[Resenha] A Evolução de Calpúrnia Tate, de Jacqueline Kelly

28 abril 2015
Postado por Livy

Livro cedido pela editora para resenha

ISBN: 9788567028415
Tradução: Elisa Nazarian
Ano: 2014
Páginas: 384
Editora: Única
Classificação: ♥♥♥ 
Calpúrnia Tate tem 11 anos em 1899, quando pergunta o porquê de os gafanhotos amarelos em seu quintal serem tão maiores do que os verdes... Com uma pequena ajuda de seu notoriamente mal-humorado avô, um ávido naturalista, ela descobre que os gafanhotos verdes são mais fáceis de ser vistos contra a grama amarela e, por isso, são mortos antes que possam ficar maiores. Por gostar de explorar a natureza ao seu redor, Callie acaba criando um relacionamento próximo com seu avô enquanto enfrenta os desafios de viver com seis irmãos e se depara com as dificuldades de ser uma garota na virada do século. Em seu livro de estreia, Jacqueline Kelly habilmente traz Callie e sua família para a vida, capturando o crescimento de uma jovem com sensibilidade e humor.

A Evolução de Calpúrnia Tate é um livro que me surpreendeu e me envolveu de diversas formas. Sua história, enganadoramente singela, traz tanta riqueza consigo que é impossível não se maravilhar com a trajetória de Calpúrnia.

Calpúrnia Virgínia Tate, mais conhecida como Callie Vee, é uma garota de 11 anos, vivendo o ano de 1899. Única menina dentre sete filhos, tem seis irmãos, três mais novos - Travis, Sul Ross e o bebê Jim Browie -, e três irmãos mais velhos - Harry, Sam Houston e Lamar. Naquele ano, Callie e sua família tinham que suportar o denso calor do Texas. Imagine que situação difícil para ela? Dia após dia segue de forma maçante, com um mormaço sufocante, e dias sem fim.

Comentários via Facebook

[Resenha] Benefício na Morte, de Robin Cook

27 abril 2015
Postado por Livy

Livro cedido pela editora para resenha
ISBN: 978-85-01403-63-6
Tradução: Alice Xavier
Ano: 2015
Páginas: 448
Editora: Editora Record
Classificação: ♥♥♥ 
Pia Grazdani é uma estudante de medicina de inteligência excepcional. Em estreita colaboração com o geneticista molecular Dr. Tobias Rothman, da Universidade Columbia, ela trabalha na pesquisa que tenta criar órgãos de reposição para pacientes crônicos, o que poderia revolucionar a saúde pública. Através desse estudo, Pia espera ajudar milhões de pessoas. Porém, quando o laboratório vira palco de uma tragédia, Pia se vê obrigada a interromper suas pesquisas e começa a investigar, com a ajuda de um colega de turma, o que teria causado o desastre no laboratório de biossegurança. Quando Pia e George investigam mais a fundo, uma pergunta começa a rondá-los: será que alguém estaria usando informações de seguros de vida particulares para permitir que investidores se beneficiem da morte de terceiros?

Robin Cook é um escritor estadunidense (Nova York, 1940) graduado em medicina que se notabilizou-se no mundo todo por seus livros de thrillers médicos. Pode-se dizer que ele levou para a ficção os termos médicos, criando thrillers de sucesso, como: Coma, Cérebro, Corpo Estranho, Crise, Cura, Cura Fatal, Degeneração, Erro Médico, Estado Crítico, Intervenção, Marcador, Mutação, Terminal, Toxina, Vírus – todos esses já editados pela Editora Record -, entre outros.

Aos 74 anos, há quase 40 anos dominando esse gênero literário, Robin Cook é considerado um escritor de sucesso cultuado em todo o mundo. Seus últimos trabalhos, após Benefício na Morte (2011), ainda inéditos por aqui, são: Nano (2013), Cell (2014) e Host (2015). Algumas de suas obras já viraram filme: Coma (1978 e 2012 - remake), Esfinge (1981), Medo Mortal (1994), Vírus (1995), Terminal (1996), Invasão (1997), Risco Aceitável (2001) e Corpo Estranho (2008). Coma, publicado em 1977, bem como o filme homônimo de 1978, fizeram de Robin Cook o que ele é hoje: um dos escritores de thriller médico mais lido e respeitado em todo o mundo.

