[Resenha] Desejos, de Alexandra Bullen

12 agosto 2014
Postado por Livy

Desejos
Alexandra Bullen
ISBN: 9788501086938
Tradução: Fernanda Rocha
Ano: 2014
Páginas: 381
Editora: Galera Record
Pontuação: ♥ ♥ ♥   
Para Olivia Larsen, nada poderia mudar o fato de que sua irmã gêmea, Violet, se foi. Até que um misterioso vestido de festa é deixado à sua porta, e ele é capaz de lhe conceder um único desejo. A única coisa que Olivia quer é ter a irmã de volta. Agora, as garotas têm uma nova chance de viver tudo o que sempre sonharam. De quebra, descobrem que existem mais dois vestidos com o mesmo poder, ou seja, mais dois desejos novinhos em folha! Mas mágica não pode resolver tudo e Olivia precisa confrontar os fantasmas de seu passado para aprender a rir, amar e viver novamente.

Confesso que a primeira coisa que me atraiu em Desejos foi a belíssima capa e edição. Na foto não é possível ver, mas pessoalmente a capa ainda é mais bonita pois tem borboletas em verniz voando ao redor da modelo. Eu simplesmente me apaixonei, fora o fato de que amo borboletas (percebe-se pelo layout do blog, não é mesmo!?). Pois bem, confesso que também tenho este ponto fraco de querer ler um livro pela capa. Sei que muitas vezes me dou mal, mas é inevitável: eu babo na capa e quero ler. E depois que li a sinopse, achei a premissa bem interessante. Não cheguei a criar grandes expectativas sobre a história, mas realmente foi bem diferente do que pensei que seria.

Olivia, com apenas 16 anos está sofrendo muito a perda da irmã, e se mudou com os pais para São Francisco para tentarem seguir em frente. Mas para Olivia não é nada fácil pois Violet, sua irmã, era seu porto seguro, sua guia e conselheira, sua melhor amiga. Digamos que Olivia nunca foi muito popular ou se preocupou em realmente viver e se divertir, como se vestir ou como agir bem na "sociedade" escolar. Quem sabia tudo sobre como ser um verdadeira e descolada adolescente era sua irmã. E agora ela não está mais com Olivia para ajudá-la e ela se sente perdida. Agora que Olivia está em um novo ambiente escolar, ela se sente ainda mais deslocada e esquisita. Violet saberia o que fazer.

Então quando Olivia acaba achando uma loja bem estranha ali perto de sua nova casa, a Mariposa Missionária, ela vê seu mundo virando de pernas para o ar. Lá Olivia conhece Posey uma jovem excêntrica que conserta roupas e faz outras peças realmente diferentes. E lhe dá um vestido especial que pode conceder-lhe um desejo. É aí que Olivia tem o que mais quer de volta: sua irmã.

Desejos, apesar de ser um livro juvenil, tem um quê de drama. Desde o início Alexandra Bullen traz uma trama carregada de sentimentos tristes e uma protagonista muito melancólica. Eu comecei o livro realmente desejando que a autora seguisse para um rumo mais intenso e emocionante, mas o que aconteceu ao decorrer do livro todo é uma trama morna, com personagens apagados e uma história que não chega a ser totalmente tocante.

Eu lia página após página, e ansiava por uma reviravolta, por acontecimentos interessantes, e por uma carga de sentimentos que me fizessem me apaixonar por Olivia e por todo o livro. Infelizmente não foi exatamente o que aconteceu. Ao meu ver quem vem trazer um pouco de graça, cor e significado para a história é Violet, que com seus estratagemas acaba fazendo com que Olivia viva e aprenda a seguir em frente.

Fora Violet todos os personagens são apagados e insossos demais. A impressão que tive é de que nenhum ali tinha um propósito e que todos faziam parte da história apenas para enfeitar a trama, pois não acrescentaram em nada. Senti falta de maior profundidade e maior desenvolvimento de suas personalidades e características que me fizessem sentir maior empatia ou que me fizessem me conectar com eles. Até mesmo Soren, garoto por quem Olivia se apaixona, não foi bem explorado, e eu não consegui sentir a intensidade que ele aparentava ter para Olivia. O romance em si é tão rápido e estranho que não consegui torcer por eles.

