[Resenha] Star Wars – Herdeiro do Jedi, de Kevin Hearne

23 maio 2016
Postado por Livy

Livro cedido pela editora para resenha
ISBN: 9788576572978
Tradução: Alexandre Mandarino
Ano de Lançamento: 2016
Número de Páginas: 320
Classificação: ♥♥♥♥♥ 
 Favoritado!
Sinopse: A Guerra Civil Galáctica segue após a destruição da Estrela da Morte e Luke Skywalker se esforça para aprender mais sobre a Força sem a ajuda de Obi-Wan Kenobi – ou de fato sem nenhuma ajuda. Mas as poucas memórias que ele tem das instruções de Obi-Wan apontam a direção para um maior controle da Força, e ele é encorajado para perseguir isso por um novo amigo na Aliança. Quando Luke, R2-D2 e seu novo aliado recebem a missão de liberarem uma pessoa do Império e entregando-a em um planeta seguro onde ela pode ajudar a Aliança, a jornada deles pela galáxia é cheia de perigos – e oportunidades para Luke descobrir os mistérios da Força.

Kevin Hearne é um escritor estadunidense que nasceu no estado do Arizona, fã de romances de fantasia e ficção científica, apaixonado por Star Wars desde criança. Publicou a série The Iron Druid Chronicles, seguido do romance Herdeiro do Jedi, livro que lhe rendeu os primeiros lugares na lista do The New York Times  e do US Today. Já a série The Iron Druid Chronicles está no oitavo livro: uma história de fantasia urbana envolvendo druidas, vampiros, deuses, mitologia… As capas dos livros são bem sugestivas, e fiquei curiosa para ler, confesso! Quem sabe, um dia, a Editora Aleph nos presenteia com uma edição de estreia do primeiro livro: Hunted (Caçado). Fica aqui a dica, senão o apelo!


Quanto a Herdeiro do Jedi, tudo de bom! É a Força da Editora Aleph trazendo outro grande sucesso literário da Saga Star Wars para nós, fãs e aficionados. A capa do livro é um show, aliás, a mais bonita de todas as edições publicadas pela editora, até o momento, na minha opinião. Toda a diagramação e layout segue na mesma qualidade visual que a editora têm apresentado nas outras edições até agora. Um primor para quem está fazendo a sua coleção dos livros Star Wars. E eu que o diga, a minha só cresce!

Luke Skywalker está de volta. Agora, numa eletrizante aventura no núcleo profundo da galáxia para ajudar a Aliança Rebelde a conseguir armas e recursos para continuar sua luta contra o Império Galático, na dobradinha Palpatine e Darth Vader. A narrativa é em terceira pessoa, contada pelo próprio Luke, o que deixa a história ainda mais interessante, pois nos dá a oportunidade de conhecer os sentimentos, os pensamentos e os anseios do Jedi mais famoso da série.

E haja sentimentos. Luke Skywalker coloca-os para fora em alguns momentos, revelando o que sente sobre a morte de Obi-Wan Kenobi, a morte dos tios em Tatooine, a sua paixonite por Léia, a amizade por Han Solo, entre outras coisas. É o lado humano do Jedi que aflora e nos faz conhecer um pouco mais esse personagem carismático e envolvente. Também, de quebra, vamos saber um pouco mais o que Luke pensa sobre o Império, a Rebelião, sua façanha na destruição da Estrela da Morte, sobre seu primeiro encontro com Vader, suas esperanças quanto ao futuro da rebelião e a expectativa em se tornar um Cavaleiro Jedi.

A narrativa de Kevin Hearne é maravilhosa. Os detalhes técnicos, a descrição dos personagens, localidades e eventos, tornam a imersão no Universo da Saga uma experiência agradável e cativante. Kevin nos conduz por várias regiões da galáxia e por situações que mesclam política, espionagem, suspense, mistério, ação e combates interestelares que nada ficam a dever para a série cinematográfica.

Desafios e lutas é que não faltam em Herdeiro do Jedi, colocando Luke contra criaturas monstruosas, naves destróier, caçadores de recompensas, stormtroopers, entre outros, para impedir que ele execute sua missão. Kevin nos dá até um hacker que ajuda o Jedi a invadir os sistemas do Império para roubar códigos e informações, mostrando-nos a grande criatividade do autor em compor novos elementos para a saga.

Quem acompanha a Saga de Star Wars vai gostar de Herdeiro do Jedi, porque a história se passa logo após os eventos vistos no Episódio IV da versão cinematográfica original, quando Luke, Han Solo, Léia e outros, destroem a famigerada Estrela da Morte.

Dos muitos personagens que compõem a história, gostei em especial da jovem aventureira Nakari. Ela se mostrou digna e à altura de ser uma Jedi, pela inteligência e habilidade com as armas. Sua ajuda, ao lado de Luke, se torna fundamental para a realização da missão. Mas, o mais legal, é que Nakari desperta algo mais em Luke do que apenas a imagem de uma garota que sabe lutar. E aí nós vemos que os Jedis, acima de tudo, também são feitos de sentimentos.

Eu adorei Herdeiro do Jedi. E já estou partindo para o próximo livro da Saga: Darth Plagueis, de James Luceno, também editado pela Editora Aleph.



Comentários via Facebook

2 Comentários:

  1. Olá, Livy, eu amo as trilogias de Star Wars e amo o fato de autores terem se dedicado a escrever mais sobre este universo. Até o momento eu só li o livro Kenobi, e quero ler todos os livros de Star Wars. Amei a sua resenha, que me deixou com mais vontade ainda de ler Herdeiro do Jedi, ainda mais por se tratar de uma estória com o Luke! Esta capa é muito linda, amei as cores vivas.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Oii
    Eu sou simplesmente louca pra ler Star Wars, mas sempre fico procrastinando. Amei a resenha que me incentivou mais a começar a ler :D

    ❥Blog: Gordices Literárias

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por