Lançamentos de Setembro do Grupo Editorial Record

18 setembro 2013
Postado por Livy

A ascensão do colosso, de Peter Lerangis
As sete maravilhas – livro 1
A ascensão do colosso é o volume inicial da série As Sete Maravilhas, que narra a história de Jack McKinley, um garoto comum com um problema. Dentro de alguns meses ele vai morrer — a menos que encontre sete esferas mágicas que foram escondidas nas Sete Maravilhas do Mundo Antigo.
Segundo Rick Riordan, “A ascensão do colosso é o trabalho mais fascinante de Lerangis. Jovens leitores vão adorar esta história. Mal posso esperar para ver o que vem a seguir na série As Sete Maravilhas!”


 A caixa, de Günter Grass
Günter Grass expõe as feridas e lembranças de uma família, em uma narrativa quase experimental, sob a forma de transcrições de conversas entre 8 irmãos, que, a pedido do pai idoso, começam a gravar o que dizem a respeito da infância, seus fracassos, ressentimentos e o que mais emergir do passado. Nesse processo de resgate e acerto de contas, sempre em meio a fartas refeições, os irmãos se dão conta da presença constante de Marie, amiga e confidente do pai, um escritor premiado sempre envolvido com seu último livro. Marie, esteio firme diante de qualquer mudança, separação, novo casamento ou reviravolta na vida dos pais, tirava fotos com uma câmera analógica, a Agfa, fabricada em formato de caixa. Uma máquina que sobreviveu à Segunda Guerra e aos incêndios de Berlim e que, de algum modo, avança e retrocede no tempo. Não se tratava de prever o futuro, mas de projetar sonhos, consequências de atos impensados ou os mais profundos desejos: uma caixa de memórias e do porvir. Com um texto cortante e preciso, o premiado e polêmico autor conjuga extremo domínio da linguagem e de sua arte, mantendo o leitor entregue à leitura, inteiro diante dos fragmentos dos personagens deste livro. Uma leitura memorável.

 A Cidade Perversa, de Dany-Robert Dufour
Como explicar o número cada vez maior de dirigentes políticos e financeiros que são verdadeiros pornógrafos? (Berlusconi e suas garotas de programa menores de idade, Sarkozy e sua obscenidade verbal, Dominique Strauss-Kahn e suas agressões sexuais etc.) Como entender que o Ocidente tenha passado, no século da primeira Revolução Industrial (XVII-XVIII), da filosofia puritana de Pascal à filosofia obscena do Marquês de Sade? Por que o liberalismo se tornou um regime pornográfico? Dany-Robert Dufour revisita aspectos centrais do pensamento ocidental para construir, de um ponto de vista filosófico, uma história da libido. Escrito em linguagem clara e irreverente, este livro conquistou um público amplo, das ciências humanas às ciências políticas, passando pela psicanálise e a economia.

 A cortesã e o samurai, de Lesley Downer
Em 1868, o Japão está dividido entre aqueles a favor e contra o xogum. Nesse contexto, a bela Hana foge após ser deixada por sua família e seu marido, e é vendida como cortesã. Porém nessa nova ocupação ela descobre verdades sobre si que nunca havia imaginado. Ao mesmo tempo, Yozo, um dos homens do xogum, retorna ao Japão e encontra seu antigo líder destituído do poder. Assim, junta-se aos rebeldes, mas é preso. Após conseguir fugir, ele conhece Hana, e o destino dos dois é alterado irremediavelmente.


