Resenha: Predestinados, de Josephine Angelini - Editora Intrínseca

06 setembro 2012
Postado por Livy

Predestinados Josephine Angelini
Tradução: Ana Luiza Libânio Dantas
ISBN:
978-85-8057-220-9
Lançamento:
20-07-2012
Páginas:
320
Editora: Intrínseca
Pontuação: ♥ ♥  
Sinopse: Helen Hamilton passou a vida inteira tentando disfarçar o fato de que é uma garota diferente, mas agora, aos dezesseis anos, isto está cada vez mais difícil. Não apenas por causa de sua força sobre-humana ou porque, sem motivo aparente, pessoas estranhas simplesmente a atacam, mas também porque ela teme que esteja perdendo o juízo. Pesadelos recorrentes com uma estranha viagem pelo deserto e visões de três mulheres derramando lágrimas de sangue a têm atormentado noite e dia. Ao mesmo tempo, um impulso inexplicável passa a dominar seus pensamentos: Helen quer matar Lucas, um dos rapazes da glamorosa e misteriosa família Delos. À medida que descobre mais sobre sua verdadeira origem, ela percebe que a relação dos dois está submetida não só à sua vontade, mas a forças muito antigas.

Predestinados é um livro que nos apresenta um pouco da mitologia grega nos dias atuais, nos remetendo ao famoso poema épico grego, a Ilíada, de Homero. Antes de mais nada aviso que, se você espera encontrar algo no estilo de Rick Riordan, este livro é bem mais adulto que a série juvenil de Percy Jackson. Apesar da autora ter utilizado a mesma mitologia, com pontos parecidos, como dar evidência aos semideuses, uma história não poderia ser mais diferente do que a outra. Não há como fazer comparações. Certo?!

O foco da trama criada por Josephine Angelini,  é bem interessante. A autora se apoia na famosa Guerra de Tróia e a influência dos deuses sobre seus descendentes e sobre a Terra, para desenvolver sua história e seus personagens. Ver boas histórias usando mitologias antigas são um tanto difícieis de se achar, onde livros de fantasia sobrenatural e distópicos reinam soberanos. O fato da autora ter recriado e citado alguns elementos da Ilíada, em diversas passagens no livro, é bem bacana. Assim, ela conseguiu criar os destinos dos personagens, suas tradições e suas lutas. Os elementos da mitologia, que se entremeiam com sua narrativa, encaixaram perfeitamente, e a autora soube como dosar muito bem sua ficção, sem ficar chato ou confuso demais.

Somos apresentados à vida de Helen Hamilton, em uma narrativa totalmente em terceira pessoa. O modo como a autora escreve é leve e gostoso, apresentando todos os elementos da trama de forma a montar o quebra-cabeça aos poucos, e os mistérios vão se revelando e se explicando. A autora também consegue, criar ótimas cenas de luta, diálogos  inteligentes, entre outros elementos de peso, como o uso de poderes dos jovens semideuses.
Apesar de até uma certa parte do livro, o foco ter sido a apresentação e conhecimento mutuo de certos personagens, além da tensão criada entre Lucas Delos e Helen Hamilton, que se odeiam, sem motivo... aparentemente, a história se desenvolve em um crescente. Com certeza, concluí a leitura empolgada, ansiosa por mais.

