[Resenha] Os Bons Segredos por Sarah Dessen

15 julho 2016
Postado por Livy


ISBN: 9788565765763
Tradução: Cristian Clemente
Ano de Lançamento: 2016
Número de Páginas: 408
Editora: Seguinte
Classificação: ♥♥♥ 

Sinopse: Há segredos muito bons para serem guardados — e livros muito bons para serem esquecidos. Sydney sempre viveu à sombra do irmão mais velho, o queridinho da família. Até que ele causa um acidente por dirigir bêbado, deixando um garoto paraplégico, e vai parar na prisão. Sem a referência do irmão, a garota muda de escola e passa a questionar seu papel dentro da família e no mundo. Então ela conhece os Chatham. Inserida no círculo caótico e acolhedor dessa família, Sydney pela primeira vez encontra pessoas que finalmente parecem enxergá-la de verdade. Com uma série de personagens inesquecíveis e descrições gastronômicas de dar água na boca, Os bons segredos conta a história de uma garota que tenta encontrar seu lugar no mundo e acaba descobrindo a amizade, o amor e uma nova família no caminho. 

O Ministério da Saúde adverte: ler este livro pode causar uma vontade louca de comer pizza e batata frita.❤ Que delícia de livro! Estou encantada!  Não sei nem de que outra forma eu poderia começar esta resenha além destas afirmações, pois este livro, que comecei a ler despretensiosamente, me ganhou! Os Bons Segredos traz aquele tipo de leitura que cativa e envolve facilmente.

Até hoje não havia lido nada da Sarah Dessen, e mesmo este sendo meu primeiro contato com a escrita da autora, já afirmo com toda certeza de que ela ganhou mais uma fã.

Neste livro conhecemos Sydney Stanford, uma garota que vive à sombra de seu irmão mais velho, Peyton, Além de lindo, radiante e encantador, ele sempre foi o centro das atenções, aonde quer que fosse ou estivesse, incluindo de seus próprios pais. Sydney, por sua vez, se acha comum, sem atrativos. Até mais que comum: invisível. Para ela isso nunca foi questão de competição, apenas é um fato.

Mas tudo começa a piorar quando Peyton, à medida em que os anos passam, de jovem exemplar passa a ser um garoto problema. Se entregando a vícios - como drogas, furtos e direção perigosa - e agindo de maneira inconsequente. Passando por diversas prisões e reabilitações, seus pais tentam ajudá-lo, e ele parecia estar melhorando. Puro engano! Em uma noite, após desaparecer por algumas horas e encharcar o corpo de bebida, Peyton está voltando para casa dirigindo sem qualquer prudência, quando cruza com David Ibarra, um garoto de 15 anos, em sua bicicleta. A consequência? Um atropelamento, um garoto que fica paraplégico, uma prisão.
⠀⠀
Sydney tenta sobreviver a toda essa catástrofe. Mas não é fácil! Seus pais, principalmente sua mãe, se veem em meio a lutas constantes para tentar livrar ao máximo Peyton do "sofrimento" da prisão, acreditando que ele precisa de toda ajuda e atenção. E assim, Sydney vai ficando ainda mais em segundo plano, sempre ficando para depois. Porém, enquanto os pais se preocupam com Peyton e sequer pensam no assunto do acidente, ela não consegue parar de pensar em David, carregando e assumindo para si toda a culpa. Pois, como poderia ela esquecer a verdadeira vítima do acidente e ficar do lado do irmão?

"Às vezes, nos piores dias, chegava a me imaginar encontrando David pessoalmente e dizendo tudo aquilo que pesava no meu coração. Será que ele me escutaria e, talvez, entenderia?"

Sydney tenta escapar do caos deixado para trás pelo irmão, sentindo sua vida triste e entediante, e decide se mudar de escola. Novos ares, novas pessoas. Um lugar para recomeçar. Lá ela conhece Layla Chatam, que viria, dali por diante, a se tornar sua melhor amiga. Layla tem tanta energia positiva e a envolve com todo seu afeto. Através dessa amizade, e a de todos os Chatam, incluindo o doce e protetor Mac, irmão de Layla, assim como alguns outros amigos preciosos, Sydney se descobre em meio a uma nova família. Ela encontra tudo aquilo que não tem em casa: carinho, união, amor e aceitação, e então percebe que não é invisível como sempre pensou ser.

"Eu sempre tinha sido a outra, a que não era Peyton. Já tinha até aceitado. Mas então finalmente conheci pessoas que me enxergavam de um jeito diferente. Agora que eu era real e estava em primeiro plano para alguém, nunca mais queria ser invisível."

Os Bons Segredos traz aquele tipo de história que vai crescendo e ganhando grandes proporções conforme avança. É muito mais do que um simples romance YA e apresenta um drama que traz à tona uma diversidade de situações que vão mexendo com os nossos sentimentos. Desde raiva até o mais puro amor! 