A expedição Kon-Tiki, de Thor Heyerdahl
Tudo começou com uma pergunta: como os povos antigos se locomoviam pelo planeta? Quando uma jangada semelhante às embarcações pré-históricas deixou as costas do Peru em 1947, o norueguês Thor Heyerdahl (1914-2002) e seus cinco companheiros – mesmo sem nenhuma experiência em navegação – tinham uma única certeza: só o sucesso da travessia explicaria as relações entre a América e a Polinésia.
Em A expedição Kon-Tiki – 8.000 km numa jangada através do pacífico, Thor Heyerdahl relata sua experiência e cria uma obra-prima de reconstituição pré-histórica. Através de uma narrativa empolgante e surpreendente, o autor faz com que o leitor entre em contato com os grandes segredos das antigas civilizações e viva todas as dificuldades e emoções de se cruzar um gigantesco oceano em uma embarcação alheia a qualquer avanço tecnológico.
 A vingança veste Prada, de Lauren Weisberger
Depois abandonar o emprego na Runaway há quase dez anos e se livrar da insuportável Miranda Priestly, Andrea Sachs agora é a bem-sucedida editora de uma revista de luxo sobre casamentos, a Plunge. Ao lado de Emily, antiga colega de trabalho e sua atual melhor amiga, sua vida não poderia estará melhor: além do sucesso do novo empreendimento, ela está prestes a casar com um dos solteiros mais cobiçados de Nova York. Mas uma semana antes do casamento, um fantasma do passado, ou melhor, um diabo, volta a assombrá-la.
 Anjo da Vingança, de Ana Siljak
No inverno russo de 1878, uma aristocrata jovem e tímida chamada Vera Zasulich atirou no prefeito de São Petersburgo, Fedor Trepov. O atentado, verdadeira arma política na Rússia pré-revolução, foi motivado por vingança contra o tratamento brutal que o prefeito dispensara a um preso político. Na história agora esquecida da terrorista mais célebre da Rússia, Ana Siljak conta a vida extraordinária de Vera – de criança privilegiada da nobreza à conspiradora revolucionária, de assassina a mártir, a ídolo socialista e a santa – ao mesmo tempo em que evoca vividamente o drama de um dos julgamentos que mais chamaram a atenção do mundo e da Rússia onde as celebridades políticas dominavam a cena.
 Tribunal das almas, de Donato Carrisi
Marcus é um homem sem memórias pessoais mas com um dom: o de detectar “anomalias” em cenas e situações cotidianas. Essa habilidade será muito útil para seu próximo trabalho: encontrar Lara, uma estudante que desapareceu em Roma. Enquanto ele luta contra o tempo para descobrir o paradeiro da jovem, a especialista em fotografia criminal Sandra Vega tenta reconstruir sua vida após a morte do marido. Porém, o que ela e Marcus estão cada vez mais perto de descobrir é que todos guardam segredos, e alguns são extremamente perigosos.