Helen é uma garota simples, que odeia chamar atenção para si e não tem conciência de sua própria beleza, do que ela realmente é e o que é capaz. Sempre que chama atenção em público, a garota sente cólicas horríveis, e isto a atormenta de tal forma, que se tornou um mecanismo que regula sua "visibilidade" social. Ou seja, quanto menos chamar atenção, melhor!
Confesso que Helen me irritou um pouquinho. Ela tem tudo para se tornar uma personagem grandiosa, principalmente na continuação da saga, Dreamless (Sem Sonhos), e espero que assim seja. Mas neste primeiro volume da série, Helen é um tanto teimosa, cabeça dura, e sua personalidade ondula muito. Há momentos em que ela se mostra forte, companheira, determinada e muito, muito inteligente. Em outros, se mostra fraca, egoísta, teimosa, medrosa e até mesmo superficial. Não sei, achei um tanto estranho a persogem ser tão abígua. Claro, entende-se pelo fato de que sua vida está cada vez mais confusa, e o fato de ela não saber ao certo quem realmente é.
Ela tem poderes que sequer poderia imaginar, e desde pequena sofre por ser diferente, por ser "esquisita", mostrando sua força ou suas habilidades nada convencionais. Ela nunca teve uma vida normal, além de ter sido abandonada pela mãe, sem ter sequer uma memória para acalentá-la. Tudo o que resta dela é uma corrente com pingente de coração, da qual a garota não consegue tirar do pescoço, e que guarda um grande mistério, além do coração partido do pai que a cria.
Quando a familia Delos chega a ilha de Nantucket, a vida já confusa de Helen, fica ainda pior. Ela mal suporta ouvir falar deles, e ainda por cima tem que sofrer com pesadelos terríveis, em que está andando por terras aridas, e acorda sempre com a sensação de que esteve lá de verdade. E então, quando Helen finalmente cruza com Lucas, o ódio que ambos sentem é forte demais para que possam conviver pacificamente. Tudo isto é culpa de uma maldição muito antiga, da qual que ambos não tem controle algum. E envolve as Fúrias, três velhas que tecem o destino de todos os semideuses e têm sede de sangue.

Não vou falar mais da trama, porque é realmente complicado dar mais detalhes sem soltar um montão de spoilers, e isto é realmente muito chato em uma resenha. Mas o legal para vocês saberem, é que este é o cerne e o esboço principal da trama, que dá o ponta pé inicial para algo muito, muito maior. Eu fiquei realmente surpresa com os caminhos que a autora seguiu, e realmente gostei do resultado. Quem leu a sinopse, talvez tenha chegado à mesma conclusão que eu, de que o livro seria focado apenas no romance e numa maldição boba. Mas aí, meu caro Watson, nos enganamos. Eu não esperava que a história por trás dessa premissa fosse tão grande e catastrófica. A autora mistura diversos elementos e emoções, desde drama até o ódio mais letal e antigo. É inevitável não se prender à trama. Há realmente muito mais do que podemos imaginar.

Os personagens são muito bem estruturados, e o elo entre eles e sua descendência é muito bem elaborada. Tudo se encaixa perfeitamente e tem seu devido lugar. Gostei muito mais do mocinho, o Lucas Delos e seus irmãos(as) e primos(as), do que da personagem principal. Diria que ainda faltou algo para que eu gostasse dela totalmente, apesar de que em muitos pontos ela me agradou. Gostei de Lucas pois ele se mostra muito sábio e centrado, não sendo apenas uma beleza vazia cheia de poderes. Os outros membros da Família Delos são incríveis, e são tantos que fica dificil citá-los aqui, mas realmente são o ponto forte do livro. O legal, é que é através deles que muitos elementos no livro vão se ilucidando.

Um ponto interessante, é que em alguns momentos, no início do livro, muitos elementos me lembraram de Crepúsculo. O fato da mocinha ser diferente e desengonçada, e morar em uma cidade (no caso, ilha) pequena, apenas com o pai. Também o fato de do nada aparecer uma família com membros misteriosos que causam furor entre os moradores da cidade, etc. Claro que estes pontos em comum são mínimos, e não há como comparar as sagas. Mas não pude evitar, risos.

Bom, comecei a ler este livro, que é o primeiro de uma série,  procurando não criar grandes expectativas. É um método que tenho usado para as leituras, e confesso, tem funcionado. A pior coisa é você estar louca para ler um livro e ele te decepcionar. É claro que ainda sofro deste mal, mas bem menos agora. O legal é quando você não espera nada ou quase nada do livro, e ele te pega de surpresa. Predestinados é um livro em que, de forma geral, pode-se terminar satisfeito e se enquadrar neste caso. É o tipo de livro gostoso, que prende com uma história bem narrada e uma trama interessante. Creio que na continuação de Predestinados, Dreamless (Sem Sonhos), haverá muita aventura, pois a autora deixa várias pontas soltas. Então os grandes acontecimentos ainda estão por vir.

Acredito que esta é uma série que promete substituir muitas outras, se tornando a favorita de muitos leitores, principalmente os jovens leitores, e os fãs do gênero. O trabalho gráfico está otimo, e há apenas alguns erros ortográficos, mas nada que atrapalhe a leitura. De forma geral, Predestinados é um livro satisfatório que proporciona uma leitura agradável. Starcrossed tem tudo para se tornar o novo Crepúsculo, e o novo queridinho do momento.   

