Resenha: Caminhos de Sangue, de Moira Yong

10 agosto 2012
Postado por Livy




Caminhos de Sangue
Moira Young
Tradução: Fábio Fernandes
ISBN:
978-85-8057-194-3
Lançamento:
15-06-2012
Páginas:
352
Editora: Intrínseca
Pontuação: ♥ ♥ ♥  
Saba passou a vida inteira na Lagoa da Prata, uma imensidão de terra desértica assolada por constantes tempestades de areia. Ela não vê problema nisso, contanto que seu irmão gêmeo, Lugh, esteja por perto. Mas, quando uma gigantesca tempestade chega trazendo quatro cavaleiros de mantos negros em seu rastro, tudo que Saba sempre conheceu é destruído. Lugh é capturado e Saba então embarca em uma perigosa jornada para recuperá-lo. Repentinamente jogada na realidade selvagem e sem lei do mundo além da Lagoa da Prata, Saba não sabe o que fazer sem Lugh para guiá-la. Por isso, talvez a maior surpresa seja o que a jovem descobre sobre si mesma: é uma lutadora incansável, uma sobrevivente feroz e uma oponente perspicaz. Com a ajuda de um audacioso e atraente fugitivo e de uma gangue de garotas revolucionárias chamadas Gaviãs Livres, Saba se tornará a protagonista de um confronto que vai mudar o destino de sua civilização.
Caminhos de Sangue é o tipo de livro que vai fazer você amá-lo ou odiá-lo, sem meio termo. Digo isso, pois sua trama é marcante e forte. O que eu digo, logo de início, é: UAU! Sim, pois Moira Young me surpreendeu com esta distopia inusitada.

Caminhos de Sangue é narrado em primeira pessoa, pela visão de Saba. Este é um ponto muito importante no livro, pois é este fator que vai fazer você decidir se vai largá-lo ou seguir em frente (amá-lo ou odiá-lo, como disse a pouco). Mas eu afirmo: vale a pena seguir adiante com a leitura.

A narrativa é uma das mais criativas que já vi, e neste ponto, Moira Young está de parabéns. Isso porque o livro é narrado com a linguagem simples de Saba. Vou dar um exemplo: "eu tô precisano... eu tô gostano..." este é o estilo de escrita utilizado.

Confesso que de início fiquei um tanto incomodada com este fator. Realmente é um pouco difícil você ver um livro que seja narrado e escrito da forma "errada", usando a linguagem que se fala, e não a que se escreve, com a gramática impecável e correta. Mas este incomodo não durou muito, aliás, com o andar da leitura, nem se percebe tanto. Pelo menos para mim a narrativa funcionou muito bem e teve o efeito que a autora desejava: tornar a personagem Saba mais forte e real. Afinal, ela é uma garota simples, sem estudos, que não sabe ler ou escrever... e claro, consequentemente, faz uso de uma linguagem simples e popular. Isso aproxima o leitor da personagem, de seus pensamentos e sentimentos.

Acho que para muitas pessoas este pode ser o fracasso do livro, mas em minha opinião é exatamente o que o torna único e especial, além de dar mais credibilidade para a história. Em pouco tempo me vi totalmente imersa nos acontecimentos que envolvem Saba e todos aqueles que ela encontrará e enfrentará pelo caminho. A narrativa peculiar, então, pode ser considerado o ponto forte do livro.

Saba é uma garota forte, determinada, corajosa, e... cabeça dura. Uma personagem maravilhosa! Arrisco dizer que é uma das minhas heroínas favoritas no mata-mata das séries distópicas. A garota não mede esforços para alcançar seus objetivos, que é, de início (e principalmente), encontrar seu irmão Lugh, que foi sequestrado pelos Tonton, cavaleiros misteriosos e implacáveis vestidos de negro. O legal, é que Saba não fica estagnada... Em muitos momentos ela é um pouquinho irritante em sua teimosia e orgulho, mas esta é umas das características que a tornam uma personagem sem igual. Podemos acompanhar no decorrer da trama toda a sua evolução, que nos mostra uma garota que não conhecia nada do mundo em que vivia transformando em uma mulher forte e guerreira.

