[Resenha] Os Solteiros, de Meredith Goldstein

28 abril 2014
Postado por Livy

Os Solteiros
Meredith Goldstein
ISBN: 9788581634814
Tradutor: Ana Paula Corradini
Ano: 2014
Páginas: 256
Editora: Novo Conceito
Pontuação: ♥ ♥ ♥   
Hannah é diretora de elenco em Nova York e ainda chora pelo ex que a abandonou. Rob não é muito bom em assumir compromissos, mas nos tempos da faculdade quase namorou Hannah — e não se esquece disso... Vicki tem um trabalho lucrativo (embora tedioso) como designer de interiores de uma grande rede de supermercados, e é uma depressiva crônica. Nancy leva uma vida dupla, e Joe é um quarentão que adora namorar mulheres mais jovens... Não há como negar: juntos, eles podem comprometer seriamente os planos de Bee de ter o casamento mais elegante da cidade. Da união desses personagens apaixonados resulta um romance divertido e doce sobre vidas entrelaçadas, relações de amizade e o incontestável amor.

Os Solteiros é o livro que marca a estreia de Meredith Goldstein no mundo literário e garante boas risadas e momentos de pura descontração.

Eu realmente gostei do livro, e a trama que envolve solteiros em um casamento, apesar de não ser uma ideia nova, me agradou. Já tinha visto alguns filmes bem divertidos com este tema, e o mesmo ocorre com esta história que li muito rápido e que me proporcionou momentos de muita diversão. Foi como ver um filme, pois a autora conseguiu criar o clima perfeito para isso, por isso mesmo não fiquei surpresa ao saber que o livro já teve os direitos vendidos para a TV e o cinema.

Não se engane com suas poucas páginas, pois, mesmo sendo uma história curta, você não consegue parar de ler até terminar. Além disso é inevitável se imaginar parte deste casamento, conhecendo profundamente todos os personagens principais.

Gostei da forma como a autora colocou cada personagem em sua trama, sendo que cada capítulo alterna entre estes personagens e através deles a história vai se desenrolando, e você não só conhece passado e presente, como participa das loucuras de antes e depois do casamento. A recepção então, nem se fala, só risadas.

A história começa sob o ponto de vista de Bee, a noiva, que está finalizando os preparativos para seu casamento, e está muito preocupada com alguns convidados solteiros um tanto problemáticos que ela não sabe onde enfiar durante a recepção. A partir daí começamos a conhecê-los, um a um.

Hannah, é amiga da noiva, assim como uma das madrinhas, e com certeza é uma das minhas favoritas. Tanto pelas encrencas em que ela se mete quanto pelo costume que tem de transformar as situações em filmes e encontrar atores e atrizes que poderiam fazer os papeis de todos que conhece, e até de si mesma.

Rob é meu outro personagem favorito, pois é responsável pelos momentos nos quais eu realmente me emocionei (sim o livro tem seu lado emotivo também), pois ele adota uma cachorra velhinha e sua relação com ela é linda. Ele é amigo de Hannah e de Bee, assim como de Vicki, outra convidada solteira, que por sinal tem momentos muito interessantes na trama. Joe, tio de Bee, que é uma figura, está à caça de "companhia" para relaxar, e participará de forma involuntária de um momento bombástico. Phil, é um peixe fora d'água, pois está de gaiato no casamento, cobrindo o lugar de Nancy, sua mãe. Sua participação é hilária.

E você se pergunta: e a noiva? A noiva, meus caros, não tem tanta importância na história, apesar de ser a causadora da reunião dos solteiros em seu próprio casamento. A verdade é que ela é o "pano de fundo" para as confusões dos solteiros.

Todos os personagens são bem desenvolvidos na história, o que surpreende em um livro tão curto, e com tantos personagens. O legal é que não é raro encontrarmos no livro situações que já vivenciamos, ou que já ouvimos ou vimos alguém passar. E se tem algo que este livro mostra é que, às vezes, muitas coisas podem mudar em um só dia. Um dia pode definir as vidas das pessoas! Por isso aprecie cada momento!

E eu gostei da capa do livro, apesar de ser simples, pois é perfeita para a história e bem condizente; a diagramação também está impecável!

Os Solteiros é um livro que realmente apreciei ler. Posso dizer que passei momentos agradáveis e até derrubei algumas lágrimas (sou chorona, tá!?) em certo momento. Se houvesse mais algumas páginas eu as leria com gosto.



Comentários via Facebook

6 Comentários:

  1. não é um livro que me chame a atenção, mas talvez eu leia ele. uhsauhsu to pensando nisso. sem cntar que achei a capa feinha!

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  2. Levando em consideração o tema, a capa é bem bonitinha. Tô com ele aqui em casa e é bom saber que a leitura é divertida. Não espero muita coisa dele, mas parece ideal pra dar aquela desintoxicada, sabe? Algo levinho mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Este é o problema de nós choronas, derrubamos nossas lágrimas facinho. Acho que devo ler este livro ainda esta semana, pelo menos esta é a minha intenção.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  4. Oi Livy, eu adorei o livro. Achei ele um leitura leve e agradável. Me diverti bastante com Hannah, ela é hilária né?
    Beijos
    Aline Lima
    http://alinenerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ola adorei seu cantinho não conhecia, gosto muito de ler e fiquei tentada a comprar esse livro e acabei comprando outro que também adorei e recomendo. Mas agora talvez essa opção seja o próxima dica de leitura para minha lista.

    Também tenho um blog de leitura, quando puder te uma passadinha para conhecer.
    Bjs
    www.leituraumvicio.blogspot.com

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por