[Resenha] O Mar Infinito, de Rick Yancey

12 maio 2015
Postado por Livy

Livro cedido pela editora para resenha
ISBN: 9788539509379
Série: A 5ª Onda
Ano: 2015
Páginas: 248
Editora: Fundamento
Classificação: ♥♥♥ 
Como livrar a Terra de 7 bilhões de humanos? Tire a humanidade deles. Cassie Sullivan e seus amigos sobreviveram às quatro ondas de destruição provocadas pelos Outros. Agora, com a raça humana quase exterminada e a 5ª Onda encobrindo a Terra, os sobreviventes devem escolher: encarar o inverno e esperar o retorno de Evan Walker ou partir à procura de abrigo antes que o inimigo os alcance. Porque o próximo ataque é mais do que possível – ele é inevitável. Os homens ainda não viram as profundezas até onde os Outros podem descer nem os Outros viram a que alturas a humanidade pode se erguer. Esta é a derradeira batalha entre vida e morte, esperança e desespero, amor e ódio.

Desde que li A 5ª Onda em 2013, eu o elegi como o melhor livro do gênero que já li. Minha empolgação foi tamanha que não conseguia a conter. Os dois anos de espera pela continuação quase me desesperaram. Esta é simplesmente uma série fantástica, uma distopia sensacional que mistura o melhor do gênero com ficção científica em um mundo pós-apocalíptico dominado por alienígenas. Mas não pense que porque o livro traz alienígenas que a história é clichê ou chata, ou até mesmo estranha. Nunca vi uma história tão empolgante como esta, e os alienígenas na história são apresentados de uma forma bem original e muito diferente dos cabeçudos de pele verde e olhos grandes que você pode estar imaginando. Esqueça isso!

O Mar Infinito estava sendo muito aguardado por mim, que, enlouquecida, o devorei em apenas um dia. E o que posso dizer? Sempre tenho aquele receio com continuações, sempre começo a ler com um pé atrás. Sabe aquela maldição do segundo livro, quando você amou o primeiro volume de uma série e quando vai ler o segundo cai para trás com o estrago que o autor fez? Não há com o que se preocupar, então, pois Rick Yancey mantém em O Mar Infinito todo o ritmo que o primeiro volume traz. Muita ação, tensão, cenas de tirar o fôlego e reviravoltas incríveis.

Não estou aqui para falar da história para vocês. Creio que, de tão empolgada que estou, é bem capaz que solte milhares de spoilers e estrague todas as surpresas que o segundo livro traz. E olha, tem muita coisa boa neste livro. Então, ao invés de dar aquela pincelada nos acontecimentos, vou ressaltar os pontos que me fizeram me apaixonar ainda mais pela história criada por Rick Yancey.

O mundo é um relógio prestes a parar.

Os personagens são fantásticos! Rick Yancey criou personagens fortes, determinados, persistentes, lutadores, guerreiros - mesmo que tenham dezenas de defeitos. Primeiro, o que achei bem legal é que o autor introduziu mais pontos de visão na narrativa. No primeiro livro conhecemos a história sob o ponto de vista de Cassie, Ben e Evan, mas aqui estes pontos narrativos se ampliam e acabamos conhecendo mais a fundo outros personagens, que ganham grande destaque neste livro. Uma destas personagens é a Especialista, que tem grande importância no desenvolvimento da história. E, com toda sinceridade, apesar de não ser uma das minhas personagens preferidas, acabou virando o jogo e mostrando a que veio. Fiquei de queixo caído com o desenvolvimento da personagem e por tudo o que ela passa e causa. Além de ser responsável por sequencias incríveis de ação e descobertas.

Sou maior do que a soma do meu medo.

Aliás, ação é o que não falta nesta sequencia. Teve cenas em que simplesmente prendi a respiração. Yancey conseguiu dosar sua história tão bem que tudo está na medida certa: a aventura, as reflexões e as crises existenciais, as lutas e as perdas, as descobertas e as dúvidas infinitas. A sensação de abandono e a esperança. A última esperança da humanidade. A luta pela humanidade, e qual é seu destino. O que restou? Qual o propósito disso tudo? Por que eles estão aqui? Por que não acabam com tudo de uma vez? Muitos questionamentos vêm à tona e muitas respostas nos são dadas.

O livro não poderia ter título melhor, pois muitas vezes, durante toda a narrativa, o mar infinito é citado. Não é um lugar, não é uma pessoa... é uma sensação, uma impressão, um sentimento. É a dor da perda de milhares de seres humanos, a dor da derrota, a sensação de estar se afogando sem conseguir chegar à superfície, é a angustia do amanhã, a sensação de se estar só em um vasto e infinito mar, de se estar nadando contra a corrente. É a própria Terra. O Mar Infinito, sobre tudo, traz muitos sentimentos e me envolveu muito! Além do ritmo maravilhoso, um dos pontos fortes do livro é as emoções que envolvem os personagens e suas angústias e lutas. O livro é bem "sentimental", por assim dizer, mas não de uma forma melosa, não! Isto se deve ao fato de o autor ter dado mais atenção e maior destaque para os sentimentos dos personagens, e alguns pensamentos e fatos de cada um nos são apresentados de forma mais clara. Um complemento perfeito ao primeiro livro.

