Resenha: Glimmerglass - O Encontro de Dois Mundos de Jenna Black

18 julho 2011
Postado por Livy




Glimmersglass - O Encontro de Dois Mundos
Jenna Black

Tradução: Cristina Calderini Tognelli
ISBN: 978-85-7930-238-1
Páginas: 296
Pontuação: ♥ ♥ ♥ ♥ 
Sinopse: Quando o mundo real é o de magia se cruzam… Dana Hathaway ainda não sabe, mas vai acabar se metendo em apuros quando decide que é a hora de fugir de casa para encontrar seu misterioso pai na cidade de Avalon: o único lugar na Terra onde o mundo real e o mágico se cruzam. No entanto, assim que Dana põe os pés em Avalon, tudo começa a dar errado, pois ela não é uma adolescente comum – ela é uma faeriewalker, um indivíduo raro que pode viajar entre os dois mundos e a única pessoa que pode levar magia ao mundo humano e tecnologia a cidade de Faerie.Não demora muito e Dana envolve-se no jogo implacável da política do mundo da magia. Alguém está tentando matá-la, e todos parecem querer alguma coisa dela, desde seus novos amigos e da família até Ethan, o lindo garoto com poderes fantásticos com quem Dana acha que nunca terá uma chance… Até ter uma. Presa entre esses dois mundos, Dana não sabe bem onde se encaixa ou em quem pode confi ar, muito menos se sua vida um dia voltará a ser normal. 

Sabe o que é ótimo quando você um livro e se surpreende? Tudo parece perfeito! Glimmersglass é desses livros que te pegam em cheio pela narrativa deliciosa e bem estruturada. Devo confessar que nas primeiras páginas o livro tinha tudo para não me agradar. E suspresa: ledo engano. Assim que a leitura foi avançando, a trama de Jenna Black foi me ganhando e eu fui me envolvendo com o livro de tal maneira, que não consegui largar o livro um instante sequer.

Além da narrativa envolvente, os personagens são muito bem desenvolvidos e suas características são únicas e marcantes. Eu adorei todos, até mesmo os menos "legais". E Dana (nossa querida heróina) é simplesmente perfeita. Sem dúvida ela fica com o posto de uma das minhas personagens preferidas nos livros. Ela é determinada, humilde, e muito sincera, além de ser muito madura para sua idade (apenas 16 anos). Ela tem que aturar a mãe alcoólatra, e todos os problemas que isso causa em sua vida. Então ela resolve finalmente conhecer seu mistorioso pai na cidade de Avalon: o único lugar na Terra onde o mundo real e o mágico se cruzam. Iludida, ela acha que lá ela poderia ter uma vida melhor e ser mimada e cuidada um pouquinho para variar. Mas ela não sabia o quanto estava enganada.

Além de Dana, contamos com outros personagens sensacionais como a Kimber e o Ethan (ambos irmãos feéricos). Kimber apesar de sua aura de gelo, acaba se mostrando uma garota meiga e ótima amiga. Ethan, apesar de seu jeito sedutor e provocativo, é um amor e um garoto prodígio. Outros personagens de destaque são o pai de Dana, Finn (que se torna guarda-costas da garota), e Keane (que acaba sendo instrutor de {ooppps não vou falar} Dana e....que gatinho). Aliás,   um livro com fadas e seres mágicos sem romance o que seria? Por falta de um, Dana acaba conhecendo dois garotos (ou melhor... feéricos) bonitões. Ethan, loiro, lindo e com poderes fantásticos. Depois, conhece o bad boy Keane, moreno alto e (kkkk desculpem o trocadilho) muito... irritante. (ambos mencionados acima)  

A trama do livro é muito interessante, e apesar de usar o tema sobrenatural, como tantos outros livros, Glimmerglass inova em muitos pontos. Dana por exemplo tem um dom fantástico (que não posso contar), mas que fica óbvio pela sinopse: ela pode atravessar do mundo humano para o feérico, levando magia para o mundo humano e tecnologia para o feérico. Vários fatores relacionados a Avalon (cidade na Inglaterra) e a Farie (lugar mágico, de onde veem os feéricos), também são fascinantes e todo o folclore criado pela autora é bem dinâmico. O clima e toque de magia no livro é bem legal, além de que ele está recheado de cenas de aventura, diálogos inteligentes e tiradas divertidas. Não pensem que o livro não tem ação. Apesar destas cenas não serem muitas, elas existem sim, e fazem toda a diferença. Além de serem muito bem construídas, ocupam o lugar certo no livro.
Como vemos tudo do ponto de vista de Dana, o livro fica mais leve e divertido, além de contar seus sentimentos e pensamentos mais profundos (o que torna o livro bem pessoal e muito mais atrativo). Como se não bastasse a boa estória, a capa do livro é linda (cheio de pontinhos prateados), e a diagramação do livro é perfeita.