Olivia por sua vez me irritou bastante. Ela passa o livro todo insegura, cheia de autodepreciação e sentindo pena de si mesma. A autora quis aqui mostrar uma personagem que iria superar a si mesma, criar coragem ao decorrer da trama, se transformar. Mas isto acontece de forma tão leve e sútil que não chega nem a ser notável.

Em muitos momentos me vi querendo chegar logo ao final para ver como terminaria. E praticamente em todo o livro percebi que a autora se perdeu. A magia prometida com os vestidos perdeu o sentido em determinado momento, o envolvimento dos personagens na trama foi superficial, e a história foi fraca em vários sentidos, mas principalmente em dramaticidade e romance. Realmente acho que a autora foi muito infeliz na forma como construiu os personagens e a trama. Eu realmente gostaria que ela tivesse escolhido outros rumos. Gostaria que houvesse uma explicação para o porque de Posey e sua loja, e uma explicação para a magia envolvendo os vestidos. Mas e aí? Não tem!

Ao chegar ao final do livro tive um vislumbre do que a autora pretendia, e até cheguei a me emocionar um pouquinho. Vi a emoção que ela pretendia empregar durante o livro, tentando vir a tona no final. Principalmente achei bonita a despedida e conciliação que Olivia teve com seu passado, e que me surpreendeu pois já não estava esperando muito mais do livro. Digo que o final foi o que mais valeu a pena em toda a leitura, e que é Violet quem dá um pitada de diversão, emoção e vivacidade no livro.

Claro, todo livro tem suas lições e Desejos nos mostra que devemos sempre ter confiança em nós mesmos, seguir em frente, aceitar e aprender com o passado. E acima de tudo que nunca sabemos quando nossas vidas podem mudar bruscamente, e que nunca estamos preparados para dizer adeus para quem amamos, por isso devemos simplesmente viver plenamente. Viver cada dia como se ele fosse o último e especial.

Desejos é um juvenil com ares de drama, mas que é leve e que é uma leitura despretensiosa. Um livro para quem curte uma história fácil, leve e sem grandes reviravoltas. Um livro que promete calma e tranquilidade sem grandes emoções.

Comentários via Facebook

6 Comentários:

  1. Oi Livy, tudo bem?
    Bem, a sua não foi a primeira resenha negativa que li, e confesso que não tenho vontade de ler esse livro, pelos inúmeros pontos que você expôs. Gosto de personagens fortes, e que mesmo com problemas e dificuldades, de alguma forma me conquistem. Mas quem sabe um dia.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  2. Eu também tenho este fraco de querer ler conforme a capa, as vezes não dá certo, mas que bom que desta vez para você valeu.
    Bjs,Rose

    ResponderExcluir
  3. Oi Livy

    Já imagino como deve ser encantadora a capa desse livro pessoalmente. Só pela foto já acho belíssima.
    Uma protagonista irritante ninguém merece e Olívia parece ser exatamente assim.
    Outras resenhas já tinham citado esse mesmo problema com relação a ela.
    Pelo visto a autora tinha uma boa história em mãos, mas não soube dar emoção certa a ela, só no final as coisas começaram a ganhar cor. Uma pena.

    Beijos
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  4. Oi Livy! Eu senti falta de magia no livro, a história dos vestidos porderia ter sido melhor trabalhada, eu imaginava um conto de fadas moderno, mas acabou que foi mesmo um dramalhão adolescente. E a Olivia foi mesmo um caso sério.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Livy...que fantástico seu blog! Foi um achado, adorei as resenhas. Eu estava procurando saber sobre um livro e achei aqui, e acabei passando um bom tempo aqui, lendo sobre vários outros. Você escreve muito bem, de verdade. Continue fazendo isso pois você faz bem e com esse blog com certeza ajuda muitos. Beijos!

    www.malumon.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá, Liv!
    Amei a capa, confesso que também as capas me seduzem, me apaixono facil.
    Ótima resenha.
    Bjuu
    http://orocardovento.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por