Em Benefício na Morte ele repete, uma vez mais, a fórmula que o consagrou por quatro décadas: um médico que se tornou escritor, que consegue passar através de suas histórias o conhecimento médico em linguagem fácil e tangível para todos. No seu dizer, ele é um médico que escreve, e não um escritor que passou a ser médico. Desta forma, Cook consegue nos trazer temas sempre atuais em seus livros, com tecnologia de ponta e estudos científicos que estão em debate nos círculos médicos do momento.

Comentários via Facebook

Wishlist de Lançamentos de Abril

25 abril 2015
Postado por Livy


Se tem uma coisa que nunca terá fim nesta vida é minha lista de livros desejados. Nem preciso dizer que a cada mês ela só aumenta, não é mesmo? Abril está sendo um dos meses mais recheados de ótimos lançamentos literários e me deixou doidinha! E hoje vim compartilhar com vocês os livros que entraram para minha Wishlist Literária que já está infinita. Confira comigo os lançamentos de Abril que mais quero ler:

Comentários via Facebook

A belíssima graphic novel Entrevista com o Vampiro - A História de Cláudia

22 abril 2015
Postado por Livy


Se tem algo que dá muito gosto é pegar uma bela graphic novel nas mãos e saber que está segurando uma obra de arte! Foi o que senti ao ler Entrevista com o Vampiro - A História de Cláudia. A leitura foi um deleite! Durante toda a leitura me peguei admirando toda a qualidade da arte e do desenvolvimento da história. Foi uma experiência incrível ver um clássico ser adaptado, de forma totalmente nova, tão perfeitamente para os quadrinhos. 

Comentários via Facebook

Agir Now, novo selo do grupo Ediouro!

21 abril 2015
Postado por Livy


Dia 13 de Abril foi inaugurado o novo selo do Grupo Ediouro, voltado para o público YA (Young Adult). Fui convidada para participar de um evento que rolou em São Paulo para os parceiros da editora, mas, infelizmente, não pude comparecer. Sim, você ouviu bem! O No Mundo dos Livros é um dos parceiros da Agir Now, e em breve vocês vão poder conferir muitas novidades e resenhas do selo por aqui. Estou bem feliz em poder fazer parte deste recomeço da Agir, e conferir de pertinho todas as novidades que a editora está planejando.

Comentários via Facebook

[Resenha] Kenobi, de John Miller

19 abril 2015
Postado por Livy

Livro cedido pela editora para resenha
ISBN: 978-85-76571-99-5
Série: Star Wars Legends
Tradução: Fabio Fernandes
Ano: 2015
Páginas: 528
Editora: Aleph
Classificação: ♥♥♥ 
() Favoritado!
A República foi destruída, e agora a galáxia é governada pelos terríveis Sith. Obi-Wan Kenobi, o grande cavaleiro Jedi, perdeu tudo... menos a esperança. Após os terríveis acontecimentos que deram fim à República, coube ao grande mestre Jedi Obi-Wan Kenobi a missão de proteger aquele que pode ser a última esperança da resistência ao Império. Vivendo entre fazendeiros no remoto e desértico planeta Tatooine, nos confins da galáxia, o que Obi-Wan mais deseja é manter-se no completo anonimato e, para isso, evita o contato com os moradores do local. No entanto, todos esses esforços podem ser em vão quando o “Ben Maluco”, como o cavaleiro passa a ser conhecido, se vê envolvido na luta pela sobrevivência dos habitantes de um oásis esquecido no meio do deserto e em seu conflito contra o perigoso Povo da Areia.