Não vou entrar em detalhes da estória, pois, assim como eu, espero que vocês possam pegar o livro para ler e se surpreenderem. Eu realmente não esperava muito do livro, e acabei me apaixonando.
Claro, que o final deixa aquela sensação de que ainda vai ter muito mais... Mas isso se deve ao fato de que Glimmerglass faz parte de uma série: Faeriewalker. Jenna Black me conquistou! E se você gosta de livros YA, mas está cansado das mesmas garotas e dos mesmos colégios, onde elas encontram seus lobisomens e vampiros, e queira fugir deste "cotidiano" literário, Glimmerglass é uma ótima dica. 


NOTA EXTRA:  
CAPA = 10
NARRATIVA = 10
ORIGINALIDADE = 9
PERSONAGENS = 9
HISTÓRIA = 9
NOTA GERAL = 9,4

Comentários via Facebook

7 Comentários:

  1. oLÁ! Q bela descrição de personagens! Parabens!! bjs

    ResponderExcluir
  2. A capa com certeza merece 10, é linda!!
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler, mas quero muito!
    Ainda mais que você pareceu gostar muito!
    É ótimo quando o livro nos surpreende!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. O livro me ganhou pela capa. Adoro detalhes diferentes e os brilhos dessa são lindos demais.
    Gostei muito da sinopse também e a resenha só melhorou minha impressão. Adoro histórias relacionadas a Avalon (uma das minhas séries favoritas é Brumas de Avalon)... sei lá, lembrei de toda aquela magia, mistério e personagens fortes. Quero muito ler agora.
    Bjkas,

    Monique Martins
    MoniqueMar
    @moniquemar

    ResponderExcluir
  4. Livy a capa é tão linda que logo que fiz quis ter o livro, nem interessando o conteudo kkkk que feio né.
    Mas não tem como explicar o encantamento q essa capa causa.
    A resenha ficou linda e otima pois ainda n tinha lido nada tão detalahado do livro, apenas resenhas que falavam do q se tratava. Foi muito bom conhecer um pouco mais dos personagens e analisar o livro da forma resenhada.
    Fiquei mais apaixonada ainda e necessito desse livro.
    Saber que é uma série é melhor ainda (sou louca e fã de series) ADORO saberq tem continuação e detesto quando o livro simplesmente termina kkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. A sinopse do livro não me chamou muita atenção, achei que fosse só uma história de fadas. Mas agora com a sua resenha minha opinião mudou totalmente, a história parece ser realmente boa.
    alem da capa ser super hiper linda! cheia de brilhinhos e ter todo esses detalhes de "fumaça ao lado" o marcador de texto desse livro tbm deve ser super fofo. *-+
    bjim

    ResponderExcluir
  6. A capa é linda mesmo, isso eu nunca neguei. Mas (sei lá porque) esse livro sempre meio que me repudiou. E olha que eu nem conhecia a história...
    Sua resenha melhorou um pouco minha impressão. Ainda não estou muito certa quanto a ele, mas já considero dar uma chance.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. O que chama a atenção logo de cara é mesmo a capa do livro! coisa lindaaa!!
    e a diagramação ser boa é importantíssimo!
    só tenho lido ótimas referências sobre esse livro, confesso que eu estava com um certo receio de ler já que nunca li uma série sobre fadas, mas a cada resenha opinião que leio...vou perdendo esse receio!
    espero poder comprar Gimmerglass, o livro é lindo e vai ficar mais lindo ainda na minha estante kkkk

    obs: esse Keane moreno alto...tem jeito de ser uma delícia!!! adoro xD

    ótima resenha Livy! parabéns ^^

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por