[Resenha] Em Chamas, de Suzanne Collins

30 dezembro 2013
Postado por Livy


Em Chamas
Suzanne Collins
ISBN: 9788579800641
Tradutor: Alexandre D’Elia
Ano: 2011
Páginas: 413
Editora: Rocco
Pontuação: ♥ ♥ ♥  ♥ 
() Favoritado!
Depois da improvável e inusitada vitória de Katniss Everdeen e Peeta Mellark nos últimos Jogos Vorazes, algo parece ter mudado para sempre em Panem. Aqui e ali, distúrbios e agitações dão sinais de que uma revolta é iminente. Katniss e Peeta, representantes do paupérrimo Distrito 12, não apenas venceram os Jogos, mas ridicularizaram o governo e conseguiram fazer todos - incluindo o próprio Peeta - acreditarem que são um casal apaixonado. A confusão na cabeça de Katniss não é menor do que a das ruas. Em meio ao turbilhão, ela pensa cada vez mais em seu melhor amigo, o jovem caçador Gale, mas é obrigada a fingir que o romance com Peeta é real. Já o governo parece especialmente preocupado com a influência que os dois adolescentes vitoriosos - transformados em verdadeiros ídolos nacionais - podem ter na população. Por isso, existem planos especiais para mantê-los sob controle, mesmo que isso signifique forçá-los a lutar novamente.

Em Chamas, segundo volume da série Jogos Vorazes, é fantástico! Suzanne Collins mostrou para que veio e me ganhou de vez! Este é um livro em que se define bem pelo título. Pois a pequena faísca que Katniss acendeu em Jogos Vorazes ganhou força e proporções inimagináveis, se tornando uma chama.

Eu simplesmente amei o livro! A narrativa é envolvente e cativante demais! O livro está recheado dos elementos que mais gosto em distopias, além de ter uma história muito boa. Collins conseguiu evoluir a trama a um nível verdadeiramente empolgante e angustiante.

A revolução por trás dos jogos vai se moldando e se mostrando aos poucos. A exaltação do povo fica nítida, e o Presidente Snow pretende tomar as rédeas da situação. Ameaçando de forma velada Katniss e dando início a uma versão dos jogos aterrorizante.

Katniss mais uma vez prova o quanto é madura e corajosa. Apesar de alguns deslizes, onde ela mesma se acha egoísta pensando só em si, ela acaba se tornando, mesmo sem perceber, o Tordo e símbolo da revolução. Durante a Turnê da Vitória, é perceptível o poder que ela tem sobre os cidadães dos Distritos e como pode influenciar até mesmo indiretamente a mudança. É verdadeiramente emocionante ver o abalo que os jogos causam. A situação nos Distritos também muda. A opressão se faz presente diante dos pacificadores.

No Distrito de Katniss isto fica bem evidente. O terror e revolta se instalam, a comida fica ainda mais escassa e a fome é crescente. Não há como escapar da pressão da Capital. Mas é justamente este fator, juntamente com o símbolo de rebeldia que Katniss incitou, que o povo vai ganhando coragem e força para lutar.

Em Chamas mostra uma narrativa muito mais madura e bem desenvolvida. A trama está mais pungente, com cenas fortes de opressão e sequências de tirar o fôlego. E um dos pontos que achei muito interessantes é todo o mistério envolvendo o Distrito 13, aparentemente destruído, mas que parece conter a chave para a revolução.

Os personagens também estão muito mais maduros e foram muito bem mais explorados pela autora. Creio que a trama em si ajudou muito para isso. Como já disse, Katniss arrasa! Peeta também se mostra mais sério, sábio e até mesmo muito mais corajoso e interessante do que esperava (Aliás, eu sou totalmente team Peeta, que isto fique muito claro!). Apesar de Katnissb desprezar e repudiar o coitado, tenho certeza que no fundo é apenas medo reprimido. Medo de se envolver e de, claro, o perder. Mas enfim...

Gale estava melhor lá quietinho no canto dele mas... Mas neste livro ele tem muito mais destaque e importância para toda a história e Katniss. Conhecemos melhor sua personalidade e, sinceramente, eu acho ele um tiquinho egoísta e chato. Apesar de sua sede por vingança contra a Capital e toda a cena de desolação que os Distritos enfrentam, ainda não consigo o admirar. Mas não deixa de ser um bom personagem para a trama e para o desenvolvimento da mesma.

E Haymitch, meu personagem preferido na série (acredite se quiser) está em sua melhor forma. Mesmo bêbado ele parece estar sempre atento à tristeza da situação que o cerca, e do quanto o peso do conhecimento é duro de carregar. Eu gosto muito dele, apesar de ser politicamente incorreto (risos). Sou totalmente às avessas, sempre acabo gostando do personagem que quase ninguém dá muita importância. Mas no fim das contas, Haymitch é um bom tutor. E é muito mais do que parece.

Em Chamas com certeza prova que livros para o público jovem pode ser sim muito bom e não apenas bobinho. Com uma história verdadeiramente dramática e uma carga emocional enorme, o livro ganha pela qualidade em todos os sentidos. Recheado de aventura, drama e cenas de tirar o fôlego. Não consigo nem descrever o quanto o livro é bom. A faísca está no ar, e estou louca para conferir A Esperança, ainda mais com o fim que Em Chamas teve. Alta tensão define! Vale muito a pena conferir. 

Comentários via Facebook

6 Comentários:

  1. Oi, Livy!
    Alguns dos melhores livros que li em 2013 foram distopias! Ainda não tive oportunidade de ler Jogos Vorazes e cia, nem assisti ao 2° filme, mas gosto bastante do pouco que conheço da história e pela resenha, a série promete mesmo! Espero lê- los em breve. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, estou louca para ler a série completa ♥

    ResponderExcluir
  3. Eu Preciso ler essa coleção! Parece ser ótimo!

    ResponderExcluir
  4. Eu acho uma saga que trás uma mensagem bem forte sobre revolução e sobre como as pessoas deveriam acordar para o que acontece ao seu redor. Principalmente para a exploração que o povo sofre diariamente!
    Muito bom o post e o blog

    http://resenhaeoutrascoisas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Amei! Ficando com mais vontade ainda de lê!

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por