[Resenha] Proposta Inconveniente, de Patricia Cabot

21 agosto 2014
Postado por Livy

Proposta Inconveniente
Patricia Cabot
ISBN: 9788501095015
Tradução: Eliane Fraga
Ano: 2014
Páginas: 350
Editora: Record
Pontuação: ♥ ♥ ♥   
Apaixonada pelo capitão Connor Drake, Payton sonha em ser capitã de seu próprio navio. Ela cresceu desejando essa profissão exclusivamente masculina, mas agora deve abdicar disso tudon para conseguir um bom marido. O problema é que Connor só percebe seus sentimentos por Payton na véspera de seu casamento com outra. Quando o barco dos noivos parte rumo às Bahamas, ele é atacado e resta a Payton se infiltrar num navio pirata para salvar a vida do seu amado. A coragem une os dois, e o resgate pode gerar mais frutos do que ela imaginou.
Proposta Inconveniente é um dos livros de romance de época escrito por Meg Cabot com seu pseudônimo Patricia Cabot. Eu devorei muitos livros da autora como Meg mas não havia lido nada como Patricia. Sempre namorei os livros, com estas capas lindas. Apesar de ter alguns dos títulos na estante, ainda não havia me animado a ler seus romances de época. Até que li a sinopse de Proposta Inconveniente com navios, piratas e uma jovem destemida e diferente. Eu simplesmente tinha que ler.

Acho que meu grande problema é: eu estava esperando mais do livro do que deveria. Realmente esperava, segundo promete a premissa, um livro cheio de aventura e muitas reviravoltas. Acontece que encontrei um livro de época erótico, com uma história mal desenvolvida e muita enrolação.

Payton é uma jovem que está prestes a completar 19 anos e viveu toda a sua vida rodeada por homens, sem qualquer influência feminina, já que sua mãe morreu quando era um bebê. Navegando junto aos seus irmãos que trabalham na empresa de navios do pai, ela sempre se vestiu com calças e camisas largas, justamente como um menino. Destemida, ela ama o mar, e sonha um dia ter seu próprio navio, o Constant. O problema é que sendo mulher, mesmo não sendo muito feminina, seus irmãos não acham certo que ela seja a capitã de seu próprio navio. Ross, o irmão mais velho e já casado, não vai ceder e não vai deixar que ela saia navegando por aí.

Acontece que ela não só tem este desejo, como também ama secretamente Connor Drake, seu amigo de longa data, e um dos capitães da empresa de seu pai. Ela o conhece muito bem e sempre navegaram juntos. O amor surgiu inevitavelmente. Mas ela nem poderia sonhar que em apenas uma noite ela poderia perder tudo o que mais ama: Drake vai se casar e também ganha o navio que ela tanta queria como presente de casamento. O quê!? Ela está soltando fogo pelas ventas! Mas claro, astuta como é ela logo percebe que por trás deste casamento há um grande interesse escuso da noiva, que parece não ser tão boazinha quanto todos pensam. Vai restar a Payton se aventurar para salvar o amor de sua vida.

Bom, o que posso dizer é que Patricia Cabot enrolou em mais de 70 páginas apenas com o dito casamento, e o restante do livro com a aventura de Pay no mar para salvar Drake. Não se engane procurando aventura no livro, pois é um dos pequenos detalhes que compõem a trama, é tem um papel bem secundário na história. A verdade é que Proposta Inconveniente é basicamente um livro erótico de época, então se você gosta do estilo, vá em frente pois vai amar. Eu estava esperando mais conteúdo e menos lenga lenga, então me decepcionei sim.

Além disso há coisas absurdas, cenas realmente impossíveis de se acreditar, que você só encontra em um livro mal escrito do gênero. Por exemplo, o cara tá lá preso, acorrentado; o navio está cheio de piratas terríveis; a mocinha está disfarçada e... ela ainda consegue dar uma escapulida e eles darem uns bons amassos e ainda fazerem sexo. OK,  dei muita risada, porque é tão clichê.

Não só isso, me irritei demais com como os personagens perdiam tempo analisando tudo. Remoendo e pensando em tudo, apesar da narrativa ser em terceira pessoa. Acho que, como disse antes, a autora perdeu tempo com muita enrolação e não desenvolveu bem a história. Não que eu não goste de um bom romance, pelo contrário, mas o problema é que a história acabou perdendo o seu sentido a partir do momento em que os personagens principais se entregam aos braços um do outro. A autora muda drasticamente o foco do livro para tórridas aventuras a dois (se é que me entendem).

