[Resenha] O Mapa de Vidro, de S. E. Grove

12 janeiro 2016
Postado por Livy

Livro cedido pela editora para resenha
ISBN: 9788576863540
Tradução: Paulo Ferro Junior
Ano de Lançamento: 2015
Número de Páginas: 398
Editora: Verus
Classificação: ♥♥♥ 
Sinopse: Boston, 1891. Sophia Tims vem de uma família de grandes cartógrafos. Desde a Grande Ruptura em 1779, quando todos os continentes foram lançados a uma era diferente – da pré-história a um futuro distante – esses exploradores viajam e mapeiam o que é conhecido como Novo Mundo. Há oito anos, desde que seus pais não retornaram de uma missão urgente, ela vive com seu tio Shadrack, o melhor cartógrafo em Boston. A vida com seu brilhante, adorado e distraído tio, ensinou Sophia a cuidar de si mesma. Quando Shadrack é sequestrado por pessoas que estão atrás de um poderoso artefato, ela é a única que pode salvá-lo. Ao lado de Theo, um refugiado do oeste, ela embarca em uma aventura por cidades secretas e mares desconhecidos baseando-se apenas nos mapas deixados por seu tio e sua intuição. O que Sophia e Theo não sabem é que suas próprias vidas estão em perigo quando se descobrem segredos há muito enterrados.

O Mapa de Vidro é o primeiro livro da série Mapmakers, de S. E. Grove. O segundo livro da série, The Globe Specific, já foi lançado, e ainda é inédito no Brasil. O livro editado pela Verus Editora está muito bonito, a começar pela capa num estilo bem jovem e steampunk, que eu amei. A composição gráfica do miolo ficou muito bacana também, com ótimos mapas para melhor posicionar o leitor dentro da narrativa. Aliás, uma narrativa bem gostosa e cheia de magia, aventura, ação e ficção, onde a realidade e fatos históricos mesclam-se com o imaginário da autora, tecendo-nos uma trama onde tudo é possível acontecer.

A nossa personagem principal é Sophia Tim, uma garota de 13 anos que nasceu numa família de cartógrafos. Órfã, há oito anos, Sophia vive com o tio Shadrack, professor, explorador, pesquisador, geógrafo e um dos maiores cartógrafos do mundo. Os sonhos de Sophia de partir em companhia do tio para procurar os pais desaparecidos nas Terras Baldias é subitamente frustrado com o sequestro de Shadrack. Seguindo as determinações de um bilhete deixado pelos sequestradores, Sophia e um amigo chamado Theo, das Terras Baldias, seguem numa difícil missão de resgate do tio.


No meio do caminho, é claro, a missão de Sophia e Theo se amplia e eles se veem no meio de uma aventura que os levam por lugares exóticos, fascinantes e inimagináveis, interagindo com personagens incríveis. E para nãos e perder pelo caminho, Sophia se utiliza dos muitos mapas e livros de seu tio.

A narrativa de Grove é dinâmica, envolvente, ágil e com um toque de aventura que nos mantém cativos do começo ao fim. A cada novo capítulo a história nos convida a seguir para o próximo, o qual lemos com vistas ao seguinte. Eu gostei muito do estilo de Grove escrever e da construção de seus personagens. Me empolguei pela ação e pela ótima descrição das localidades que ela criou e coloriu como se existissem de fato.

O Mapa de Vidro é um ótimo livro para jovens e adultos que adoram aventuras por terras distantes e desconhecidas, bem no estilo dos antigos desbravadores, ou dos caçadores de tesouros antigos. Recomendo! Boa leitura!



Comentários via Facebook

0 Comentários:

Postar um comentário

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por