Resenha: Mordida, de Meg Cabot - Editora Galera Record

23 setembro 2012
Postado por Livy




Mordida Meg Cabot
Tradução: Regiane Winarski
Título original: Overbite
ISBN: 9788501097415
Ano: 2012
Páginas: 308
Editora: Galera Record
Pontuação: ♥ ♥  
Sinopse: O poder especial de Meena Harper finalmente será valorizado. A Guarda Palatina - uma poderosa unidade secreta que caça demônios - a contratou para trabalhar na filial de Manhattan. A questão é: seu ex-namorado, Lucien Antonesco, é filho do Drácula e o príncipe da escuridão. Tudo bem, Meena decidiu que já chega de vampiros em sua vida... Ao menos até que consiga provar que, mesmo não tendo alma, os seres demoníacos não perderam a capacidade de amar.
Mordida é continuação de Insaciável. Esta é uma série da queridíssima Meg Cabot, famosa por escrever para jovens, como a série O Diário da Princesa, entre tantos outros livros no gênero chick-lit ou romances com o pseudonimo de Patricia Cabot. Com esta nova série voltada para uma história que explora o mundo vampirico, Cabot foge de seu estilo habitual para se aventurar no universo da fantasia.

Meg Cabot nos apresenta a um mundo sombrio, com uma narrativa sagaz e sarcástica. Nesta continuação, voltamos a encontrar Meena, a personagem principal,que teve experiências traumatizantes com os seres do submundo, antes mesmo de saber de sua existência. Então tudo o que ela quer é distância destes seres. O ponto negativo do livro é que Cabot escreveu uma continuação não tão empolgante quanto Insaciável, e a história não foi tão cativante. Infelizmente, a autora não soube explorar muito bem a potencialidade da trama, e criou uma sequência que poderia muito bem não existir, e não faria muita diferença. Apesar deste livro ter sido muito aguardado por mim, achei que, em suma, não houve muita inspiração por parte da autora. Isso se mostra pelo fato do livro conter bem menos páginas que o primeiro, com capítulos bem mais curtos e diretos.

Os personagens, que nos foram apresentados em Insaciável, neste livro ficaram um tanto estranhos em seus papéis. Claro, continuo achando que Meena, Lucien e Alaric são ótimos personagens. Lucien que apesar de ser o príncipe das trevas, consegue ser encantador. E Alaric que é irritante e ao mesmo tempo tão maravilhoso que é impossível não sentir vontade de socá-lo e depois totalmente amá-lo. Mas o fato é que eles não foram tão bem explorados e suas participações ficaram um pouco forçadas em alguns momentos.

Apesar de tia Meg não ter conseguido me cativar com Mordida, pois achei que ela estava muito perdida em sua narrativa e parece ter feito uma continuação apenas para dar sequência ao primeiro livro, não posso negar que ela ainda consegue ter um jeito único de narrar uma história. Sua narrativa continua sendo gostosa e de facil leitura. Meg também coloca elementos nesta saga que me agradam bastante como ação e aventura sem rodeios, onde podemos ver Meena em situações realmente inusitadas, ainda mais agora que trabalha para a Guarda Palatina.

Em suma, apesar de ter sido um livro um pouco morno para mim, acredito que esta é uma série que tem tudo para ser uma das mais queridas e lidas,  pela excelente narrativa e trama interessante que Meg Cabot possui e criou. O livro, apesar de seus pontos negativos, possui muitos pontos positivos também, com personagens interessantíssimos, muita aventura, romance e sacadas sarcásticas. Para quem é fã ou não de vampiros, ou é fã da diva Meg Cabot, esta é uma série que vale a pena ler!

Comentários via Facebook

11 Comentários:

  1. Sempre tem algum livro numa série, que não é tudo o que o autor é capaz de fazer.
    Acho q eles cansam, hahaha. Mas o que importa é se o resto da série compensa um livrinho morno.

    ResponderExcluir
  2. As vezes cansa esse monte de séries, bom já li alguns livros da Meg, gostei bastante, esse ainda não tive a oportunidade de ler.

    ResponderExcluir
  3. A capa esta bonita mas estou cansada de ler series, tenho um monte de estorias que quero saber o final mas ainda não lançaram que coisa hehe

    bjos

    ResponderExcluir
  4. sou fascinada pelos livros da meg, mas nunca li um livro dela que falasse sobre vampiros, achei bem interessante

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei bastante de Insaciável, para mim foi uma leitura bastante prazerosa, adorei o romance e o sarcasmo com que a Meg tratou de um tema tão batido como vampiros.
    Confesso que estava bem empolgada para ler Mordida, mas depois de ler sua resenha e outras resenhas sobre Mordida desanimei. Talvez até tenha sido bom essa desanimada. De repente, se eu não for com tanta expectativa, eu acabe curtindo um pouco a leitura (ou não).
    bjim
    Beijo :*

    ResponderExcluir
  6. Com certeza Meg Cabot não é minha autora preferida, mas tenho alguns livros dela, inclusive Insaciavel que ainda nem li. As resenhas que tenho lido sobre Mordida, não foram mto animadoras, mas como ganhei o livro pretendo ler.Mas não logo, que minha fila de leitura está enorme. Bjksss

    ResponderExcluir
  7. Eu gosto demais de Meg Cabot, mas sem dúvida essa não é a minha série favorita, dela.

    As vezes tenho vontade de bater na Meena, acho ela um pouco bobinha e gostei da sua descrição, acho os livros meio mornos.

    Mas não li os próximos, então nem posso dizer. Quem sabe não se torna muito melhor?

    Thais Vianna
    @dathais

    ResponderExcluir
  8. eu queria muito ler esse livro, mas ja vi varias pessoas falando q esse ai nao é muito bom
    ai lasca tudo xp

    ResponderExcluir
  9. Devo dizer que minha fase de ler Meg Cabot passou, não compraria mais nenhum livro dela, sinceramente, Não que eu nao goste da autora, mas o genero nao me atrai mais.

    De qualquer maneira, as resenhas nao tem sido muito positivas, então acho que seja mais uma questão de gosto esse livro xD (pq a autora é de qualidade, então _o_)

    ResponderExcluir
  10. Eu adorei esse livro , é um dos meus preferidos ...

    ResponderExcluir
  11. SPOILER
    Nossa, fiquei chocada com o final, lá pelo meio do livro fui percebendo a tendencia e aproximação dela com Alaric mas não queria acreditar. Li o livro inteiro em um dia, mas não foi por prazer, estava entediada e irritada, mas claro, como sempre, extremamente curiosa. Fiquei horrorizada no final, li até a última página esperando ele aparecer. Não achei nada muito crível, o enredo, os personagens, as reações da Meena, mas em especial os diálogos: nada a ver as conversas.
    Enfim, amei insaciável e odiei mordida.

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por