 Esta terra dourada, de Barbara Wood
A jovem Hannah Conroy sempre desejou seguir os passos do pai e se tornar médica. Porém, a Inglaterra do século XIX não é o lugar mais propício para os sonhos da moça. Tentando desvendar segredos do passado e buscando novos caminhos para o futuro, Hannah embarca para a Austrália – uma nova terra, onde seus desejos talvez possam se tornar realidade. Ao longo de sua jornada, ela conhece Neal Scott, um cientista americano que deseja explorar as desconhecidas terras australianas, e Jamie O’Brien, um nativo fora da lei procurado pelas autoridades locais. Dividida entre o amor dos dois homens, Hannah é surpreendida pelos mistérios tortuosos do destino.
 Fernando Pessoa: o livro das citações, de José Paulo Cavalcanti Filho
Desassossego, amor, solidão e liberdade são alguns dos mais de trezentos temas em que se organizam os versos escolhidos por José Paulo Cavalcanti Filho para compor Fernando Pessoa, o livro das citações. Reunindo trechos selecionados durante os anos que dedicou à pesquisa sobre a vida e a obra do poeta português, com todo o conhecimento de quem esteve imerso em seus pensamentos, em suas dúvidas e nos seus sentimentos, o premiado biógrafo de Fernando Pessoa agora divide com o leitor mais um pouco de sua poesia.
 Fissura, de Karin Slaughter
Ansley Park, um dos bairros mais tradicionais de Atlanta, é cenário de uma tragédia. Cacos de vidro pelo chão, móveis quebrados, marcas de sangue pela casa, e o mais assustador: um corpo ensanguentado e com o rosto desfigurado jaz no corredor. Ao lado do cadáver, há um homem com uma faca na mão. Esta é a cena com a qual Abigail Campano se depara ao chegar em casa. Desesperada, ela estrangula o sujeito, que ela acredita ter matado sua filha, com as próprias mãos. Mas o que teria motivado aquele crime? Cabe ao agente Will Trent lidar com esse caso peculiar e cheio de reviravoltas. Mas nem o detetive nem os Campano imaginam trata-se apenas do início de seus mais terríveis dias.
O Guia do Herói para salvar o seu reino : Livro 1, de Christopher Healy
Príncipe Liam. Príncipe Frederico. Príncipe Duncan. Príncipe Gustavo. Você nunca ouviu falar deles, certo? Estes são os príncipes que salvaram a Bela Adormecida, a Cinderela, a Branca de Neve e a Rapunzel,e mesmo assim, graças aos bardos preguiçosos que escreveram os contos, você provavelmente só os conhece como “Príncipe Encantado”. Mas isso está prestes a mudar. Rejeitados pelas princesas e expulsos de seus castelos, Liam, Frederico, Duncan e Gustavo se deparam com uma trama diabólica que pode colocar seus reinos em perigo. Agora, cabe a eles vencer todos os obstáculos, derrotar trolls, bandidos, dragões, bruxas e outros perigos para se tornar os heróis que ninguém imaginou que eles poderiam ser.
Irmã, de Rosamund Lupton
Quando Beatrice recebe uma ligação informando que sua irmã mais nova, Tess, está desaparecida, embarca no primeiro voo para Londres. Porém, ao descobrir as circunstâncias do sumiço, percebe que não conhece detalhes da vida de sua irmã e não está preparada para os fatos terríveis que precisa enfrentar. Enquanto a polícia, o próprio noivo e a mãe aceitam a perda de Tess, Beatrice se recusa a desistir e parte numa perigosa jornada para descobrir a verdade, sem se preocupar com as consequências.
 O futuro é o começo — Os ensinamentos de Bob Marley por ele mesmo, de Bob Marley
Bob Marley foi um dos maiores responsáveis por divulgar a cultura rastafári para todo o mundo. Através de suas músicas, o cantor influenciou toda uma geração e continua cativando milhares de pessoas com sua mensagem de fé, união e amor. O futuro é o começo é uma antologia de frases de Bob, organizada por Gerald Hausman e com um prefácio escrito por Cedella Marley, filha do cantor.
O renegado, de Sadie Jones
Em 1957, o jovem Lewis Aldridge chega a Waterford após passar dois anos na prisão por ter cometido um crime que chocou toda a população local. A única pessoa que o espera é a doce Kit Carmichael, desde sempre apaixonada por ele. A narrativa mostra a sucessão de eventos que fizeram Lewis tomar uma atitude tão drástica: a frieza do pai, recém-chegado da Guerra; a morte repentina da mãe; o segundo casamento do pai com uma mulher muito mais nova. Pouco a pouco Lewis passa a ser cruelmente discriminado por todos, menos por Kit, que entende seu sofrimento por também ser renegada pelo próprio pai. O renegado descreve eventos terríveis em uma prosa vigorosa, demonstrando como o amor negado pode trazer consequências brutais.
 Onde as sombras se deitam, de Michael Ridpath
Quando o detetive Magnus Jonson se torna testemunha de um caso de corrupção na polícia de Boston, logo vira o alvo principal da gangue antes beneficiada. Como proteção, é transferido para a Islândia, sua terra natal. Lá, acompanha a investigação do assassinato de um professor. Tudo indica que o crime está ligado a uma desconhecida saga islandesa que ele traduzia, com muitas semelhanças com O Senhor dos Anéis. Assim, Magnus precisa desvendar um trama que envolve segredos milenares de uma família, um misterioso pastor e um rico fã americano do universo de J. R. R. Tolkien.
Por um fio, de Eoin Colfer
O leão de chácara e ex-sargento do Exército irlandês Daniel McEvoy tem apenas três grandes preocupações na vida: trabalhar, lidar com uma vizinha psicótica e tentar remediar uma crescente calvície. Mas ele vê sua rotina mudar quando não apenas seu único amigo, o trambiqueiro Dr. Zeb Kronski, desaparece de repente, como a garçonete Connie, por quem Dan tem uma quedinha, é encontrada morta. Determinado a descobrir o que aconteceu nos dois casos, ele se depara com duas policiais duronas, um advogado arrogante e um gângster um tanto excêntrico. E assim fica bem evidente que a batalha contra a calvície era a menor das preocupações.
 Sombras eternas, de Glen Cook
Segundo livro da série “Companhia Negra”
A nova aventura da Companhia Negra promete ser ainda mais sombria que a primeira. Após ajudar a Dama a massacrar o movimento rebelde, o grupo de mercenários deve eliminar um castelo misterioso na cidade de Zimbro. O que eles não imaginam é que no povoado também moram Corvo e Lindinha, dois antigos membros do grupo com um importante segredo. Agora Chagas, o cronista da Companhia, precisa proteger os antigos amigos e decidir a quem devotará sua lealdade – uma escolha que pode alterar os rumos do conflito para sempre
 Sorria, de Barbara Ehrenreich
Nesta abordagem absolutamente original, Barbara Ehrenreich confronta as falsas promessas do pensamento positivo. A autora pesquisa as raízes dessa cultura no século XIX até chegar ao presente e à consagração do pensamento positivo como uma atitude cultural dominante, quase obrigatória, especialmente na comunidade empresarial, onde a recusa de até mesmo considerar a possibilidade de resultados negativos – como inadimplências nas hipotecas – contribuiu diretamente para o atual desastre econômico. Uma reportagem brilhante que expõe os aspectos negativos do pensamento positivo.
Tina Fey - A poderosa Chefona
Antes de Liz Lemon , antes do “Weekend Update”, antes de Sarah Palin, Tina Fey era só uma jovem com um sonho: um pesadelo recorrente em que ela era perseguida em um aeroporto por seu antigo professor de educação física. Ela também tinha o sonho de, um dia, ser comediante na TV. Ela viu esses dois sonhos se tornarem realidade. Finalmente, a história de Tina Fey pode ser contada. De seus dias de adolescente nerd depravada até se tornar chefe do Saturday Night Live; de sua busca pouco entusiasmada pela beleza física até sua vida como mãe que come coisas do chão; de seu romance unilateral no colégio até sua lua de mel quase mortal — do início deste parágrafo até a última linha.