Sarah Dessen consegue mexer com as emoções de forma maravilhosa. Me ganhou não só pelo modo como aborda os vários temas e sentimentos em seu livro, mas também com a intensidade dos personagens. Mesmo Sydney sendo a protagonista desta história, todos os outros, até mesmo os secundários. têm grande importância e destaque, e foram muito bem desenvolvidos e delineados ao longo do livro, com suas histórias se entremeando e caminhando junto à de Sydney. Sarah conseguiu criar, com habilidade, personagens muito reais, com seus erros e acertos, qualidades e defeitos. Uma das coisas que mais gostei também é o fato de que ela enfatiza muito as características da personalidade, sendo que cada um tem algo que os torna únicos e especiais. Amei tudo isso!

" [...] pela primeira vez, eu não estava apenas vendo e registrando as mudanças. Eu também fazia parte daquele mundo em transformação."

Eu simplesmente me vi totalmente imersa na leitura, com meus sentimentos em uníssono com os de Sydney. Sorri, sofri, me revoltei, tive esperanças e sonhei junto com ela. Que personagem mais carismática e encantadora. Assim como Layla e Mac, que me conquistaram e ganharam meu coração. Mac principalmente  Mas pausa para o momento de raiva: não preciso nem dizer que fiquei revoltadíssima com algumas dessas situações no livro, preciso? Preciso, sim! A mãe de Sydney e um certo Ames, amigo de Peyton, me fizeram querer arrancar os cabelos de tanta raiva e angústia. Sério! Queria tanto estapear os dois.

Porém, apesar de muitas situações aflitivas e odiosas, há um tom de esperança que permeia toda a narrativa de Sarah Dessen, pois por mais que Sydney enfrente altos e baixos ela jamais perde o rumo ou deixa de sonhar.

Outro ponto do livro é que mesmo abordando alguns assuntos bem tristes, em nenhum momento a leitura se torna pesada ou asfixiante, sendo que alguns destes são apenas pincelados na trama. Claro que, justamente aqui pode estar um problema para algumas pessoas: o fato de Sarah não ter explorado um pouco mais alguns destes elementos, assim como ter deixado algumas coisas no final do livro apenas para nossa imaginação dar conta. Para mim isso não foi um problema, realmente gostei tanto do desfecho do livro, quanto do desenrolar de todas as situações, tudo exatamente do jeitinho que foi. Cheguei a me emocionar, e muito, e confesso que Sarah conseguiu me arrancar algumas lágrimas. Apesar de concordar que faltou uma coisinha ou outra aqui e ali para o livro ser perfeito.

Os Bons Segredos, com toda sua delicadeza, me prendeu e tocou fundo. Mexeu com meus próprios sentimentos e me fez olhar para dentro de mim mesma, honestamente. Em algum momento todos nós já nos sentimos sós, tristes e invisíveis; e este livro mostra que se você tem fé, coragem para se encarar verdadeiramente e seguir em frente, e se permitir, não há nada de que não possa ser capaz de fazer.

Esta é uma história que fala de perdão e esperança, de recomeços, de acreditar em si mesmo, de não só se permitir ser visto como também saber se enxergar, verdadeira e honestamente. Ter coragem para seguir em frente e se descobrir. Achar aquele seu verdadeiro eu e ser feliz. Pois a vida, como em um carrossel, tem seus altos e baixos, mas é também mágica e bela.

Sempre há esperanças. Sempre!

"Num minuto, você está andando sozinha pelo bosque escuro; no outro, a paisagem muda, e você enxerga. Enxerga algo maravilhoso e inesperado, quase mágico, que jamais teria encontrado se não tivesse seguido em frente. Como uma nova amizade, que parece antiga, uma lembrança que nunca vai esquecer. Talvez até um carrossel".



Comentários via Facebook

3 Comentários:

  1. Olá! Sempre vejo comentários super positivos em relação a essa obra, e já fico animada para ler. A capa é linda e acredito que o livro traga bons ensinamentos.
    Beijo!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  2. Que resenha maravilhosa, Livy! Também nunca tive contato com as obras de Sarah Dessen, mas ao terminar de ler o seu texto quase me declarei fã hahaha espero poder ler esse livro muito em breve!
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir
  3. Eu já comecei a sofrer antes de ler o livro! Ahahahah! Eu sei que você disse que a leitura é leve, mas já me deu raiva dessa família, que superprotege um filho e não enxerga o outro!

    ResponderExcluir

Veja os antigos!

Banner Publicidada – rodapé

Todos os textos, fotos e resenhas publicados são produzidos por e de uso exclusivo de No Mundo dos Livros. Exceto quando alguma matéria se baseia/inspira em alguma fonte, a mesma será sempre citada. Por isso, por favor, não copie nenhuma postagem sem a devida autorização.

Desenvolvimento com por