Comentários via Facebook

43 Comentários:

  1. ah eu até gosto de personagens q sao meio desengonçadas sabe
    ah eu fiquei muito afim de ler esse livro a uns dias atras, talvez eu goste sabe
    adorei a resena

    ResponderExcluir
  2. Eu odeio comparar livros mas sempre faço isso =P
    Estou louca pra ler esse livro. Tudo que envolve mitologia grega me encanta!
    Fora que sempre me encontro em personagens como Helen.
    Parabéns pela resenha.

    Luiza Helena Vieira
    Obsession Valley
    http://obsessionvalley.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Não gosto muito deste negocio de mitologia e tal, mas estou bastante interessada neste livro!
    já vi várias resenhas boas dele.
    pelas resenhas que li tbm to sentindo que vai se tornar o novo Crepúsculo! :P

    ResponderExcluir
  4. aaaaaah eu adoro mitologia!
    Com certeza vou comprar esse livro livro, já vi resenhas muito boas sobre ele e mesmo não tem muito haver com as histórias do Rick, vai me dar uma animada pra esperar A Marca de Atena!

    ResponderExcluir
  5. Oiie,

    Esta é a segunda resenha que leio deste livro, e já estou louca de vontade de tê-lo para mim. Eu não sou boa em não criar expectativas, acho que por isso me decepciono muito com minhas leituras, mas, eu espero que isso não aconteça com este.

    Beijos

    Amigas entre Livros

    ResponderExcluir
  6. Como sempre sua resenha é ótima!!
    Mitologia grega é um tema muito interessante, acho que vou gostar do livro!!

    bjs

    ResponderExcluir
  7. Não sei se meu comentario anterior vai aparecer, caiu minha conexão bem na hora.Mas como disse,esse livro me ganhou mesmo pela capa. Mas se a historia é boa melhor ainda.Quero Muito. Bjksss

    ResponderExcluir
  8. Amo mitologia, então o livro já ganhou um ponto a favor.
    Gosto de leituras leves e que me prendem, mais pontos pro livro.
    Adoro séries também \o/
    Livro perfeito pra entrar pra minha lista hehehe

    ResponderExcluir
  9. Primeira resenha que li do livro e o que me chamou a atenção é por misturar mitologia na história, gosto muito disso também. Estou fugindo de livros de adolescentes, tenho muitos aqui em casa que ainda nem iniciei a leitura, mas gostei da resenha e quem sabe, depois que a série estiver mais avançada não embarco nessa também.
    parabens pela resenha, esta realmente mt boa.
    bjim

    ResponderExcluir
  10. Olá eu gosto muito de mitologia e este livro me parece bem interessante, ultimamente tem tido muitos personagens com humor variado cada hora agem de um jeito, também me deixam irritada mas faz parte né

    bjos

    ResponderExcluir
  11. A sinopse já é interessante, sem contar que a resenha me fez querer ainda mais o livro..

    ResponderExcluir
  12. Espero que a mocinha nao se pareça com a Bella e nem que o livro inteiro se pareça com Crepúsculo, que eu tenho em baixissima estima.

    De qualquer modo, de uma maneira geral eu gosto muito de livros que tratam de mitologias, então eu estou ansiosa para ler esse =D

    Obrigada por me fazer conhecer esse livro \õ/

    ResponderExcluir
  13. Amo mitologia, e me interessei muito por esse livro.

    ResponderExcluir
  14. Querendo muuito ler o livro :3 Adorei sua resenha!

    ResponderExcluir
  15. Eu gostei do livro pelo tema dele. É bem legal e parece estar fazendo sucesso, porque vi muitos elogios dele até agora.

    ResponderExcluir
  16. nossa esse livro tá na minha lista a muito tempo, quero muito ler ele

    ResponderExcluir
  17. Eu comecei a ler esse livro a 2 dias! e estou adorando, nunca me senti tão envolvida com uma história desde o livro Silencio, de Becca Fitzpatrick!

    ResponderExcluir
  18. Ótima resenha, vários comentários interessantes; fiquei com vontade de ler o livro

    ResponderExcluir
  19. boa resenha bem explicativa parece uma mistura de romeu e julieta com tema mitologia que adoro!!