Outra personagem de peso é a irmã de Saba, Emmi, que tem apenas 9 anos de idade... mas cara, a menina é muito determinada. Tão teimosa quanto a irmã, a menina tem garra e consegue seguir em frente, mesmo com todo o perigo que a cerca. Além disso, Emmi é de fundamental importância para o desenvolvimento de Saba na história (assim como de outros personagens). Outro ponto bacana é ver o elo entre as irmãs se estreitando e solidificando. Considero Emmi  uma das minhas personagens favoritas em Caminhos de Sangue.

Outro destaque fica para Jack, o rapaz misterioso que cruza o caminho de Saba e faz seu coração aquecer. Ela tem tudo para desconfiar dele, mas apesar do rapaz esconder segredos, ele é tudo o que aparenta ser: uma boa pessoa. Forte, inteligente, e destemido, Jack é uma pitadinha de graça na vida de Saba (e na nossa também). O humor ácido que os une é delicioso, e a atração inegável que cresce a cada dia entre os dois, cria um clima muito bom. Mas não se preocupe, o livro não tem romance do tipo meloso, na verdade o romance na história é bem discreto. Se você gosta de um romance na trama, não vai se decepcionar... mas se não gosta, pode ter certeza que apesar de Saba e Jack formarem um par romântico, isto não afeta em nada o andamento da história, ou o torna chata.

As Gaviãs Livres também merecem ter um espaço nesta resenha, pois tem um peso estratégico nos planos de Moira Young. E claro, uma gangue de moças lindas e guerreiras garante ao livro cenas ótimas. Entre tantos outros personagens que merecem destaque, menciono por último o Nero. Ele é o corvo de Saba. Inteligente e muito expressivo, também tem um papel fundamental na trama, além de enfeitar as páginas do livro.

Moira Young me surpreendeu com sua narrativa diferenciada, e com uma distopia totalmente original. O clima do livro é delicioso. Além da trama forte, o livro conta com ótimas cenas de luta, e outras cenas de ação de tirar o fôlego. A autora também soube explorar muito bem toda a potencialidade dos personagens. Mas aviso: se você espera encontrar uma distopia cheia de fantasia e bláblábblá, aqui você literalmente "cai do cavalo". Caminhos de Sangue nos apresenta uma realidade dura e cruel, com inimigos sem piedade alguma. A autora é direta e certeira. Moira também nos faz refletir com criticas sociais, como o tráfego de drogas, monarquia, escravidão, entre outros; além de nos fazer pensar sobre diversos assuntos como as consequências das ações tomadas, os caminhos que a vida pode tomar, amor, determinação, etc. A autora cria um livro marcante e imperdível.

Apesar de este ser o primeiro volume de uma trilogia, Caminhos de Sangue tem começo, meio e fim... deixando apenas poucas pontas soltas e alguns questionamentos a serem solucionados. Mas termina de forma satisfatória, sem criar grande ansiedade para o próximo livro. Aliás, não vou me aprofundar na trama, pois eu comecei a ler o livro sem expectativas, sem saber o que esperar, e isto foi ótimo pois me surpreendi, como disse no início da resenha. Tudo o que vocês precisam saber é que Caminhos de Sangue é um livro que vale muito a pena ler.

Comentários via Facebook

38 Comentários:

  1. Amei o livro, a resenha foi ótima, não vejo a hora de compra-lo

    ResponderExcluir
  2. Todas as resenhas que eu li sobre esse livro são positivas, estou muito curiosa para lê-lo.
    Beijinhos!

    Camila.
    loucuradelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Pelo que li a autora consegue tratar de temas fortes e deixar marcas em seu leitor. Eu adoro livros nesse gênero, mas fico mais surpresa quando o autor faz de tudo para que os personagens sejam descritos da forma mais real possível. Já com a sinopse e a capa eu estava com vontade de ler Caminhos de sangue e sua resenha me deixou mais curiosa a respeito da estória.
    Beijos,
    http://laviestallieurs.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Se é distopia quero ler! E como estou lendo resenhas bastante positivas - como a sua - estou convencido a mais que ler!