Comentários via Facebook

8 Comentários:

  1. Irmã foi o que mais me deixou curiosa!
    gosto de mistérios assim :D
    e que capa linda eim :O *-*

    ResponderExcluir
  2. Tribunal das almas, de Donato Carrisi, seria algo que eu leria. Mas, estão ótimos os livros, difícil até de escolher algo.

    ResponderExcluir
  3. Gente, quero MUITO ler A vingança veste Prada!! Irmã também parece ser ótimo... Fiquei com vontade de ler vários na verdade haha

    ResponderExcluir
  4. Gostei de algumas destas opções de leitura, e com certeza vou querer conferir.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. Juuura que a "Vingança Veste Prada é cont do filme tãão lindo que eu não me canso de assistir? Adooooroo!! Vou ler com certeza...e se bobiar...vem mais um filme por aí...
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  6. Amei as capas de "A Cortesã e o Samurai" e "A Expedição Kon-Tiki"!
    Quero ler vários: "A caixa", "Fernando Pessoa: o livro das citações", "A Cortesã e o Samurai"... :D

    ResponderExcluir
  7. Amei as capas de "A Cortesã e o Samurai" e "A Expedição Kon-Tiki"!
    Quero ler vários: "A Vingança Veste Prada", "Fernando Pessoa: o livro das citações", "A Cortesã e o Samurai"... :D

    ResponderExcluir
  8. Eu adoro essa editora, mas dessa vez nenhum livro me interessou. Teve alguns que eu amei as capas, e que se me dessem eu até leria, mas não me interessei tanto assim..

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por