Outro grande ponto positivo do livro é a história em si. Eu cheguei a imaginar que o autor não teria como se superar ou como manter sua ideia inicial e ainda conseguir me surpreender, mas estava redondamente enganada! Além de conseguir desenvolver sua ideia e história de forma magnífica, de conduzir a trama para níveis altíssimos de adrenalina e tensão, conseguiu me surpreender muito! A trama segue num crescendo, atingindo limites, esticando mais e mais a corda, até um ponto em que me deixou - mais uma vez - de cabelos em pé. Há muitas reviravoltas e revelações surpreendentes, e a história só ganhou mais força e consistência, uma ponte bem construída e muito bem elaborada para uma sequência que tem tudo para ser o melhor livro da série.

Rick Yancey é o cara! Com sua narrativa deliciosamente empolgante e envolvente, ele deu sequencia à sua história com maestria, reafirmando o quando é ótima! O modo como ele brinca com as palavras, com os sentimentos, com as sensações. Um mesmo pensamento ganha contextos totalmente diferentes dependendo do foco e do momento em que é abordado. Em muitos momentos eu fiquei de queixo caído, e ao chegar ao final do livro não sei como poderei lidar com mais meses e meses de espera pela continuação. Sério, eu nem sei como dizer o quanto gostei do livro e o quanto estou satisfeita com a sequencia da história, então vou fazer do jeito mais simples: virei fã, vicei, amei e recomendo! 

Veja também:

A 5ª Onda

Comentários via Facebook

11 Comentários:

  1. Olá, Livy.
    Eu gosto bastante de ficção científica e também adoro uma distopia, então esse livro parece ser perfeito para mim.
    Na verdade, eu já conhecia A 5ª Onda. Só não tinha lido ainda porque sabia que haveria uma sequência e queria ler de uma vez.
    Agora, sabendo que a sequência saiu e que é excelente, com certeza vou mergulhar na série.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de maio. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Livy!
    Retribuindo a visita de semanas atrás. Desculpa a demora, estava viajando e não podia responder comentários.
    :)

    Confesso que li a resenha só por cima porque não li o primeiro ainda, mas vontade não falta.
    Todo mundo fala tããããão bem e o mesmo que você, que o autor é o cara.
    Amo distopia!
    Sinto que também viciarei.
    :D

    Seguindo o blog.


    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  3. Oie! Adorei sua resenha! Eu gosto bastante do gênero abordado na obra, mas esse livro em si não me atrai. A sinopse é legal e a capa atrativa, mas o enredo não me motiva :/

    Bjs!

    Leitura Silenciosa | Blog | FanPage

    ResponderExcluir
  4. Ok, mais uma pessoa conspirando pra eu comprar esse livro logo e eu não posso. Ai vai ser uma trilogia? Esse livro é tão fininho.

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oie, Livy!!
    Eu estou louca para ler o primeiro, mas, menina, que bom que lançaram já o segundo e espero que o próximo não demore (há um próximo??). Porque esperar dois anos é difícil!!!
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  6. Oii Livy!
    Apesar de não ser fã de distopias esse livro me interessou pelo toque original que muitas pessoas já disseram ter. Adorei sua resenha! Espero poder ler em breve e parar de respirar nas páginas de ação como você, amo livros que me prendem a atenção!
    Beijinhos

    Paixão de Leitora

    ResponderExcluir
  7. Reviravolta é pouco. A Esp é maravilhosa. Oq foi aquele final dela mds? Espero mto mto mesmo que o autor tenha piedade de mim e tenha acontecido alguma coisa que não tenha matado o Navalha. Aquela cena da Esp e do Navalha no final? Oq foi aquilo. Mds. Amei o livro

    ResponderExcluir
  8. Reviravolta é pouco. A Esp é maravilhosa. Oq foi aquele final dela mds? Espero mto mto mesmo que o autor tenha piedade de mim e tenha acontecido alguma coisa que não tenha matado o Navalha. Aquela cena da Esp e do Navalha no final? Oq foi aquilo. Mds. Amei o livro

    ResponderExcluir
  9. Apaixonado por esse livro. Sua resenha ficou ótima

    ResponderExcluir
  10. Gostei muito do primeiro livro a 5ª onda, o segundo também é bom e nos prende com suas reviravoltas mais senti falta da Cassie com o Evan, gosto muito dos dois. O segundo livro introduz outras histórias e dá grande destaque a especialista que se mostra uma das grandes promessas para o próximo livro que com certeza será demais.

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por