John Miller nasceu em 1968 nos Estados Unidos. Jornalista e historiador, escreveu diversos roteiros para histórias em quadrinhos das séries da Marvel Comics e Dark Horse Comics, e, também, para o universo expandido de Star Wars, inclusive as séries de sucesso Cavaleiro Errante e Cavaleiros da Velha República. Kenobi, da série Star Wars Legends, é seu primeiro livro dentro do universo expandido. Inicialmente, em 2006, a ideia surgiu como um roteiro para uma série de HQ's para a Dark Horses, a qual deveria ser uma espécie de western de Star Wars que se passaria em Tatooine. No entanto, John Miller percebeu que suas anotações renderiam um romance completo, e engavetou o projeto. Só em 2012 é que os seus rascunhos ganharam forma de romance, elevando John Miller a um novo patamar de feitos dentro do universo de Star Wars. Kenobi já lhe rendeu quatro estrelas em todas as revistas online especializadas.

A Editora Aleph, como sempre, caprichou nessa edição brasileira de Star Wars Legends – Kenobi. É, sem dúvida alguma, uma edição feita para fãs de Star Wars. Desde a capa, o layout caprichado, a diagramação das páginas e o cuidado editorial, Kenobi é um livro imperdível e obrigatório aos apaixonados por essa maravilhosa saga que, dentro do universo expandido, conta com centenas de livros, HQ's, videogames e animações em todo o mundo. Eu amei essa edição e, como todo bom fã, aguardo ansiosamente pelas outras publicações de Star Wars.

Comentários via Facebook

A talentosa Lindsey Stirling!

17 abril 2015
Postado por Livy

Foto Divulgação
Há algum tempinho eu não falava sobre música aqui, mais precisamente desde Dez/14. Mas, como adoro compartilhar coisas boas com vocês, pelo menos uma vez por mês vou tentar trazer algumas matérias legais sobre cantores/compositores que eu gosto e que me inspiram.

E para voltar com a coluna Músicas que Inspiram, vim falar de uma violinista da qual sou fã e que admiro muito! Lindsey Starling é maravilhosamente talentosa, e eu passo horas ouvindo seus covers e composições sem me cansar. Ela esteve no Brasil esta semana! SIM! E como amo o trabalho dela, resolvi compartilhar com vocês! Aliás, umas ótima dica para quem ama ler ouvindo uma boa música!

Sinto tantas emoções a ouvindo que chego a extremos em minutos: choro, sorrio, tenho vontade de sair dançando e fechar os olhos e deixar a música me levar para um lugar mágico. É incrível e me toca muito! O modo como ela exterioriza a música é contagiante e me emociona. Então, vem conferir mais sobre a Lindsey comigo:

Comentários via Facebook

O Ratinho do Violão, um livro infantil com uma bela mensagem

16 abril 2015
Postado por Livy

ISBN 9788581301907 | Ano 2015 |  32 Páginas | Editora Geração Editorial | Selo Geraçãozinha |
Ilustrações por Thais Linhares | História por Marta Reis
Classificação: ♥♥♥ 

Se tem algo que eu adorava quando pequena era os livros cheios de ilustrações e rimas que lia, que traziam belas mensagens. Nossa, e há quanto tempo não lia um livro destes? Sabe, mesmo não sendo mais criança *cof cof* ainda adoro livros infanto-juvenis - dependendo da história -, principalmente os ilustrados. Livros infantis ilustrados, então, são puro amor e fofura. 

Como sei que muitos dos leitores do blog são pais e mães, professores/as e jovens, resolvi falar do livro O Ratinho do Violão, que remete à tudo o que há de melhor em um livro infantil e é uma ótima dica para a criançada ler e tirar a tão famosa moral da história. Então fiquem ligados para incentivar seus filhos, seus alunos, e colegas a começar ler com um livro muito fofo e bonito.

Comentários via Facebook

O Estranho Mundo de Jack em Mangá

14 abril 2015
Postado por Livy


Sabe aquele filme que marcou sua infância e traz consigo muita nostalgia e amor? Um dos filmes que mais me marcou foi O Estranho Mundo de Jack, que me enche de nostalgia só de lembrar. Eu lembro quando colocava o filme para assistir, deitava no chão com um travesseiro, de noite, e ficava encantada com o mundo que se desenrolava na minha frente. Cantava junto as músicas e todas as vezes em que assistia torcia por Jack e Sally como se fosse a primeira vez.