    ResponderExcluir
  5. Estou gostando muito dos livros de distopia, este eu ainda não li, mas tenho todo o interesse em ler.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Bem gostei da sua resenha eu já tinha visto outra e fiquei na duvida se gostei ou não da historia, mas esses "erros" de gramatica nos intimida pois estamos acostumados a ler certo com todos os pingos nos is hehe

    bjos

    http://oincrivelmundodapotinho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Fiquei ainda mais curiosa agora. Já incluí esse livro em minha meta de leituras. Muito boa a resenha, parabéns!
    Beijos!
    Camila - Meu Livro Cor-de-Rosa
    http://meulivrocorderosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Pelo o que li nesta resenha e em outras acho que vou gostar bastante desse livro.
    Vou comprá-lo logo!
    Beijos, Carol.

    ResponderExcluir
  9. Eu já estava a fim de ler esse livro mesmo. Essa capa é linda e foi o que me chamou a atenção. Só havia visto (bons) comentários acerca do livro, mas esta é a primeira resenha dele que leio. E, bom, o que posso dizer é que depois que a li já comprei o livro!
    bjim

    ResponderExcluir
  10. Essa onda de distópicos... Ai, ai... Fiquei feliz ao saber que a autora não suaviza a realidade. Foi isso que amei em Suzanne Collins: a franqueza. O mundo é cruel e difícil, logo os livros, séries e novelas não pode ser açucarados. Isso também acontece nas séries da HBO, por isso fazem tanto sucesso.

    Suas resenhas têm o poder de me deixar louca, sabia? Agora quero muito ler Caminhos de Sangue quando antes nem sabia de sua existência. Você ainda vai me levar à falência.

    Um beijo,
    Nats
    http://www.vireapagina.com

    ResponderExcluir
  11. Realmente esse livro parece bom, pelo menos todas as resenhas falamm bem dele, vou buscar ele ... afinal realmente adoro distopias

    Bjoooo

    ResponderExcluir
  12. Esse livro parece ser bom, acho que vou ler ele

    ResponderExcluir
  13. Livros de fantasia sempre são bem vindos. Fico um pouco receoso por se tratar de uma saga, parece que hoje em dia as editoras só publicam sagas, geralmente gigantescas. Fico com um pé atrás, vai que eles parem de editar e a série fique no meio. Espero que isso não aconteça, porque estou inclinado a iniciá-la. Valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  14. Adoro esse tipo de livro, estou louca para ler!

    ResponderExcluir
  15. @Natália Pacheco hahaha, foi por causa da sua resenha que marquei o livro no skoob :P

    ResponderExcluir
  16. Já estava louca pra ler esse livro. Agora que vi sua resenha vou ler definitivamente.

    ResponderExcluir
  17. Só o título já chama a atenção do leitor, depois da resenha então... Impossível não ler.

    ResponderExcluir
  18. Bom, esse não sei se vou conseguir gostar desse estilo escrevendo "errado", mas o livro está na minha lista e eu ainda vou lê-lo.

    ResponderExcluir
  19. amei essa estória pq acho a personagem simplimente incrivel adoro personagem forte e de muita coragem
    gostei da capa q é linda e quero muito ler esse livro por ser distopia pq até hj só li jogos vorazes e amei o gênero e quero me aprofundar nele.
    :D

    ResponderExcluir
  20. Não gostei. A capa é estranha.

    ResponderExcluir
  21. Eu curti essa ideia do livro "Caminhos de Sangue", espero ler logo e otima resenha.

    ResponderExcluir
  22. Já amei o livro desde já e ler a resenha foi melhor ainda *-*

    ResponderExcluir
  23. O livro já me chamou a atenção pela capa, que é linda e sendo melhor que Jogos Vorazes quero ler pra ontem.
    Quando vi essa capa nas redes pensei que era uma outra história e nem liguei, muito depois de ler sinopse fiquei interessada e agora que li sua resenha preciso desse livro para amanhã, quero saber tudo o que vai acontecer com a Saba e sua jornada para encontrar o irmão.
    Gosto de ler as series quando estão todas lançadas mas acho que não vou esperar por essa.

