[Resenha] Filha da Ilusão, de Teri Brown

08 setembro 2014
Postado por Livy

Filha da Ilusão
Teri Brown
ISBN: 9788565859295
Série: Herdeiros da Magia
Tradução: Heloísa Leal
Ano: 2014
Páginas: 288
Editora: Valentina
Pontuação: ♥ ♥ ♥   
Ilusionista talentosa, Anna é assistente de sua mãe, a famosa médium Marguerite Van Housen, em seus shows e sessões espíritas, transitando livremente pelo mundo clandestino dos mágicos e mentalistas da Nova York dos anos 1920. Como filha ilegítima de Harry Houdini - ou pelo menos, é o que Marguerite alega - os passes de mágica não representam um grande desafio para a garota de 16 anos: o truqye mais difícil é esconder seus verdadeiros dons da mãe oportunista. Afinal, enquanto os poderes de Marguerite não passam de uma fraude, Anna consegue realmente se comunicar com os mortos, captar os sentimentos das pessoas e prever o futuro. Porém, à medida que os poderes de Anna vão se intensificando, ela começa a experimentar visões apavorantes que a levam a explorar as habilidades por tanto tempo escondidas. E, quando um jovem enigmático chamado Cole se muda para o apartamento do andar de baixo, apresentando Anna a uma sociedade secreta que estuda pessoas com dons semelhantes aos seus, ela começa a se perguntar se há coisas mais importantes na vida do que guardar segredos. Mas em quem ela pode, de fato, confiar? Teru Brown cria, neste fantástico romance histórico, um mundo onde pulsam a magia, a paixão e as tentações da Nova York de Era do Jazz - e as aventuras de uma jovem prestes a se tornar senhora do seu destino.

Ilusionismo ou Magia? Em Filha da Ilusão, primeiro volume da série Herdeiros da Magia, você vai se encontrar em um limiar entre o que é real e o que é sobrenatural. Um livro que me surpreendeu em muitos aspectos, e conseguiu me envolver com uma história simples mas deliciosa de ler.

1920, Nova Iorque. Anna Van Housen sempre viveu entre os segredos da ilusão e os mistérios da magia. Ela tem apenas 16 anos mas já viveu e aprendeu muita coisa. Mas, apesar de tantas dificuldades que ambas já enfrentaram, agora parece que as coisas começam a melhorar: elas têm um novo agente e um novo apartamento e estão ganhando mais dinheiro. Se apresentando com a mãe em algumas noites por semana, é nos shows que elas tiram o sustento para viver, além de encontros com clientes seletos em seu apartamento para a apresentação de "vidência" da mãe.

Entre idas e vindas, se mudando sempre por causa dos perigosos e proibidos números apresentados pela mãe em segredo, Anna vive e respira o ilusionismo. Ela dedica horas treinando, e ama o que faz. Seu talento é tão natural e tão maravilhoso que a mãe sente até mesmo um tanto de ciúme e tem medo que a filha ofusque seu brilho. Acontece que Anna tem um brilho natural difícil de apagar. Este amor pela arte da mágica é ainda maior por ser filha (ilegítima) do grande Harry Houdini, pelo menos é o que diz sua mãe.

E também há o jovem misterioso Cole que parece estar em todo lugar e guardar grandes segredos, sempre por perto, sempre atento a Anna. Agora que se mudou e que tem a chance de ter uma vida pelo menos ilusoriamente normal, seus dons parecem estar mais fortes e mais terríveis. Ela sempre foi atormentada por visões e por outros dons, mas nunca como agora. Visões terríveis de um futuro inevitável a atormentam, onde sua mãe e ela podem correr grande perigo. Em quem ela poderá confiar? Em que ela poderá acreditar?

Filha da Ilusão foi uma ótima surpresa para mim. Eu adoro livros que envolvem dons sobrenaturais, magia, ilusionismo e qualquer coisa relacionada a isso. E este livro tem todos os elementos que garantem uma ótima leitura. Personagens carismáticos e enigmáticos, segredos e mistérios, ilusionismo e um lado sobrenatural, um romance leve e aventura. E a narrativa de Terri Brown é muito gostosa, ela desenvolve muito bem sua trama e os personagens, além da ambientação primorosa e das descrições de vestimenta detalhadas e incríveis.

Um dos pontos que mais gostei na história, além do que citei acima, é a própria Anna. Apesar de muito jovem ela é uma personagem forte, determinada, madura. Ela não é mimizenta ou inconsequente. Foi justamente por ela se apresentar como uma personagem tão madura, que cuida da mãe mesmo com todos os problemas que ela têm, mesmo com suas diferenças, pois ela ama mesmo assim; que cuida das finanças; que é tão centrada; segura do que quer; que a história se tornou ainda mais apaixonante. É tão gostoso sentir empatia por um personagem, e é ainda mais gostoso quando ele te conquista com sua personalidade.

Outros personagens também merecem grande destaque. A mãe de Anna, Marguerite, tem muitos defeitos e muitas vezes é até difícil saber até que ponto ela ama a filha ou a si mesma acima de todas as coisas. Mas também é fácil gostar dela, mesmo que seja só um pouquinho, e mesmo que ela seja um pouco irritante, mas ela é mãe de Anna e apesar de tudo é a família que ela tem. Harry Houdini também aparece aqui e ali, e nos deixa ainda mais curiosos acerca de sua ligação com AnnaCole é um mistério e é um charme. Eu gostei do desenvolvimento dele e de todos os outros que não citarei aqui, mas que surpreendem com o tempo.

Também gostei da trama, que é muito bem desenvolvida. A história em si é simples e gira em torno dos dons de Anna, o ilusionismo e o mistério que envolve suas visões e seu futuro. Mas apesar de simples, me prendeu.

Filha da Ilusão é um livro apaixonante em seus pequenos detalhes, com uma história gostosa e um final que me deixou louca para ler a continuação, pois as aventuras de Anna estão apenas começando. Um livro que me encantou e me fez querer mais.


Comentários via Facebook

7 Comentários:

  1. Já tinha lido lido uma outra resenha desse livro e a sua opinião foi bem parecida. Se tem magia envolvida já me interessa. Mas esse livro ainda parece ser muito mais do que só magia. Já está na minha lista de desejos.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Acho essa capa tão fofa e ver resenha positiva aumenta a vontade de ler RSR
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Gostei da resenha Livy. Não conhecia o livro e achei a premissa bem interessante, principalmente por envolver magia. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  4. Olá =).
    Eu amo esse livro desde que vi a capa e me apaixonei, aí fui ler a sinopse e fiquei mega curiosa pela história. Acabei de ler sua resenha e fiquei com mais vontade de conhecer o livro ainda, estou aqui me roendo para comprar logo!
    Beijos.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. parece ser legal!
    gente, vistem meu blog: theendbooks.blogspot.com!

    ResponderExcluir
  6. Olááá!
    o livro parece ser beeem bacana!
    e a capa é uma gracinha!
    sua resenha me deixou animada, afinal magia, aventuras e tudo mais... anima a qualquer um não é mesmo?! :)
    pena que é uma série!
    AAAAAAHH porque tudo tem que ser série utimamente?! ahaha to com preguiça de começar mais uma! hahah

    Um beeijo Lara.
    Blog Meus Mundos no Mundo | | Página Coração Furta-Cor

    ResponderExcluir
  7. A capa desse livro é bem instigante, e pela sua resenha dele parece que a história tbem... Infelizmente eu estou correndo de séries no momento pq ainda tenho algumas para finalizar.. mas quem sabe futuramente não é?!?!?
    Bjuss

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por