    ResponderExcluir
  20. Essa história deve ser bem interessante. E ainda envolvendo mitologia.... Ansiosa para ler.

    ResponderExcluir
  21. Tenho uma grande vontade de ler esse livro, segundo o que ando lendo sobre ele nos blog de literatura, me parce ser bom, espero esta certa.

    http://planetabook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Ah... Quero taaaanto ler esse livro!

    ResponderExcluir
  23. Nossa, a resenha tá ótima!! Antes eu 'queria' esse livro, agora eu só 'PRECISO' dele! rsrsrs

    ResponderExcluir
  24. Adoro mitologia grega, só por isso já vale a pena ler esse livro! E fico feliz em saber que na trama "Há realmente muito mais do que podemos imaginar", pois seria muito chato se ele focasse apenas na briga do casal.

    ResponderExcluir
  25. Estou looooooouca pra ler esse livro! Muita gente fala que é muito bom e por mais que não gostem tanto não dão menos que 3 estrelas e meia, HAHAHA dizem também que lembra muito crepúsculo em relação a família, vamos ver o que eu acho se eu ganhar na promoção ou compra-lo para ler *-*

    ResponderExcluir
  26. Acabei de ler o livro, realmentr gostei da historia mais achei o final meio tipo (Cassandra Clare) autora de Instrumentos Mortais, mais tirando vou let a continuação tambem gostei mais do Lucas Delos e seus primos do que da Helen.

    Valeu pela dica.
    Agora vou continuar a ler Dearly Departed.

    ResponderExcluir
  27. Eu quero muito ler esse livro! O que realmente me conquistou nele é a capa!

    ResponderExcluir
  28. Nossa, quero muito ler esse livro! *o*

    ResponderExcluir
  29. Uou. Pela capa, eu não tinha imaginado como o livro parece bom... pra mim aprecia apenas normal, mas agora tá na minha lista de MUST READ! :)

    ResponderExcluir
  30. Segunda vez que vejo alguém comparando um mitológico com Crepúsculo, sei que são poucas as evidencias mas até que gosto do tema, mas nunca me aprofundei mais do que PJ, se é que vc me entende, mas gostei da perspectiva da resenha, acho que vou adorar o livro. bjoca

    ResponderExcluir
  31. Gostei muito da sua resenha...eu ja tinha visto alguns comentarios do livro pela internet, mas depois da sua resenha minha curiosidade aumentou ...Bjsss

    ResponderExcluir
  32. A capa desse livro é bem convidativa!
    Sou dessas que algumas vezes se encanta pela capa, mas tenho lido resenhas de pessoas que não charam o livro grande coisa, mesmo assim ainda estou curiosa!

    ResponderExcluir
  33. Amei a resenha... Foi amor a primeira vista desde que vi esse livro, fiquei encantada pela capa e agora que li sua resenha muito curiosa pra ler.

    ResponderExcluir
  34. aaaaaaaaaaaaah! Eu tenho que ler esse livro!! Parece ser perfeito!amo livros que falam de mitologia!
    Eu queroooo

    ResponderExcluir
  35. Adoro livros que envolvam mitologia e o mundo fantástico e amei a capa desse livro.

    Muita vontade de ler ele.

    Apesar de você não ser a primeira pessoa que já disse que ele lembra Crepúsculo, eu vou arriscar.

    Thais Vianna
    @dathais
    dathais@hotmail.com

    ResponderExcluir
  36. Quero tanto ler este livro!!! Adoro livros com este tema, mitologia. Estou muito curiosa e muito ansiosa para comprá-lo. Amei a resenha, me deixou ainda mais animada pra ler o livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  37. Estava a procura do livro,a resenha é simplismente linda,o livro entao!Achei a capa maravilhosa e o assunto q a autora abordou,não deixa vc cansada de ler! Ameiii !

    ResponderExcluir
  38. Intrínseca sempre traz ótimos livros.. esse não deve ser diferente..

    ResponderExcluir
  39. Eu estou arfando por esse livro! Envolve tudo o que eu adoro e ainda nos brinda com uma capa maravilhosa! Não vejo a hora de ler esse livro ;]

    ResponderExcluir
  40. Adorei sua resenha fiquei com mais vontade ainda de conhecer a Helen. Esse livro já estava na minha lista de muito desejados. Adoro mitologia grega.

    Um leve bater de asas para todos!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por