Resenha: Minha Aldeia de Luís Augusto Fischer

16 agosto 2011
Postado por Livy


Minha Aldeia 
 Luís Augusto Fischer

80 páginas
Editora: Belas Letras
Pontuação: ♥ ♥ ♥ 
Sinopse: Cairo, Istambul, Jerusalém, Londres, Paris, São Paulo, Rio de Janeiro. Um monte de cidades no mundo onde tinham acontecido coisas de importância imensa, o general fulano tinha dito não sei o quê, o imperador tinha decretado não sei qual coisa, o ministro tal tinha mandado prender sabe-se lá quem, e assim por diante. Tudo sempre em outro lugar, nunca na cidadezinha do interior onde mora Felipe. Aos 12 anos, ele descobre que Conceição do Arroio não aparece no livro de Geografia, nem no de História, nem em outros livros - não aparece nem no mapa. Até que um dia Felipe se muda com os pais para a Capital, deixando para trás os amigos e os professores da escola, além de uma garota muito especial. E é convivendo com esse dilema que ele vai acabar encontrando um lugar só seu, que não está nos mapas nem nos livros de Geografia ou História. Mas é o melhor lugar do mundo.


Este é um livro bem pequeno, contendo apenas 80 páginas, e uma estória bem singela e inocente, que lembra mais um conto. Neste micro livro conhecemos Felipe, um garoto de 12 anos, e seus conflitos. Ele mora em Conceição do Arroio, uma cidade pequena que não tem nada de marcante em sua história e nem ao menos aparece nos livros de geografia, que Felipe tanto adora estudar.
Um dia seu pai recebe uma bolsa de estudos e ele se muda para a capital. Finalmente ele vai morar em uma cidade que tem algum marco histórico, e quem sabe, até aparece nos livros. Mas toda esta mudança traz um pequeno problema: ele vai deixar apra trás seus amigos e sua paquera, a Madalena.

Achei  muito meigo este livro, que traz para o leitor pequenos conflitos de um garoto que está entrando na adolescência, e todos os sentimentos que um garoto pode ter ao descobrir seu primeiro amor. O livro também nos mostra como é bom ter uma atividade que nos incentive, e quem sabe até nos torne pessoas melhores e mais sociaveis (como eu por exemplo, blogando aqui pra vocês). O que mais gostei foi a inocência da narrativa, dos fatos, e da cabeça de Felipe.

O problema é que o livro é bem pequeno, como disse, e não há um desenvolvimento maior de personagens e da estória. Mas no geral, o livro é bem legal, e muito indicado para os jovens leitores que estão aprendendo a pegar gosto pela leitura, e um livro destes é bem indicado. Além de ser fácil de ler, é gostoso, rápido e divertido.

NOTA EXTRA:  
CAPA = 6
NARRATIVA = 8
ORIGINALIDADE = 6
PERSONAGENS = 8
HISTÓRIA = 6
NOTA GERAL = 6,8

Comentários via Facebook

7 Comentários:

  1. Acehia capa bem fofinha.
    Sua resenha foi mt boa, mas msm assim a historia nao me chamou a atençao. Nao achei mt bom o contexto em si.
    Ele tbm e bem pequeno como vc msm falou, e a leitura passa bem rapido, mas msm assim...
    bjim

    ResponderExcluir
  2. O livro parece ser fofo e bem inocente mesmo!
    Parece realmente ótimo para quem está começando a ler, principalmente por ser um livro rápido!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. A capa é mesmo muito linda e fofinha. A história parece ser bem bonitinha.... mas não me agradou muito. rs

    Beijão

    ResponderExcluir
  4. POxa gostei bastante da historia..mas é aquela coisa ando descobrindo um monte de autores brasileiros legais mas os quais tem livros tao pequenos e com uma historia tao bacana q tem possibilidade de ser mais explorada sabe...ando um pouco decepcionada quanto a isso.
    Ainda mais pq ultimamente li um com 70 paginas ( q é uma serie) poxa custava colocar tudo num só??? Seria muito melhor com toda certeza.

    ResponderExcluir
  5. Nossa só 80 paginás, gostei bastante da história e a capa é bem fofinha, mas depois que sua nota do livro eu já desanimei.

    ResponderExcluir
  6. Esse vou passar acho, a historia nao me chamou atençao e tambem 80 paginas é muito pouca coisa!

    ResponderExcluir
  7. Aff, isso aí é o que tem no marcador do livro, não me ajudou nada ¬¬'

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por