Há alguns anos não assisto ao filme, mas sempre estará no meu coração. Sempre adorei este filme e sempre admirei o trabalho de Tim Burton. Então, para minha surpresa vejo que a bela e estranha história de Jack virou mangá e estava ali disponível em uma banca de jornal! Eu nem pensei duas vezes e adquiri meu exemplar. Li a este clássico em quadrinhos - em uma bela edição publicada pela Editora Abril, com adaptação feita por Jun Asuka para mangá -, com uma pontinha de saudades. E hoje, vim compartilhar o que achei da edição e da história "recontada". Confira:

Comentários via Facebook

[Resenha] As Pedras Élficas de Shannara, de Terry Brooks

12 abril 2015
Postado por Livy

Livro cedido pela editora para resenha
ISBN: 978-85-67296-20-3
Série: Trilogia Shannara, vol. 2
Tradução: Ana Cristina Rodrigues
Ano: 2014
Páginas: 512
Editora: Saída de Emergência
Classificação: ♥♥♥ 
() Favoritado!
Um mal antigo ameaça os elfos: a árvore Ellcrys, criada por magia élfica perdida há milênios, está morrendo, colocando em risco o feitiço que mantém os demônios afastados do mundo. Jogar a sua semente no misterioso Fogossangue é a única forma de trazer a árvore de volta à vida e afastar os demônios. Amberle, uma jovem elfa, assume essa difícil missão. O caminho, no entanto, é perigoso, e ela vai precisar de um protetor. Wil Ohmsford, herdeiro da magia élfica de Shannara, é o escolhido para acompanhá-la. Mas o temível Ceifador já conseguiu se libertar, junto com dois aliados. Será que Wil conseguirá controlar a magia das misteriosas Pedras Élficas de Shannara para salvar as Quatro Terras? 

Se você ainda não leu A Espada de Shannara, o primeiro livro da trilogia, então faça-o, pois essa é uma das melhores séries de fantasia já escrita nos últimos 40 anos. Terry Brooks é um autor americano de fantasia que escreve principalmente fantasias épicas. Ele também adaptou dois filmes para livros, entre um deles A Ameaça Fantasma, primeiro episódio da saga Guerra nas Estrelas, de George Lucas. Vinte e dois de seus livros já estiveram na lista de bestsellers do The New York Times. Atualmente, já foram impressos mais de 21 milhões de cópias de sua obra total. Ele é um dos escritores mais vendidos no gênero fantasia, desde a década de 1970. Muitos escritores atuais do gênero aventura épica e fantasia se inspiraram nas obras de Terry Brooks. Os fãs de fantasia podem se rejubilar, pois terão a oportunidade de ter em mãos um dos melhores trabalhos do autor. 

Comentários via Facebook

A inspiradora arte de Kristina Webb

10 abril 2015
Postado por Livy


Quem me conhece sabe que amo arte. Aliás, sabe que também desenho. Como apaixonada por arte, adoro ver toda manifestação e expressão de criatividade e sentimentos, e adoro descobrir novos talentos. Uma das coisas que mais gosto de fazer no Instagram, além de seguir e acompanhar igs literários, é descobrir e acompanhar talentosos fotógrafos e ilustradores.

Dentre estas descobertas da vida, conheci o trabalho maravilhoso da talentosíssima e inspiradora neozelandesa Kristina Webb, uma ilustradora que possui traços e talento únicos! A jovem de 18 anos já tem milhões de seguidores e admiradores pelo mundo, e me incluo entre eles. Ela diz que desde pequena adorava arte e quando conseguiu segurar um lápis na mão já começou a expressar seus sentimentos no papel. 

Acompanho o trabalho dela há um bom tempo, e como não poderia deixar de ser, vim compartilhar com vocês este talento lindo! Um dos diferenciais da arte de Kristina, é o modo como ela brinca com as cores, a criatividade, retratando desde pessoas comuns até celebridades, desenhos famosos e seres de fantasia. Não só isso, seus trabalhos são inspiradores e muitos trazem belas mensagens de crítica social ou de superação. Seus trabalhos são cheios de cores, brilho e vida. Também adoro os trabalhos em que ela mistura fotos com sua arte. Essa menina é incrível ♥ 

