[Resenha] Escola Noturna, de C. J. Daugherty

30 agosto 2014
Postado por Livy

Escola Noturna
C. J. Daugherty
ISBN: 9788581051970
Tradutor: Rita Sussekind
Ano: 2014
Páginas: 336
Editora: Suma de Letras
Pontuação: ♥ ♥ ♥   
Quando todos estão mentindo em quem voce confia? Quando a adolescente problemática Allie Sheridan vai presa de novo, seus pais decidem que já estão fartos. Assim, ela é despachada para a Academia Cimmeria, um colégio interno bem distante dos seus amigos londrinos. A academia é uma bela construção, cheia de adolescentes lindos e milionários do tipo que viaja de jatinho, foi criado pela babá e só faz compras nos endereços mais exclusivos.
Em Escola Noturna, primeiro volume de uma trilogia, Allie faz novas amizades e conhece Carter, um rapaz solitário com quem ela sente uma conexão imediata.
Só que seus colegas, e talvez até alguns dos professores, estão protegendo um segredo sombrio. Quando o perigo começa a rondar os muros da escola e a violência se torna realidade, Allie terá que decidir em quem confiar, se quiser descobrir o que está acontecendo.

Escola Noturna é o primeiro livro da série de C. J.  Daugherty. Assim que o vi  fiquei curiosa para saber o mistério que envolve a história, já que na sinopse e na divulgação do livro não havia ficado muito claro para qual caminho ele iria seguir. Eu imaginei milhões de coisas, e achei que o livro seria voltado para algo sobrenatural. Mas acredite todo o mistério e tudo o que acontece é bem real, não há nada do além.

Allie Sheridan é uma garota rebelde que vive se metendo em encrenca. Foi detida várias vezes, e agora foi pega pela última vez. Agora, com seus pais fartos de suas encrencas e de sua rebeldia, resolvem dar um ponto final em suas maluquices a enviando para a Escola Cimmeria, um internato onde a garota aprenderá a se comportar e ficará longe de problemas.

Em Cimmeria, Allie perceberá que nada é como costumava ser. Não há televisão ou qualquer tecnologia. Não se pode usar celular, nem se comunicar por qualquer meio eletrônico. E não pode sair sem permissão. Allie começa seus dias de estudo tentando se adaptar ao novo ambiente, mas se sente deslocada em meio a tantos ricos. A verdade é que todos que estudam ali parecem ter uma família com tradição na escola, o que não é o caso dela.

Além de lidar com uma grande perda, e ter que lidar com o dia a dia desta estranha escola, Allie também se vê dividida entre Sylvain e Carter (sim, um triangulo amoroso, que maravilha #sóquenão). Sylvain é o típico garoto que as garotas se apaixonam facilmente: bonito, charmoso, bom de lábia (podem acreditar, não fui com a cara dele). Carter é o típico garoto problema, não exatamente bad boy. Ele tem uma fama um tanto ruim, e isto repele Allie a ponto de os dois ficarem soltando farpas (já podem perceber de quem eu gostei, né!?).

A Escola Cimmeria em si é um grande mistério. Seus alunos parecem sempre ter um segredo escondido, e as salas e corredores da grande construção parecem esconder grandes mistérios. Allie logo percebe que não pode confiar em ninguém e que nada é o que parece neste lugar cheio de sombras e segredos. Um destes mistérios é a Escola Noturna, onde um seleto grupo de alunos é escolhido para integrar as aulas. O que será que é a Escola Noturna? O que fazem nestas aulas que acontecem de noite, escondidas?

Este livro tem um clima legal de tensão e suspense. Cimmeria é um lugar meio sombrio, grande e cheio de mistérios atrás de cada porta e corredor. Mas confesso que eu esperava mais do mistério que envolvia a Escola Noturna. Achei um pouco clichê. E eu já esperava por isso, assim como já esperava pelo desfecho que o livro teve, então não consegui me surpreender com nada do que aconteceu. Esperava ter uma grande surpresa, ou que uma grande reviravolta acontecesse. Mas não foi o que aconteceu. Outra coisa é que o vilão não me deixou nem com um pingo só de medo. Não assusta, não dá medo, nem nada.

Outro ponto, além da construção da trama e o desfecho, é a narrativa em si. Daugherty escreve bem, mas passou longe de conseguir construir bem sua história. A impressão que tive é que ela tinha uma ótima ideia inicial para seu livro, mas que na hora de colocar no papel ela se perdeu e acabou não conseguindo direcionar a sua criatividade para o que realmente queria escrever. Outro detalhe é que em muitos momentos a leitura se tornou cansativa para mim, por ficar dando tantas voltas e voltas no drama diário de Allie e não ir realmente para lugar nenhum. Foi algo que não me agradou. Por outro lado, isto torna a personalidade de Allie mais fácil de se entender.

Acho que o que mais gostei no livro foi realmente a escola em si. Consegui imaginar a dimensão desta imensa escola, suas sombras, seus mistérios. O clima que a autora criou em volta do colégio foi ótimo. Um ponto positivo para Escola Noturna é a forma como Daugherty consegue manter o clima de mistério e tensão, tornando a história em um thriller juvenil.

