    Incrivel o trabalho e incrivel a pessoa.

    PArabens ao blog pela entrevista.

    ResponderExcluir
  13. Gente, é fato que as melhores capas são as da Marina ne. Sou apaixonada pelos trabalhos dela sério.
    AMEI a entrevista e adorei o blog, de verdade!!

    Beijoss
    Thaís - Berchim e etc

    ResponderExcluir
  14. Marina, meu nome é Pedro e gostaria de encomendar uma capa. Meu email é pedrodnsdias@hotmail.com, se possível, trata-se de um desenho e não imagem, seria possível?

    Grato.

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por