Comentários via Facebook

[Resenha] Uma Canção Para Jack, de Celia Bryce

09 abril 2015
Postado por Livy

Livro cedido pela editora para resenha
ISBN: 9788576837183
Tradução: Lavínea Fávero
Ano: 2014
Páginas: 206
Editora: Vergara & Riba
Classificação: ♥♥♥ 
Uma Canção Para Jack narra a relação entre Megan e Jack, dois adolescentes que se conhecem no hospital onde estão fazendo um tratamento contra o câncer. Megan não consegue compreender, a princípio, que está doente. Nem mesmo sente assim, pelo menos antes do início da quimioterapia. Ela é uma menina de 13 anos que foi recentemente diagnosticado com câncer. Na ala infantil, Megan fica furiosa com todas as crianças gritando, as decorações coloridas e os blocos de construção que a cercam. É durante o seu primeiro dia lá, que Megan conhece Jackson Dawes, um garoto que encara a vida com bom humor. Jack entra na vida de Megan e os dois criam um vínculo que ajuda a menina a ver a sua vida a partir de uma nova perspectiva. Nessa zona nebulosa entre amigos, começa a surgir algo mais. 

Uma Canção Para Jack foi um livro que me trouxe muitas surpresas. Quando falamos de livros que tratam de doença - principalmente sobre o câncer - e sobre amizade sempre lembramos de outros livros que nos marcaram e que abordaram o tema. Mas acredito que fazer comparações não é o correto. Afinal, cada livro traz uma mensagem e uma abordagem diferente, mesmo que o tema seja o mesmo. Este livro da Celia Bryce é um bom exemplo disso. 

Aqui temos dois jovens com câncer, dois jovens que lutam contra uma doença debilitante. Mas o modo como a autora abordou o assunto foi diferente do drama escruciante, abordando a amizade e amor entre estes dois jovens. Não só isso, ela mostra como o tratamento pode ser penoso e difícil, e como é complicado enfrentar algo assim sendo tão jovem. Mas principalmente fala sobre o amor e superação, mesmo diante da dor. Sobre os laços que unem uma família e amigos, sobre as dores da perda e a esperança da renovação e da perseverança. É um livro com uma mensagem bonita, mesmo que tenha um toque triste.

Comentários via Facebook

Primeiras impressões da série iZombie

07 abril 2015
Postado por Livy


Zumbis nunca saem da moda, e com o sucesso de The Walking Dead, mais séries e filmes com o tema foram e estão sendo produzidos. Para mim nunca fica repetitivo ou chato, pois adoro o tema, mas novas alternativas para o público em geral têm que vir à tona. Há pouco tempo comentei aqui no blog sobre a nova série da The CW, iZombie, que estreou agora em março no canal americano. Como sou muito curiosa, e sou chegada em histórias que tenham zumbis, conferi os dois primeiros episódios e vim compartilhar minhas primeiras impressões da série. Confira:

Comentários via Facebook

[Resenha] Caixa de Pássaros, de Josh Malerman

05 abril 2015
Postado por Livy

Livro cedido pela editora para resenha
ISBN: 9788580576528
Tradução: Carolina Selvatici
Ano: 2015
Páginas: 272
Editora: Intrínseca
Classificação: ♥♥♥
() Favoritado!
Romance de estreia de Josh Malerman, Caixa de pássaros é um thriller psicológico tenso e aterrorizante, que explora a essência do medo. Uma história que vai deixar o leitor completamente sem fôlego mesmo depois de terminar de ler. Basta uma olhadela para desencadear um impulso violento e incontrolável que acabará em suicídio. Ninguém é imune e ninguém sabe o que provoca essa reação nas pessoas. Quatro anos depois de tudo ter começado, restaram poucos sobreviventes, incluindo Malorie e seus dois filhos pequenos. Morando numa casa abandonada próxima ao rio, ela sonha há tempos em fugir para um local onde sua família possa ficar em segurança. Mas a jornada que têm pela frente será assustadora: 32 quilômetros rio abaixo em um barco a remo, vendados, contando apenas com a inteligência de Malorie e os ouvidos treinados das crianças. Uma decisão errada e eles morrem. E ainda há alguma coisa os seguindo. Será que é um homem, um animal ou uma criatura desconhecida?