Tirando este lado do livro, o que mais gostei foi da irreverencia da Payton. Ela é realmente hilária, tem um jeito único e independente. Ela sempre luta pelo que acha certo e segue seu coração. As melhores cenas do livro são por causa deste jeito diferente de ser dela. Claro, mesmo assim eu me irritei um pouquinho com algumas atitudes muito infantis dela, principalmente mais para o final do livro. Mas no geral é um ótima personagem. Drake também é um bom personagem para o tipo do livro, mas confesso que não consegui sentir muita empatia. Ele é bem intenso, mas faltou algo a mais para eu cair de amores por ele. Destaco os irmãos da Payton pois eles são muito hilários, tentando defender a irmã e ao mesmo tempo só atrapalhando. Agora, o vilão da história tem um papel muito importante na trama e durante todo o livro, mas o mesmo não me convenceu e muito menos me deu medo. Aliás, mostra em muitas vezes ser bem covarde, na verdade apenas um cara bem comum e ruim, nada mais.

Algo que me chamou a atenção e vale total destaque, é a capa lindíssima do livro. Que aliás, está muito mais bela do que a original. Um ótimo trabalho da editora. Queria eu ter mais livros de romance de época com capas tão primorosas e belas quanto esta em minha estante.

Em suma este livro é bem fácil de ler e, apesar da história mal desenvolvida, Patricia Cabot tem uma narrativa que é bem gostosa. Proposta Inconveniente não é um dos melhores livros que já li do gênero,  pois faltou profundidade, mas serve para distração. É gostosinho de ler se você não tiver nenhuma pretensão e amar livros de época com uma boa dose de erotismo. 

Comentários via Facebook

8 Comentários:

  1. Olá, Livy,

    Esse é o terceiro livro da Patrícia Cabot com essa mesma 'receitinha'. Menina com modos de meninos, vestindo calças e com desejos de realizar atividades voltadas para os homens da época.

    Pra mim já deu. Eu até estava empolgada pela capa maravilhosa, mas não quero mais do mesmo.

    Miriam
    www.livrosbobagenseguloseimas.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Livy eu sou ao contrário de vc nunca li nada da Meg mas estou louca pra ler algo dela como Patrícia, que pena que vc não gostou tanto é horrível quando criamos muitas expectativas com o livro e ele não funciona :(
    Essa capa é divina.

    http://www.paraisoempapel.com
    http://www.contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Já li um livro dela como Patrícia e achei isso também, meio bem clichê e com cenas de sexo para as leitoras mais afoitas kkkkkkkk Como achei essa capa belíssima achei que tinha que ler outro livro dela para tirar a prova. O meu já foi comprado e chega na semana que vem. Vamos ver se acho o mesmo que vc, estou começando a pensar que sim....
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Livy tudo bem? ainda não li nenhum livro da Meg deste gênero, mas pelo que ando lendo nas resenhas este me parece uma ótima oportunidade de começar e conhece-la melhor. Parabéns pela ótima resenha

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  5. Já ouvi falar muito da autora, mas nunca li nada dela. Uma pena que você não encontrou tudo o que esperava no livro e que achou a história mal desenvolvida. Adorei a resenha. Beijos!

    http://ymaia.blogspot.com.br/2014/08/sorteio-marcadores-de-paginas.html

    ResponderExcluir
  6. Oie Livy =)

    Estou com um livro da Patricia Cabot para ler, mas dos dois livros que já li dela eu não consegui me envolver realmente com a história. São livros bonitinhos, mas só isso ...

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  7. Aah, eu discordo plenamente. Adorei este livro. Ele é muito bom! Tanto quanto a capa que chama muito atenção. Leem !! Vale a pena! A historia é bem desevolvida sim. Isso depende de teu ponto de vista. Eu amei!!

    ResponderExcluir
  8. Aah, eu discordo plenamente. Adorei este livro. Ele é muito bom! Tanto quanto a capa que chama muito atenção. Leem !! Vale a pena! A historia é bem desevolvida sim. Isso depende de teu ponto de vista. Eu amei!!

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por