[Resenha] A Armadilha do Paraíso por A.C. Crispin

29 julho 2016
Postado por Livy

Livro cedido pela editora para resenha
ISBN: 8576573083
Série: Trilogia Han Solo, vol. 1
Tradução: Edmo Suassuna
Ano de Lançamento: 2016
Número de Páginas: 356
Editora: Aleph
Classificação: ♥♥♥ 
Sinopse: Depois de uma infância de maus tratos e abandono, o jovem Han Solo finalmente foge das garras de um grupo de contrabandistas para seguir seu sonho de se tornar um grande piloto. Mas a realidade de exploração e injustiça nem sempre é fácil de ser deixada para trás, e seu novo emprego em Ylesia, um retiro para peregrinos religiosos, revela não ser o paraíso que os sacerdotes anunciam. Han precisará de toda a sua malícia e a sua astúcia para sobreviver às armadilhas em seu caminho, sejam as de contrabandistas inescrupulosos ou as de falsos profetas e seus interesses escusos. Nesta clássica e aclamada trilogia, A. C. Crispin conta a história da origem de um dos mais cativantes personagens de STAR WARS, da infância de Han Solo a bordo de uma nave até o momento em que seu destino se cruza com o dos últimos Jedi da galáxia.

Nos agradecimentos do livro, A. C. Crispin escreve:

“Escrever para o universo STAR WARS é como se tornar parte de uma comunidade – ou até mesmo de uma família. Os autores são encorajados a ler os livros uns dos outros, e há dúzias de livros de não ficção e técnicos dedicados aos personagens, equipamentos, planetas e assim por diante. Nós, autores, trocamos informações e dicas e nos ajudamos mutuamente sempre que possível.” 

E por aí vemos que escrever para o universo Star Wars, como a autora bem disse, não é tarefa fácil. E a cada novo livro, a cada novo episódio no cinema, a saga tende a fica cada vez maior, atingindo proporções galáticas. Então, imaginem só colocar tudo isso no papel. Escrever um livro sobre Star Wars é uma verdadeira aventura bem ao estilo da saga! E nós estamos falando de algo que foi criado em 1977, portanto, cerca de 39 nos atrás, e já está dando o que falar até hoje. Agora, imaginem quando Star Wars completar o seu centenário!

“Há muito tempo, numa galáxia muito, muito distante...”

A Armadilha do Paraíso é o primeiro livro da trilogia Han Solo, que conta  a vida do aventureiro, contrabandista, encrenqueiro, mulherengo e galã bad boy, Han Solo. E, já de cara, creio que essa é a grande, senão a principal, sacada do livro: ficarmos por dentro de como surgiu um dos ícones e personagens mais queridos da saga.

No livro, ficamos sabendo como surgiu essa figura tarimbada de Star Wars, imortalizada nas telas do cinema pelo ator Harrison Ford, como ele se tornou Han Solo, quais foram os seus primeiros amigos e inimigos, suas primeiras aventuras, sua primeira paixão, sua primeira amante, seu primeiro serviço como contrabandista, sua primeira briga de bar, seus primeiros sonhos desfeitos e realizados, etc. É muita coisa para se dizer de um único personagem, e, por esse motivo, certamente, A. C. Crispin condensou-o em uma trilogia.

“Qual é, disse a si mesmo, mostre que tem uma espinha dorsal, Solo. Cair fora desta nave e escapar de Shrike valem um pouco de risco.” – Pensamento de Han Solo, pág. 23

São quinze capítulos contando as aventuras e desventuras de Vykk Draygo, piloto mercenário, ou em vias de se tornar um, codinome adotado por Han para imiscuir-se entre clãs e grupos de contrabandistas de especiaria em Ylesia. Mas a vida do jovem não fica restrita a essas paragens. Alderaan, Coruscant, Corellia, Togoria, entre outras localidades, fazem parte dos cenários pitorescos da saga. Uma novidade é o planeta Alderann, ainda não destruído pela primeira Estrela da Morte, visto no Episódio IV, pois essa trilogia nos situa entre o Episódio III e IV da série cinematográfica.

Além de nos aprofundarmos na intimidade de Han Solo, vamos ficar conhecendo o seu primeiro amigo, droide (ele sempre odiou-os, depois), seu primeiro caso romântico e seu primeiro companheiro de picaretagens e contrabando, o Muuurgh (um macho Togoriano, espécie de felino), além de outros personagens interessantes que tonam essa saga uma leitura obrigatória para fãs e aficionados em Star Wars.

O ponto forte e essencial: A Armadilha do Paraíso é o primeiro livro da saga de Han Solo que o levará até Tatooine, onde ele e Chewbacca se encontram com Ben Kenobi e Luke Skywalker, no Episódio IV, para irem atrás da Princesa Leia, em Alderaan. Mas, até que isso aconteça, Solo terá que conseguir a Milleniun Falcon e encontrar-se com Chewbacca, e ir para Tatooine (planeta que ele próprio detesta, por causa dos Hutt, que ele igualmente odeia).

O ponto fraco, e pouco essencial: os primeiros capítulos não causam nenhum impacto ou maiores surpresas, ficando excitante e cada vez mais excitante após as cem primeiras páginas, ou lá pelo quarto capítulo. Mas isso não significa nada, tendo em vista que estamos falando de uma trilogia que promete muitas revelações interessantes sobre Han Solo e seus amigos.

Eu adorei o livro e a caracterização de A. C. Crispin para o jovem Han Solo. Os diálogos são bem interessantes, as descrições de cenários e de situações são bem competentes e dentro do contexto, a narrativa condizente com o que se espera da franquia, e as cenas de luta são bem legais. Uma ótima leitura para quem é fã e para quem está interessado em ingressar na família Star Wars.

Por último, rendo aqui uma homenagem a A. C. Crispin, por sua brilhante carreira e por ter dedicado bons anos de sua vida à escrita e a nos proporcionar horas e dias de felizes leituras! Recomendo!




Comentários via Facebook

1 Comentários:

  1. Eu tenho muita curiosidade de ler os livros do Star Wars, mas aí lembro que nem os filmes assisti direito e preciso tomar vergonha na cara e ver também hahaha
    ótima resenha, as histórias desses livros estão muito bem faladas, quero ler todas em breve!
    Beijinhos!
    Livros, Amor e Mais

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por