Não abra os olhos.

Caixa de Pássaros é o romance de estreia de Josh Malerman, cantor e compositor da banda de rock High Strung. Li muitas críticas sobre este livro, muitas positivas, outras nem tanto. Mas se tem algo que me chamou a atenção para este livro é sua premissa. Minhas expectativas sobre ele estavam bem altas, e ao ler o livro fui surpreendida com algo diferente do que esperava. Tudo o que imaginei ou concebi antes de começar a leitura foram por terra, e me vi diante de algo que não imaginava. E, antes de prosseguir com a resenha lhe faço a seguinte pergunta: "O que lhe dá medo?". Com certeza você pode me responder uma infinidade de coisas: tem medo de barata, de cobra, de dormir no escuro, de monstros, etc. Mas e se o seu medo, se o que lhe tira o sono, se o que você mais teme não pudesse ser visto? E se o que você mais teme não tivesse uma forma, um rosto, um cheiro? E se o que você mais teme fosse algo desconhecido?

"- Seja o que for - continua Tom -, nossas mentes não conseguem entender. Pelo que parece, as criaturas são como o infinito. Algo complexo demais para nossa cabeça. Sabe?"

Comentários via Facebook

[Resenha] Lobo Mau, de Nele Neuhaus

02 abril 2015
Postado por Livy

Livro cedido pela editora para resenha
ISBN: 978-85-94850-86-6
Série: Bodenstein & Kirchhoff 
Tradução: Karina Jannini
Ano: 2015
Páginas: 496
Editora: Jangada 
Classificação: ♥♥♥
Uma adolescente é encontrada morta no rio Meno, nos arredores de Frankfurt. Sua identidade é um mistério. Aparentemente, ela é a terceira vítima de uma festinha regada a álcool que terminou tragicamente, mas a polícia descobre que a água nos pulmões da garota não é do rio, e que seu cadáver mutilado está ali há dias. Pia Kirchhoff e Oliver von Bodenstein, os detetives do best-seller Branca de Neve Tem que Morrer, agora trabalham para descobrir quem aprisionou, estuprou e brutalizou a jovem. Enquanto isso, mais crimes acontecem: a apresentadora de um programa de TV sensacionalista é espancada, estuprada e trancada no porta-malas de seu próprio carro e uma psiquiatra sofre uma morte terrível. A ligação entre os crimes é uma rede de violência e corrupção que atinge a elite da sociedade e o próprio departamento de Pia. Mas talvez seja tarde demais para ela e Oliver descobrirem quem é o lobo mau. 

Se você ainda não conhece essa maravilhosa autora de thrillers de suspense, Nele Nehaus, ainda há tempo. A Editora Jangada editou recentemente os livros Branca de Neve Tem Que Morrer e Lobo Mau. E ambos são altamente recomendados, pois Nele Neuhaus se tornou um fenômeno mundial com a série policial interpretada pela dupla de investigadores Oliver von Bodestein e Pia Kirchhoff. Em 2005, Nele lançou o seu primeiro romance de forma independente, o qual se tornou um sucesso imediato. Além de suas novelas policiais, ela também se dedicou a escrever livros juvenis. A série policial com a dupla Bodestein e Kirchhoff está sendo filmada. Todos os livros de Nele Neuhaus estão com pontuações de quatro estrelas na Amazom.com e Goodreads.com. Dá para ter uma ideia o quanto os livros são bons?

Lobo Mau é o sexto livro da série Bodestein & Kirchhoff, e o segundo lançado no Brasil pela Editora Jangada. Os livros anteriores, com tradução livre do alemão, em ordem decrescente, são: Quem Semeia o Vento (Wer Wind sät); Branca de Neve Tem Que Morrer (Schneewittchen muss sterben); Feridas Profundas (Tiefe Wunde); Amigos Assassinos (Mordsfreund); Uma Mulher Impopular (Eine unbeliebte Frau). O sétimo livro da série, já publicado em 2014 lá fora, chama-se: Os Vivos e os Mortos (Die Lebenden und die Toten).

Comentários via Facebook

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por