Outro ponto a favor é o segredo que envolve a própria Allie e sua família. Isto sim me prendeu. O mistério que a envolve e os estranhos acontecimentos que se desenrolam com ela foram decisivos para que eu decidisse a continuar lendo o livro. Foram estes pontos que me prenderam e me fizeram ler o livro até o final. Ponto para a autora.

Escola Noturna não é um livro perfeito, e não tem um ritmo alucinante, sendo um livro bem introdutório,. Mas tem uma boa dose de mistério e muitos segredos. Nada de realmente surpreendente, mas é uma boa dica de leitura para quem gosta de livros de suspense juvenil.

Comentários via Facebook

16 Comentários:

  1. Embora não seja o livro típico que costumo ler, fiquei um tanto curioso com este.
    Abraço.
    Tudo de melhor.

    luizcezarescritor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Amei o seu blog e já o estou a seguir :D
    Também curti a sua página de facebook (DanielaDS).
    beijos,
    Daniela

    http://ddocesonhadora.blogspot.pt/
    https://www.facebook.com/ddocesonhadora

    ResponderExcluir
  3. Olá, Livy.
    Eu confesso não gostar muito de livros introdutórios, acho que já no primeiro volume dá para desenvolver de maneira satisfatória e não tão introdutória uma trama. E um ritmo mais lento também já nos faz desistir, mas a premissa do livro é tão bacana que se eu tiver oportunidade de ler eu quero!
    Beijos.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Nunca cheguei a ler um livro de suspense, mas quem sabe esse não seja o primeiro. Você tirou minha dúvida se o livro era sobrenatural ou não, e mesmo como você disse ele ser um pouco lento conseguiu despertar minha curiosidade.

    Passa no meu blog? ^-^ se gostar siga, agradeço desde já
    http://livroseplaylists.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. um este é mais um livro que entra para minha coleção que tenho que comprar...
    eu adoro seu blog.....

    ResponderExcluir
  6. Oi Livy! Eu ganhei este livro aqui no seu blog e esperava uma grande trama, mas confesso que as expectativas diminuíram depois da resenha, eu também achei que fosse sobrenatural. O que me anima ainda e espero que no final seja uma leitura instigante, é o fator mistério e enredo jovem, mas não vou com tanta sede ao pote.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  7. Oi Livy, tudo bem?

    Parece um livro muito bom, adorei essa mistério todo e fiquei super curiosa também hahaha Entendo que não seja um livro perfeito e tudo mais, mas parece bom pra, sei lá... Passar o tempo ou até dar uma pausa nas leituras mais fortes, né? Vou procurar saber mais. A história é bem legal!
    Adorei a resenha, flor.

    Beijocas
    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Livy :)
    Ah, eu queria ler esse livro, mas fiquei um pouco desanimada depois dessa sua resenha :/ Que pena que não conseguiu se surpreender e nem ter medo do pobre vilão. Vilão tem que ser malvado gente, fazer coisas crueis, mas ta difícil ultimamente, tenso. Adorei sua resenha :)

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing
    http://thisadorablething.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Tenho curiosidade quanto a personagem Allie, mas algo no livro ainda não me chama atenção.
    As opiniões sobre ele são bem divididas né.
    Mas gostei da sua resenha.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Eu estou bem curiosa para ler esse livro. Apesar de eu amar os vilões e já saber que nesse caso o vilão não vai ser tudo isso, eu espero me divertir, adoro histórias com suspense e mistérios e segredos. Não vou criar grandes expectativas, mas pretendo conferir assim que puder.
    Bjs
    Aline Lima - Sempre Nerd (alinenerd.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  11. Oie Livy =)

    Confesso que esse livro nunca me chamou a atenção. Pela sinopse ele me pareceu mais do mesmo sabe?
    Que pena que a leitura não atingiu as suas expectativas. Espero que sua próxima leitura seja mais proveitosa ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  12. Oi, Livy!
    Gostei da ideia do livro; gosto muito de suspense, e o suspense coletivo é um dos mais fascinantes. Além disso, um triângulo amoroso bem construído e que não caia sempre em clichês vale a pena conferir. Enfim, fiquei muito curioso com a história!

    Abraços,
    Diego.

    pecasdeoito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Livy, tudo bem?

    Que pena que o livro não te envolveu completamente. É ruim quando a trama é assim, previsível, ainda mais quando o foco é o suspense por trás dos mistérios sobrenaturais.
    Eu tenho curiosidade em ler esse livro, mas não o tenho como prioridade.

    Beijos,

    Pah - Livros & Fuxicos

    ResponderExcluir
  14. Ola Livy, eu até me interessei pelo livro, pela sua resenha,
    porém eu achei que algo passava pro sobrenatural.
    É uma pena.
    Eu leria, mas não teria ele como prioridade.
    Beijos

    http://leituradelua.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    Fui direto nesse livro porque me chamou atenção o título, então comecei a ler e já sumiu um pouco esse interesse. Mesmo assim fico feliz que não seja uma história motivada por fatores sobrenaturais. Parece que só tem isso agora :)

    http://sodqr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Gostaria de saber se o livro é em primeira pessoa (narrado por Allie)? E se tem bastante romance?

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por