    ResponderExcluir
  24. O Livro já começou me conquistando pela capa e pelo próprio título "Caminhos de Sangue" acho que é um nome forte e que chama a atenção do leitor.
    Mas... tenho uma grande impressão que vou estranhar a sua forma "errada" de narrativa. Fora isso, estou louca pra saber como será a jornada de busca da Saba à seu irmão.
    ah adorei a resenha, beijos.

    ResponderExcluir
  25. Quero muuuuuuuito comprar esse livro, ou que alguma alma viva que eu conheça compre pra eu poder pegar emprestado (hehe) *-* Já vi algumas resenhas e todas com notas ótimas, ainda bem, porque é muito ruim você ler resenhas com avaliação ótima e outras com avaliações terríveis, é bem decepcionante. Mas, deixando isso de lado, vou lê-lo COM CERTEZA! *-*

    ResponderExcluir
  26. Engraçado como lembra Jogos Vorazes, mas esse detalhe da narrativa ainda não tinha conhecimento... Não acho que isso afete a leitura (se for daqueles que lê rápido). O lugar onde Saba (não consigo ler saba sem pensar em Sabá >.<) morava parece ser um deserto do EUA? do tipo, teve uma guerra (sempre tem) e a américa do norte foi arrasada e blablabla ;)

    ResponderExcluir
  27. A capa desse livro me chamou a atenção e o nome é meio intrigante.Pela sinopse pode perceber que é um livro muito bom e que prenderá a atenção de qualquer leitor,despertou minha curiosidade.

    ResponderExcluir
  28. A distopia é a nova moda, não tive a oportunidade de ler nenhum do gênero, quem sabe essa será o primeiro, pois adorei o enredo, com ação, mas sem fantasia.

    ResponderExcluir
  29. gostei da resenha, estou curiosa...
    Quero muito ler...

    ResponderExcluir
  30. Se você diz na resenha que vale muito a pena ler, quem sou eu pra dizer o contrário?
    Estou louca por ele, quero muito ler essa figurinha...

    ResponderExcluir
  31. Confesso que no inicio, assim que esse livro foi lançado, não me interessei muito por ele não. Todas as resenhas que li, falaram sobre essa forma com que ele foi escrito. Não é muito convencional né? Sei lá, fiquei meio com medo de atrapalhar a leitura. Mas depois, também fui lendo, em resenhas como a sua, da forma como o livro vai construindo a história. Que mesmo sendo parte de uma trilogia, o livro não deixa muitas pontas soltas. Leitura rápida e cheia de ação.
    Sim, quero muito ler :)

    Beijo

    ResponderExcluir
  32. Apesar da linguagem utilizada(que pode até assustar um pouco), continuo acreditando que vou gostar do livro. A história parece ser envolvente, repleta de ação e os personagens parecem ser ótimos também, fortes como a história. E isso é bom, porque eu odeio protagonistas molengas haha
    Ah! A capa é linda!
    Está na minha lista de leituras :)

    ResponderExcluir
  33. Amei a resenha! Acho que vou adorar este livro, a pesar da linguagem dele, né?
    Estou muito curiosa e a cada resenha que leio sobre este livro fico ainda mais.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  34. Acho que esse livro sofre muito preconceito pela narrativa da personagem,e eu admito que não me interessei por ele de primeira por causa disso. Mas então surgiram resenhas incríveis sobre ele,que eu comecei a desejá-lo. Sempre vejo boas críticas,o que só aumenta a minha curiosidade de conhecer o mundo 'cruel' descrito no livro. Super ansiosa por ele.
    Parabéns pela resenha!

    Beijooss,
    Jennifer

    ResponderExcluir
  35. Caminhos de Sangue me parece intenso.
    Sua resenha conseguiu triplicar minha curiosidade.
    Um corvo de estimação? Mal posso esperar para conhecê-lo. haha

    ResponderExcluir
  36. um livro de tirar o folego!! simples assim... adorei do começo ao fim!! recomendo!!

    ResponderExcluir
  37. Tô lendo sua resenha agora super arrependida de não ter comprado quando vi por menos de TRES reais na Amazon. Mas a continuação não será publicada aqui né? :(

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por