Resenha: O Poder dos Seis de Pittacus Lore

20 janeiro 2012
Postado por Livy









O Poder dos Seis
Pittacus Lore


Série Os Legados de Lorien
Número de páginas: 321
ISBN: 9788580571219
Editora: Intrínseca
Pontuação: ♥ ♥ ♥ ♥ (4/5)
Sinopse: O planeta Lorien foi devastado pelos mogadorianos, e seus habitantes, dizimados. Exceto nove crianças e seus guardiões, que se exilaram na Terra. Eles são como os super-heróis que idolatramos nos filmes e nos quadrinhos – porém, são reais. O Número Um foi morto na Malásia. O Número Dois, na Inglaterra. E o Número Três, no Quênia. Tentaram pegar o Número Quatro, John Smith, em Ohio, e falharam. Em O poder dos seis, John e a Número Seis se recuperam da grande batalha contra os mogadorianos, de quem ainda fogem para salvar a própria vida. Enquanto isso, a Número Sete está escondida em um convento na Espanha, acompanhando pela Internet notícias sobre John. Ela se pergunta onde estão Cinco e Seis, imaginando se um deles é a garota de cabelo preto e olhos cinzentos de seus sonhos, cujos poderes vão além de tudo o que ela já imaginou, aquela que tem a força necessária para reunir os seis sobreviventes.

Tenho que começar esta resenha demonstrando minha empolgação! Sim, estou super animada, porque O Poder dos Seis é um livro muito bom. E também, porque esta sequência do livro Eu Sou o Número Quatro, da Série Os Legados de Lorien, conseguiu superar, e muito, o primeiro.

Meu nome é Marina, a que vem do mar, mas levou muito tempo até que eu fosse chamada assim. No início eu era conhecida apenas como Sete, uma dentre os nove Gardes sobreviventes do planeta Lorien, cujo destino foi depositado, e ainda é, em nossa mãos. Nas mãos daqueles de nós que foram perdidos. Daqueles que ainda vivem. 
Neste livro o foco principal está na personagem Sete (ou Marina) que vive em um convento onde também é um orfanato, localizado na Espanha. Ela se refugiou ali com sua Cepân, Adelina. O problema é que a mesma parece ter esquecido sua missão e se concentrado no convento, deixando assim Marina se sentindo sozinha e louca para fugir daquele lugar. E esta oportunidade está chegando.
Mas ela não está preocupada apenas com seu destino, ela tem plena consciência dos outros iguais a ela. Sete acompanha diariamente as notícias que circulam pelo mundo, tentando localizar de alguma forma os outros. Mas ela encontra John, da qual ela tem certeza de ser um dos nove Gardes perdidos e quer encontrá-lo.

Bom, indo ao que interessa: para quem leu minha resenha de Eu Sou o Número Quatro sabe que eu me decepcionei um pouco com a estória, infelizmente. Não que o mesmo tenha sido de todo ruim, mas poderia ter sido muito melhor, com mais ação e menos romance. Não me levem a mal, eu adoro livros que tenham romance, mas no caso desta série, este é um fator que deveria ser secundário, e não dominante na narrativa (opinião minha, ok?). Em partes, isso se deve ao fato de eu não ter ido muito com a cara de Sarah.
Mas indo direto ao ponto, um dos fatores que mais gostei em O Poder dos Seis, foi que o romance bobinho do primeiro livro foi deixado de lado, e isto me agradou muito. O foco principal desta narrativa é a ação e aventura, que se torna crescente no decorrer do livro e é bem legal. =D

Falando dos personagens, eu adorei o desenvolvimento da relação da Número Seis, Sam e John. Eles funcionam com uma dinâmica muito boa. Seis é fantástica. Ela é determinada e forte, e posso dizer que é minha personagem preferida. Um fator legal na narrativa, é que podemos acompanhar seu passado, o que aconteceu com ela e sua Cêpan, o que me agradou muito, pois minha curiosidade sobre a personagem era enorme. Sam também não fica para trás. É ele quem também garante ótimas cenas no livro. Já John é um caso a parte. Ele mudou bastante, amadureceu muito, mas ainda tem muito o que aprender e ainda consegue fazer besteira. Marina é uma das personagens mais cativantes da série (perdendo somente para a Número Seis, na minha opinião). Ela é muito corajosa e decidida, e tem coragem de seguir seu caminho, cheia de confiança. Eu gostei muito do fato de, mesmo ela tendo vivido toda sua jovem vida trancafiada num convento, ela se mostrar tão forte.

Outro ponto alto do livro foram as explicações para muitas pontas soltas e muitas revelações me surpreenderam. Aliás, algumas coisas me surpreenderam demais, de uma forma não tão positiva. O livro tem acontecimentos realmente... Nem sei como dizer... Chocantes? Espero que John pare de fazer besteiras e aprenda com seus erros.

Apesar deste detalhe, posso dizer que o livro é muito, mas muito bom mesmo! Se você leu o primeiro, e gostou, vai gostar ainda mais deste. Se leu e não gostou, então pode ler O Poder dos Seis sem medo, que está muito melhor! O livro está imperdível, vale a pena conferir! Estou muito ansiosa para ler a continuação. 
 NOTA EXTRA:
HISTÓRIA =  ♥ ♥ ♥ ♥  (4/5) 
NARRATIVA = ♥ ♥ ♥ ♥ (4/5)
PERSONAGENS =  ♥ ♥ ♥ ♥  (4/5)      
ORIGINALIDADE =  ♥ ♥ ♥ ♥ (4/5)
REVISÃO/ TRADUÇÃO =  ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ (5/5)      
CAPA/ DIAGRAMAÇÃO =  ♥ ♥ ♥ ♥ (4/5)

Comentários via Facebook

3 Comentários:

  1. Ainda não li nenhum livro desta série, a única coisa que me desmotiva é a capa, eu seu que não podemos julgar um livro pela capa, ai esta você super recomendando o livro, mais vamos concordar que uma capa bem feita é o cartão de visitas de um livro.
    Mais vou seguir a sua dica e colocar esta série na minha lista de livros a ler.
    Ótima dica.
    Beijokas enormes
    Brih
    Meu Livro Rosa Pink
    @BlogRosaPink

    ResponderExcluir
  2. Oie Livia!

    Essa série não faz muito meu estilo não rs... é o tipo de sobrenatural que não curto.

    As capas são lindas e realmente chamam a atenção, pena que para mim fica por isso mesmo.

    Parabéns pela resenha!

    bjus flor.


    anereis.

    mydearlibrary | bookreviews • music • culture
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  3. eu gostei mais da capa do primeiro livro " EU SOU O NUMERO QUATRO " , mais ja li esse também e gostei da continuação estou louco esperando pelo proximo ...

    Beijos

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por